Links informativos

Visitar Lavras do Sul é se surpreender com um jeito peculiar e simples de levar a vida. Muitas vezes se diz que Lavras do Sul é uma grande família, por conta de sua hospitalidade entre os habitantes e para com os visitantes. Mesmo com seu tamanho de pequeno porte, possui atrações e eventos que atraem pessoas de diversos lugares e de todos os estilos, em todas as épocas do ano. Conhecendo Lavras do Sul, tu irás te surpreender. ///// Localizado na mesorregião do Sudoeste Rio-grandense e na microrregião da Campanha Meridional, a 320 quilômetros via rodoviária da Capital do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, o município de Lavras do Sul foi fundado em 9 de maio de 1882, emancipando-se de Caçapava do Sul. É o único município gaúcho com origem na mineração e na extração do ouro, mineral outrora abundante na região. Segundo dados do Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010, a população era de 7.679 habitantes. Seu território se estende por 2.600 km² e, as Coordenadas Geográficas da zona urbana são 30° 48' 41” S, 53° 54' 02” O. Divide-se em dois distritos: Sede (a leste) e Ibaré (a oeste).

Mostrando postagens com marcador Blog. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Blog. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 9 de maio de 2018

LAVRAS DO SUL 136 ANOS: Advogado Nézio Munhoz fala sobre a emancipação política do Município

O advogado Nézio Munhoz conta, no Facebook,  o dia em que Lavras do Sul se tornou vila autônoma (em 09/05/1882).
Parabéns Lavras do Sul pelo seu aniversário!!

"Por Lei Provincial nº 1364, de 9 de maio de 1882, foi a freguesia de Lavras, elevada à categoria de vila autônoma e instalada em 28 janeiro de 1883, pelo Presidente da Câmara de Caçapava, Guilherme Herculano de Medeiros e pelos vereadores eleitos, senhores Manoel Gomes Jardim, Vasco José de Souza Freitas, Manoel de Macedo Neto, Miguel Reduzino Meza, Fernando José de Freitas Jacobsen, Galvão José de Souza e Ulibio José Teixeira."

 

IMAGENS: Lavras do Sul e Igreja Matriz vistas à noite


FOTO: Charles Lopes.

terça-feira, 8 de maio de 2018

LAVRAS DO SUL 136 ANOS: Município comemora mais um aniversário nesta quarta-feira, 09 de maio

LAVRAS DO SUL COMPLETA 136 ANOS NESTA QUARTA-FEIRA, DIA 09 DE MAIO.

FOTO: Arquivo / Panorama Lavrense

GEOLOGIA: Pesquisa mostra a geologia da região do Pampa

[caption id="attachment_1903" align="alignnone" width="1024"] A Geologia da Região do Pampa Gaúcho é riquíssima. Foto: Arquivo / Panorama Lavrense[/caption]

A potencialidade geológica de Bagé, Aceguá, Hulha Negra, Candiota, Dom Pedrito e Lavras do Sul serão tema de palestra nesta terça-feira, 08/05, no Sindicato dos Engenheiros do Rio Grande do Sul. Os dados apresentados estão em uma pesquisa realizada pelo Serviço Geológico do Brasil – CPRM.

O geólogo da CPRM, Jorge Laux, explica que os mapeamentos geológicos foram realizados em uma área de 12,5 mil km², com o objetivo de fonrnecer dados para instituições governamentais como prefeituras, universidades e empresas privadas. O estudo também é uma forma de incentivar o descobrimento de novas jazidas de cobre, já que o País ainda depende de importação neste setor, mesmo dispondo da matéria-prima.

FONTE: Jornal Minuano, com adaptações.

segunda-feira, 7 de maio de 2018

CLIMATOLOGIA: Classificação básica do clima de Lavras do Sul


O clima do Município é subtropical úmido, com as quatro estações do ano bem definidas, verões e invernos bem rigorosos (no verão as temperaturas podem chegar próximas dos 40ºC, e no inverno, as médias são de 6ºC a 12ºC, podendo chegar facilmente a 0ºC, com grande ocorrência de geadas). A temperatura média anual é de 18º C (as médias gerais mínimas e máximas são, respectivamente, 12°C e 20°C).  Historicamente, a distribuição das chuvas no município é regular, e as secas ocorrem, ainda que de forma alternada.


No geral, o índice pluviométrico médio de Lavras do Sul varia entre 1.300 e 1.600 mm anuais.


Temperaturas médias por estação:

* Primavera: entre 16°C e 20°C
* Verão: entre 20°C e 24°C
* Outono: entre 12°C e 16°C
* Inverno: entre 10°C e 14°C

Extremos médios de temperatura:

* Verão: entre 39°C e 40°C
* Inverno: entre -6°C e 0°C

Para a previsão de dados atmosféricos e sua divulgação, a Pepita FM informa a temperatura constantemente.

Lavras do Sul conta com algumas estações meteorológicas de pequeno porte e locais de registro de pluviosidade e volume de chuvas. A mais conhecida é a do Sr. Luiz Fernando Saraiva de Souza (apelidado de "Nanana").

Na Internet, alguns sites informam a previsão do tempo, a temperatura, as condições meteorológicas, a precipitação, os índices de radiação ultravioleta e os prognósticos para até dez dias, entre outros dados. Exemplos abaixo:

Instituto Nacional de Pesquisas Especiais - INPE
Tempo Agora
Jornal do Tempo
Climatempo
Weather Channel

São muito comuns no Município, entre maio e setembro, as cerrações e as geadas.

CARNAVAL: Breve história do Carnaval de Lavras do Sul

O Carnaval de Lavras do Sul, considerado um dos maiores do Interior Gaúcho, é sem dúvida, o mais importante evento lavrense, capaz de mobilizar toda a comunidade. A folia dura cinco dias, da sexta-feira à Quarta-feira de Cinzas, sendo realizados diversos bailes infantis e adultos, sobretudo na Praça Licínio Cardoso, Praça das Bandeiras e no Clube Comercial.

Nos anos 1930, surgiu a tradição que permanece até hoje: a saudável rivalidade entre os blocos Os Relaxados e Vae de Qualquer Geito (ou VG).

Em 1980, foi fundado o Vira Lata, primeiro grande bloco de jovens da cidade. Em 1989, tiveram início as cortes carnavalescas. Já na década de 90, ocorreu a multiplicação de pequenos blocos carnavalescos. Pequenos no número de integrantes em relação aos mais tradicionais, mas não menos animados, como o caso do Louquinhos do Bem-te-vi. A primeira escola de samba do município, Os Filhos do Sol, também surgiu durante esse período, encerrando suas atividades em dezembro de 2014.

Já no século 21, mais novos blocos surgiram, como o Marilú (2001) e o Baita Fogo (2002) e o Cem Miséria. Em 2003, criou-se um complexo carnavalesco (com lonão, banheiros químicos e segurança particular), além do reforço de serviços essenciais, como saúde e segurança, mobilizando as secretarias municipais. Portanto, a cada ano que passa, a folia lavrense vem se consolidando.

Nos anos 2010, foram surgiram ainda a Escola de Samba Pérola Negra, Semo Feio má Semo Carinhoso, Turma do Ki-Suco, Turma do Nenê, Os Tchurulys, Mimoso das Gurias.

Em 2013, por conta da tragédia da Boate Kiss em Santa Maria, e em 2016, por falta de recursos financeiros, o Carnaval não foi realizado de forma oficial, apenas nas sedes dos blocos (sendo denominado CarnaBlocos). Em 2017, o Carnaval de Lavras do Sul ganhou novidades, como a realização dos bailes público na Praça das Bandeiras e os desfiles na Praça Licínio Cardoso.

Com restritos recursos, mas com garra e criatividade, a nova fase do Carnaval de Lavras do Sul já iniciou, com a expectativa de que a tradição carnavalesca da cidade perdure por muitas e muitas gerações.



[caption id="attachment_1815" align="alignnone" width="1600"] Bloco BetBuc, anos 1990 - FONTE: Rafael Bayard e Angela Becker[/caption]

PANORAMA LAVRENSE: Lavras do Sul in the World





ENGLISH

Lavras do Sul is a city in southern Brazil, located in the southwestern state of Rio Grande do Sul, 320 kilometers from the capital, Porto Alegre. Account, according to preliminary data from the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE) for the year 2008, with 8 378 inhabitants, more than 5 000 in the urban area. Its area is 2,600 square kilometers. The territory of the municipality is characterized by relief composed of a low plateau with elevations that reach 450 meters (east and central portion) fields and plains formed by corrugated, called “coxilhas” (western portion), suitable for livestock and crops of rice. Livestock farming, trade, small industries, homemade jams and tourism are the main economic activities. Lavras do Sul is the only municipality of Rio Grande do Sul from the mining of gold, whose reserves are now considered scarce, although there are signs of new mineral deposits in the region. It has natural and cultural attractions, such as rural tourism on farms, a spa freshwater (Beach of the wall) with great movement between the months of December to March (summer in the Southern Hemisphere), the traditionalist gaúcha culture, religious tourism, events as Expolavras and carnival and hospitality of its people, typical of the inner city.

ESPAÑOL

Lavras do Sul es una ciudad en el sur de Brasil, situada en el suroeste del estado de Río Grande do Sul, 320 kilómetros de la capital, Porto Alegre. Cuenta, de acuerdo con datos preliminares del Instituto Brasileño de Geografía y Estadística (IBGE) para el año 2008, con 8 378 habitantes, más de 5 000 en el área urbana. Su superficie es de 2600 kilómetros cuadrados. El territorio del municipio se caracteriza por las constará de una baja meseta con alturas que llegan a 450 metros (este y centro de parte) y los campos formada por llanuras onduladas, llamado “coxilhas” (parte occidental), aptos para la ganadería y cultivos de arroz. La ganadería, el comercio, las pequeñas industrias, mermeladas caseras y el turismo son las principales actividades económicas. Lavras do Sul es el único municipio de Río Grande do Sul derivados de la minería de oro, cuyas reservas se consideran escasos, aunque hay indicios de nuevos yacimientos minerales en la región. Tiene atractivos naturales y culturales, tales como el turismo rural en las explotaciones agrícolas, una de agua dulce vestuario (Praia do Paredão), con gran movimiento entre los meses de diciembre a marzo (verano en el hemisferio sur), el cultura tradicionalista gaucha, turismo religioso, eventos Expolavras y como el Carnaval y la hospitalidad de su pueblo, típico de la ciudad.

FRANÇAIS

Lavras do Sul est une ville dans le sud du Brésil, situé dans le sud-ouest de l’État de Rio Grande do Sul, 320 kilomètres de la capitale, Porto Alegre. Compte, d’après les données préliminaires de l’Institut brésilien de géographie et de statistique (IBGE) pour l’année 2008, avec 8 378 habitants, plus de 5 000 dans la zone urbaine. Sa superficie est de 2600 kilomètres carrés. Le territoire de la municipalité est caractérisée par des compose d’un plateau de faible altitude qui atteignent 450 mètres (à l’est et centrale partie) des champs et plaines formé par ondulé, appelé “Coxilha” (partie ouest), adapté pour le bétail et les cultures de riz. L’élevage, le commerce, les petites industries, confitures maison et le tourisme sont les principales activités économiques. Lavras do Sul est la seule municipalité de Rio Grande do Sul découlant de l’exploitation minière de l’or, dont les réserves sont désormais considérées comme rares, bien qu’il y ait des signes de nouveaux gisements de minéraux dans la région. Il a attractions naturelles et culturelles, telles que le tourisme rural dans les exploitations agricoles, un vestiaire d’eau douce (Praia do Paredão) avec beaucoup de mouvement entre les mois de Décembre à Mars (l’été dans l’hémisphère Sud), le traditionaliste Gaucha culture, le tourisme religieux, événements Expolavras et le carnaval et l’hospitalité de son peuple, typique de l’intérieur de la ville.

DESTAQUES LAVRENSES: Grupo Escoteiro Pedra Amarela


FOTO: Divulgação


Criado em 2014, é um trabalho social comandado por Charles Lopes que insere garotos no escotismo e a eles ensina o respeito à natureza e aos valores positivos. Realizam constantes acampamentos onde colocam em prática os preceitos do Escotismo. Em 2017, são 30 os jovens participantes.

Em 2018, faz trabalho social para arrecadar agasalhos para as pessoas com vulnerabilidade social de Lavras do Sul.

PAMPA GAÚCHO: Rota turística liga Bagé ao Uruguai

DADOS: Dados básicos de Lavras do Sul



* COORDENADAS GEOGRÁFICAS: Sede do Município: 30°48'46 "S; 53°53'42" O; Distrito do Ibaré: 30°45’58”S; 54°14’57”O

* LOCALIZAÇÃO: Mesorregião Sudoeste Rio-grandense; Microrregião da Campanha Meridional, Serra do Sudeste

* LIMITES: Bagé (SE e S), Dom Pedrito (S e O), São Gabriel (NO), Santa Margarida do Sul, Vila Nova do Sul e São Sepé (N), Caçapava do Sul (NE e L)

* GEODÉSIA: Lavras do Sul, em linha reta, localiza-se a 3.432 km da Linha do Equador e a 789 km do Trópico de Capricórnio.

* FUSO HORÁRIO: Em relação a Brasília: a mesma, tanto no horário normal, quanto no Horário de Verão; Em relação a Greenwich (Reino Unido): - 3 horas (Esse local, bairro localizado na capital do Reino Unido, Londres, é um parâmetro utilizado para a medição e localização da hora de qualquer cidade, país ou região do mundo).

* DATA DE FUNDAÇÃO: 09/05/1882

* MUNICÍPIOS DE ORIGEM: Caçapava do Sul e Bagé e, no século XIX, Rio Grande e Rio Pardo

* POPULAÇÃO (2010): 7.679 habitantes

* SUPERFÍCIE: A área total do município é de cerca de 2 600 km², sendo dividida em dois distritos: Sede, com 1 260 km², e Ibaré, com 1 340 km². A superfície do município de Lavras corresponde a 0,9669% do Estado, 0,4613% da Região Sul do Brasil e 0,0306% do território brasileiro. O perímetro aproximado das divisas do Município, segundo cálculos do autor, e de 331,45 km.

* DISTÂNCIA ATÉ A CAPITAL DO ESTADO (PORTO ALEGRE): entre 316 e 325 km (tempo médio de viagem entre quatro e cinco horas); do Distrito do Ibaré até Porto Alegre, a distância está entre 368 e 378 km

* VIAS DE ACESSO: BR-290, BR-392, ERS-357, ERS-630, RST-473

* ALTITUDES: Sede Municipal: 260 a 380 metros; Ibaré: 240 metros; Município: 98 a 460 metros

* AMBIENTE: Planícies a oeste, Planaltos e depressões a leste, ambos caracterizados por coxilhas e cerros; vegetação arbustiva no leste e de campos no centro e oeste do Município; pluviosidade (volume de chuvas) média anual de 1.350 mm; clima subtropical, com temperatura média anual de 18°C; duas bacias hidrográficas no Município: Bacia do Camaquã, na porção oriental (leste), e Bacia do Rio Santa Maria, na porção ocidental (oeste); ocorrências minerais de ouro, granitos, arenitos e diversos minerais; solos propícios para a pecuária.

* POPULAÇÃO URBANA: 66%

* DENSIDADE DEMOGRÁFICA: 2,9 hab/km²

* EXPECTATIVA DE VIDA: 70,68 anos

* TAXA DE MORTALIDADE INFANTIL: 10,87 por mil nascidos vivos

* TAXA DE ANALFABETISMO: 12,16%:

* COMPOSIÇÃO ÉTNICA: Brancos = 81%; Negros = 13%; Pardos e indígenas = 5%; Sem declaração = 1%

* COMPOSIÇÃO RELIGIOSA: Católicos = 81,83%; Evangélicos = 6,42%; Espíritas = 4,17%; Outras = 0,94%; Sem religião ou não determinada = 6,64%

* POVOS FORMADORES DA POPULAÇÃO: franceses, bascos, portugueses, ingleses, belgas, canadenses, espanhóis, latino-americanos (sobretudo uruguaios), árabes e negros, além da influência dos Bandeirantes paulistas, atraídos pelas reservas de ouro do Município.

* PRINCIPAIS ATIVIDADES ECONÔMICAS: Pecuária (Bovinos e Ovinos); agroindústrias (de compotas, doces e alimentos campeiros, de artesanato e vestuário de lã de ovelha); comércio; turismo rural, ecoturismo e turismo de eventos.

* PRODUTO INTERNO BRUTO (em 2009): R$ 114.692.000,00:

* PIB per capita (2005): R$ 10.760,00

* PARTICIPAÇÃO DOS SETORES: Agropecuária = 45%; Indústria = 4%; Administração Pública = 14%; Comércio e Serviços = 37%

* FERIADOS MUNICIPAIS: 9 de maio (Aniversário de emancipação política do Município); 13 de junho (Dia de Santo Antônio, padroeiro do Município)

* PRINCIPAIS ATRAÇÕES TURÍSTICAS E EVENTOS:

Camping Municipal Zeferino Teixeira (Praia do Paredão); Igreja Matriz de Santo Antônio; Gruta Nossa Senhora de Lourdes; Chafariz da Praça das Bandeiras; Praça Licínio Cardoso; Monumento a Santo Antônio; Hotéis-fazenda (turismo rural); Formações rochosas ao longo do Município; Carnaval; Expolavras; OuroDança, Torneio Interblocos; Semana Farroupilha.

* REDE DE ENSINO: 11 fundamental, 8 pré-escolas, uma de Ensino Médio e uma especial

* ESTABELECIMENTOS DE SAÚDE: 6 (e 25 leitos)* NÚMERO DE AGÊNCIAS BANCÁRIAS (2014): 5 (3 físicas e dois postos bancários)

* NÚMERO DE EMPRESAS (2007): 224 (com 891 trabalhadores empregados)

* COMUNICAÇÕES (2014): 6 rádios; 1 117 terminais telefônicos e 34 telefones públicos (dados referentes a 2006); 2 retransmissoras de canais abertos de TV (RBS TV Santa Maria e SBT RS), um jornal semanário.

* TRADICIONALISMO: Um CTG (Querência das Lavras) e cerca de 20 Piquetes Tradicionalistas

* CARNAVAL (2017): 20 entidades carnavalescas

* PREFEITO: Sávio Jonhston Prestes (PDT), desde 1º/1/2017

* VICE-PREFEITO: Sergio Santos (PDT), desde 1°/1/2017

* NÚMERO DE VEREADORES: 9

* SITE OFICIAL: http://www.lavrasdosul.rs.gov.br/

DADOS: Dados agropecuários de Lavras do Sul nos últimos anos

Valores da produção de origem animal

2000

Leite = R$ 555 mil
Ovos de galinha = R$ 236 mil
Mel de abelha = R$ 61 mil
Lã = R$ 525 mil

2008

Leite = R$ 1.397 mil
Ovos de galinha = R$ 479 mil
Ovos de codorna = R$ 1 mil
Mel de abelha R$ 109 mil
Lã = R$ 1.437 mil

2015

Leite = R$ 2.022 mil
Ovos de galinha = R$ 1.096 mil
Ovos de codorna = R$ 1 mil
Mel de abelha = R$ 160 mil
Lã = R$ 3.245 mil

FONTE: IBGE (Pesquisa Pecuária Municipal)

Vacas ordenhadas

1992 = 4.010
1998 = 2.534
2004 = 3.012
2010 = 3.153
2013 = 2.841
2015 = 2.030

FONTE: IBGE (Pesquisa Pecuária Municipal)

Ovinos tosquiados

1974 = 273.365
1991 = 334.316
2000 = 97.783
2006 = 129.908
2015 = 114.481

FONTE: IBGE (Pesquisa Pecuária Municipal)

Efetivo dos Rebanhos (cabeças) = 2015

* Bovinos = 270.815
* Bubalinos = 2.394
* Equinos = 9.704
* Suínos = 873
* Caprinos = 2.595
* Ovinos = 129.474
* Galinháceos = 36.500
* Codornas = 190

Características das terras agrícolas (IBGE, 2005)

* 242 tratores, que estão distribuídos em 171 estabelecimentos rurais;
* 9 132 Hectares de lavouras;
* 174 876 Hectares de pastagens naturais;
* 5 103 Hectares de matas e florestas;
* 418 Hectares de áreas irrigadas;
* Mais de 1 400 estabelecimentos rurais

DESTAQUES LAVRENSES: Sindicato Rural de Lavras do Sul

O Sindicato Rural de Lavras do Sul é uma das mais atuantes instituições econômicas, rurais e sociais de Lavras do Sul, tendo grande reconhecimento no setor do agronegócio gaúcho.

Fundada em 27 de novembro de 1936 como Associação Rural, tornou-se entidade sindical em 2 de outubro de 1968. A construção da pista coberta, nos anos 1980, por parte de Nilton Souza, transformou o meio rural e o agronegócio no Município.

O Sindicato Rural de Lavras do Sul é defensor e cooperador para a prosperidade local, realizando ações que visem elevar a produtividade rural. A parte de comercialização e os índices de produtividade são as suas principais atribuições de trabalho.Ao longo do ano, o Sindicato Rural de Lavras do Sul promove seminários e palestras técnicas (exemplos: O Pampa e o Gado; De onde vem os Terneiros; consultorias do programa Juntos para Competir; cursos de capacitação; reuniões técnicas).

Sua pista de remates é uma praça regional do agronegócio, sendo considerado um dos mais belos e modernos pavilhões do Rio Grande do Sul. Há a presença de produtores de dentro e fora do Município, que comercializam em remates com lotes do mercado lavrense e de fora.

Em praticamente todos os sábados do ano, o Parque do Sindicato Rural recebe os remates, promovidos pelos escritórios Abascal e Borges e Clínica Veterinária. Em maio próximo, será realizada mais uma edição do tradicional Maio de Ouro, onde há a previsão de comercialização de 10 mil animais. Em média, os remates comercializam entre 25 e 30 mil animais ao anos.

Em 2015, foram 25.500 bovinos. De janeiro a março de 2016, foram negociados 5 mil animais.Outras funções primordiais do Sindicato são: manter serviços úteis aos associados, como os exames laboratoriais; exames dos rebanhos, convênio de saúde, etc.; representar a Farsul com objetivo de assegurar os interesses dos produtores rurais. Destaca-se também a parceria com a APAE, através da renda do Jantar de Carcaças (realizado no final do ano) e a bilheteria da ExpoLavras (realizada entre os meses de outubro e novembro).

O valor da portaria da ExpoLavras é destinado todo a esta APAE, que auxilia pessoas portadoras de necessidades especiais.O Sindicato Rural realiza transportes, fretes, manutenções e obras; envolve de 12 a 15 funcionários na execução dos remates e de 20 a 25 funcionários durante o período da ExpoLavras. Da arrecadação total, 30% vai para a folha de pagamento dos funcionários. A diretoria do Sindicato não é remunerada.

O atual presidente do Sindicato Rural de Lavras do Sul, período 2017-2019, é o sr. José Antônio Fabrício de Souza.

Matéria baseada nas informações do Programa Chasque Rural, veiculado pela Pepita FM todas as quintas-feiras, às 11h30min, com apresentação de Ana Medora Souza Mena Barreto e Jorge Souza. Mais informações na Fan Page.


Pavilhão de Remates do Sindicato Rural de Lavras do Sul (Facebook)

PAMPA GAÚCHO: A valorização do turismo na região

O turismo é uma atividade muito crescente em várias regiões brasileiras. É um setor da economia que está em alta e gera emprego e renda, além de entretenimento. No Brasil, temos diversos polos turísticos, como Rio de Janeiro, Salvador, Foz do Iguaçu, as praias do Nordeste e a Serra Gaúcha. Grande parte das riquezas geradas nessas regiões é originada da atividade turística.

Uma cidade com função turística deve sempre prezar por alguns aspectos: atrativos naturais e culturais, infraestrutura de transportes, alimentação, hospedagem. Também a segurança e a limpeza dos destinos são fundamentais para atrair os turistas e fazê-los retornar.

Existem diversas classificações para denominar o Pampa (Bioma Pampa, Região Turística do Pampa Gaúcho, Região da Campanha). Aqui neste texto vamos utilizar o nome Pampa Gaúcho.

A divulgação também ajuda. Eu, no caso, procuro fazer do Panorama Lavrense (projeto na Internet que desenvolvo há mais de dez anos), uma vitrine da nossa Lavras do Sul e das cidades do entorno, dentro e fora do Município. Lavras do Sul está situada no coração do Pampa Gaúcho e vale a pena conhecer nossas potencialidades (assim como as dos demais municípios, os quais sempre incentivo visitar, como Bagé, Caçapava do Sul, Dom Pedrito, Aceguá, Candiota e Hulha Negra, apenas para citar alguns exemplos).

Vale a pena a visitação aos municípios do Pampa, sempre com sustentabilidade. Sempre valorizando a produção da economia local, conhecendo nossa gastronomia, nossa cultura e costumes. Já existem também agências de viagem que organizam excursões para a região, vindas da Metade Norte do Rio Grande do Sul.

Que tal conhecer a Praia do Paredão em Lavras do Sul? As Minas do Camaquã, em Caçapava do Sul? O bairro de Santa Tereza, em Bagé? A vinícola de Dom Pedrito? As torres da Usina de Candiota? A Festa do Colono, em Hulha Negra? Os free-shops de Aceguá? São diversos atrativos da região, sem falar na hospitalidade de quem recebe os visitantes.

Lavras do Sul e região estão conscientes de que há muito trabalho a ser feito. Reconhecemos nossas dificuldades, sofremos com o desinteresse de autoridades,  mas mantenhamos a fé e seguimos na luta para que a região do Pampa Gaúcho se torne um polo de grande referência no turismo estadual e nacional.



A Apatur, Associação Pampa Gaúcho de Turismo, promove e realiza o trabalho da divulgação do potencial turístico da região do Pampa.

[caption id="attachment_1935" align="alignnone" width="960"] FOTO: Nathália Mastroiano (Facebook)[/caption]

 

 

MEMÓRIA: Lavras do Sul no final dos anos 1990

[gallery ids="1937,1938,1939,1940,1941,1942,1943,1944,1945,1946,1947,1948,1949,1950,1951"]

FOTOS: Rota do Ouro (Facebook)

 

domingo, 6 de maio de 2018

TALENTOS LAVRENSES: Grupo de Arte Nativa Herdeiros de Bravos

[caption id="attachment_1954" align="alignnone" width="960"] FOTO: Divulgação[/caption]

Um grupo de dança bastante crescente na cidade é o Grupo de Arte Nativa Herdeiros de Bravos. Coordenado pela jovem Mariana Duarte, é composto por bailarinos entre 11 e 15 anos de idade, que realizam apresentações e coreografias pautadas na música gaúcha. O Grupo é presença constante na Semana Farroupilha, com uma apresentações inovadoras e bastante elogiadas pelos lavrenses. Realiza ainda ações sociais para a comunidade, como brechós e arrecadação de brinquedos para crianças carentes.

TURISMO: Fôlder turístico de Lavras do Sul (2017)



 



 

 



MAPAS: Uso e ocupação de solos de Lavras do Sul e região

[caption id="attachment_102" align="alignnone" width="846"] FONTE DO MAPA: IBGE[/caption]

CARNAVAL: Blocos Carnavalescos em atividade em Lavras do Sul (2017/2018)



Segundo informações que nos foram gentilmente cedidas pela SECTICCE, são 22 os blocos carnavalescos de forma oficial em Lavras do Sul. Dividimos a lista em dois grupos: os blocos com identificação de sua fundação e os sem identificação.

Com informação da data de fundação
* Os Bartira (representante: Fernando) - 2006
* Festeja (representante: Josilene - Bloco desativado
* Baita Fogo (representante: Felipe Monteiro - 2002
* Cem Miséria (representante: Maurício) - 10/01/2009
* VG (representante: Manuela) - 1937 (1° Carnaval em 1938)
* Grupo dos Relaxados (representante: Jerônimo) - Fundação em 1929 (1° Carnaval em 1930)
* Os Nonão (representante: Jerônimo) - 05/05/2005
* Turma do Nenê (representante: Tânia) - 14/02/2012
* Turma do Ki Suco (representante: Fabiano) - 2011
* Semo Feio Má Semo Carinhoso (representante: Mariana) - 01/01/2009
* O Mimoso das Gurias (representantes: Marilene e Janio) - 13/03/2010
* Louquinhos do Bem-Te-Vi (representante: Sandro) - 1993
* Vira Lata (representante: Alex) - 1980

Sem informação da data de fundação
* Marilú (representante - Ladi)
* Os Carranca (representante: Vitor)
* Carimba que é Top (representante: Ana Júlia)
* Beer Drinking Friends (representante: Matheus)
* Bloco Império (representante: Armando)
* Bonde da Orgia (representante: Julio Cesar)
* Bloco Carcará da Guela Seca (representante: Lóris) - Bloco desativado
* Escola de Samba Pérola Negra (representante: Fifina)
* As Peruas (representante: Vera)

LENDAS E HISTÓRIAS: A Lenda da Cigana

Segundo o livro "Olhares da Minha Terra", de Gujo Teixeira, a Lenda da Cigana se desenha da seguinte forma:

Túmulo de Cigana, construído no Cemitério Municipal, a pedido dos chefes dos ciganos que estavam de passagem e acampados em Lavras, lá pelos idos de 1920. Abriga os restos mortais de uma menina cigana, que diziam ser muito bonita, graciosa, de olhos claros, muito cobiçada pelos homens solteiros da cidade. Conta a lenda que logo após o seu casamento ela foi morta, notícia que consternou os moradores do pequeno vilarejo. Soube-se que mais tarde, versando pelos códigos de honra dos ciganos, que ao noivo é permitido matar a sua esposa, caso ela não seja mais virgem. Os anos passaram e este sentimento enraizado na alma dos humildes segue numa consequente devoção. A simples cigana foi canonizada pelo povo; as mulheres oram e pedem fertilidade e que seus maridos deixem da bebida, e os homens pedem "macheza", depositando sobre o túmulo da cigana bebidas, flores, perfumes, fitas coloridas e toda sorte de oferendas, agradecedo as preces atendidas.


ESPORTE E LAZER: O futebol em Lavras do Sul

Lavras do Sul, assim como todo o Brasil, é amante do esporte mais popular do mundo.

Segundo pesquisa do site Globoesporte.com, realizada em 2015, Lavras do Sul é considerado, a partir da base populacional e das redes sociais, o município com maior número proporcional de torcedores do Internacional (mais de 42% da população); no entanto, há também uma grande e considerável comunidade de torcedores do Grêmio na cidade, que cresceu nos últimos 20 anos.

Dois jogadores de Lavras do Sul (Carlos Kluwe e Alfeu Cachapuz Batista) fizeram parte do chamado "Rolo Compressor" do Inter, nos anos 1940/50, o que talvez explique a maior quantidade proporcional de torcedores apontada pela pesquisa do site citado anteriormente.

Em 1995, o Grêmio jogou um amistoso em Lavras do Sul, com boa parte dos titulares da época, vencendo no Estádio Municipal Adão Teixeira a seleção lavrense por 3 a 1.

Além de gremistas e colorados, podemos encontrar também, de forma mais recente, alguns torcedores do Corinthians na cidade.

O futebol local teve a realização, nas décadas de 1950 a 1980 e entre 2010 e 2013, do Campeonato Municipal de Futebol de Campo. Nos anos 50 e 60, Lavras do Sul tinha grandes equipes, como o Vasco da Gama, o Cruzeiro e o Grêmio Esportivo Lavrense. Mais recentemente, tivemos o TM Sports, Ughine, Bar do Vitor, Penharol, Vasco, Ibaré, São Sebastião e Taboleiro.

O futsal também tem equipes eficientes na cidade. A Game House, que fez uma pausa em suas atividades em março de 2016, conquistou títulos diversos em torneios realizados no Ginásio Municipal de Esportes Fernando Pellizzer Teixeira.

A Sociedade Esportiva Independente atua desde 1985, sem fins lucrativos, promovendo trabalho voluntário e socioeducativo para jovens lavrenses. Conta atualmente com 150 atletas a partir de 6 anos de idade, não cobrando mensalidade e promovendo acolhida a todos (ao todo, mais de 2.000 atletas já passaram pela equipe). Em 2017, realizou a exposição Somos Trinta, em um espaço na Rua João Bulcão, sobre a trajetória e o legado do clube para a sociedade lavrense.

Em 2018, se realiza a Copa Integração de Futsal (séries Prata e Ouro), com várias equipes de Lavras do Sul, incentivando o esporte no Município.



[caption id="attachment_94" align="aligncenter" width="500"] Troféus conquistados pela S.E. Independente ao longo de sua história. Foto: Murilo de Carvalho Góes (2017)[/caption]

TORNEIO INTERBLOCOS

Segundo o professor de Educação Física, Felipe Monteiro, numa entrevista concedida à Pepita FM, em fevereiro de 2009, o Torneio Interblocos pode ser considerada a "Copa do Mundo de Lavras".

Os principais blocos da cidade disputam um movimentado campeonato de Futebol de Areia, que atrai toda a população para o Camping Municipal, sempre no fim-de-semana anterior ao Carnaval. Com alegria, animação, música e até algumas rivalidades, mas tudo com harmonia e um clima pré-carnavalesco, o Interblocos é, sem dúvida, um grande festa do verão lavrense.

O Bloco Vira Lata foi o campeão nos dez primeiros anos de sua realização. Em 2008 e 2009, a vitória foi do Vae de Qualquer Geito (VG). Em 2010, o vencedor foi o Bloco Bloco. Em 2011, novamente o VG; em 2012, o Grupo dos Relaxados; em 2013, 2014 e 2015, o Bloco Baita Fogo; e, em 2016, o Bloco Vira Lata. Na versão feminina do Interblocos, de 2013 a 2015, o VG foi o bloco vencedor; em 2016, as vencedoras foram do Bloco Vira Lata.

Em 2017, no masculino, nova vitória do Baita Fogo. Em 2018, o VG conquistou mais um título. No feminino os vencedores foram: em 2017, o VG e, em 2018, o Bloco Cem Miséria.

AddToAny

Mapa (Google Maps)

FONTE: Google Maps.

Conheça Lavras do Sul!

O município gaúcho de Lavras do Sul está localizado a 324 km a sudoeste de Porto Alegre, entre Caçapava do Sul e Bagé, através de acessos pelas rodovias BR-290, BR-392 e ERS-357. Possui 7 679 habitantes, distribuídos em uma área de 2 600 km² (IBGE, 2010). Emancipado de Caçapava em 9 de maio de 1882, foi o único município gaúcho com origem na mineração do ouro. Possui as denominações carinhosas de "Pepita do Rio Grande" e "Terra do Ouro". Na atualidade, a economia se baseia na pecuária (principalmente bovinos e ovinos), comércio, fruticultura, lãs, indústrias artesanais e turismo. Tem como atrações turísticas principais a Igreja Matriz de Santo Antônio, a Praça Licinio Cardoso e o Camping Municipal (ou Praia do Paredão). O Carnaval lavrense é um dos maiores do Rio Grande do Sul e do Interior Brasileiro. Além do Carnaval, são realizadas as mais diversas festas e eventos ao longo do ano. Tudo consequência da alegria, da tranquilidade, da hospitalidade e da receptividade do povo lavrense.
A Sede está situada na latitude de 30°48’41”S e longitude 53°54’02” O. São dois os Distritos: o primeiro, Sede, com 1.240 km² aproximadamente; e o segundo, o Ibaré, com 1.360 km² aproximadamente.
A altitude média é de 300 metros acima do nível do mar (oficialmente ela está em 277 metros), mas em vários pontos, chega a 400, 450 metros. Nas regiões do extremo oeste do município, alcança apenas 98 m nas curvas do Rio Santa Maria.
Faz divisa com sete municípios: Vila Nova do Sul e Santa Margarida do Sul (norte), São Gabriel (norte e noroeste), Dom Pedrito (oeste, sul e sudoeste), Bagé (sudeste), Caçapava do Sul (leste e nordeste) e São Sepé (nordeste e norte). Até os anos 1980, havia uma pequena divisa com Rosário do Sul, que foi extinta devido a anexações aos municípios de Dom Pedrito e São Gabriel. O perímetro aproximado de divisas de Lavras do Sul é de 380 km. A distância entre os extremos leste-oeste é de cerca de 120 km.
Lavras do Sul está situada a 2.431 km de Brasília, Capital do Brasil, e a 641 km de Montevidéu, Capital do Uruguai. Localiza-se na faixa de fronteira.

SEJAM BEM-VINDOS(AS) AO BLOG INDEPENDENTE DE LAVRAS DO SUL/RS E REGIÃO. VISITEM NOSSA CIDADE E O PAMPA GAÚCHO EM QUALQUER ÉPOCA DO ANO. TRABALHAMOS DESDE 2007 E LEVAMOS QUALIDADE E CARINHO A ESTA TERRA PELAS ONDAS DA INTERNET. FIQUEM À VONTADE E SIGAM CONOSCO!

No Facebook

Postagens mais visitadas