Links informativos

Visitar Lavras do Sul é se surpreender com um jeito peculiar e simples de levar a vida. Muitas vezes se diz que Lavras do Sul é uma grande família, por conta de sua hospitalidade entre os habitantes e para com os visitantes. Mesmo com seu tamanho de pequeno porte, possui atrações e eventos que atraem pessoas de diversos lugares e de todos os estilos, em todas as épocas do ano. Conhecendo Lavras do Sul, tu irás te surpreender. ///// Localizado na mesorregião do Sudoeste Rio-grandense e na microrregião da Campanha Meridional, a 320 quilômetros via rodoviária da Capital do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, o município de Lavras do Sul foi fundado em 9 de maio de 1882, emancipando-se de Caçapava do Sul. É o único município gaúcho com origem na mineração e na extração do ouro, mineral outrora abundante na região. Segundo dados do Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010, a população era de 7.679 habitantes. Seu território se estende por 2.600 km² e, as Coordenadas Geográficas da zona urbana são 30° 48' 41” S, 53° 54' 02” O. Divide-se em dois distritos: Sede (a leste) e Ibaré (a oeste).

IBARÉ

Ibaré

Localizada a 47 quilômetros de distância do centro de Lavras, através de estrada municipal de chão o Segundo Distrito - ou Vila do Ibaré - é uma simpática localidade do interior lavrense.

Durante o trajeto (em direção a São Gabriel, para depois dobrar duas vezes à direita), há a concentração de diversas fazendas, grande quantidade de gado bovino, ovino e cavalos, diversos açudes e capões de mato e o relevo característico da região, com diversas rochas, morros arredondados, tabuleiros e planaltos pouco elevados, mas com uma bela vista panorâmica. A região do trajeto está localizada em um divisor natural de águas das bacias hidrográficas do Uruguai e do Camaquã (ou do Atlântico Sul, ou Sudeste).

O Ibaré apresenta, em 2018, uma população de aproximadamente 800 pessoas. Dispõe de serviços como a Escola Municipal Odessa Petrarca, agência dos Correios, mercearia, borracharia, praça e playground, além de abastecimento de água, serviços de telefonia e energia elétrica. Apresenta, ainda, um edifício inacabado, para armazenamento de grãos (o chamado silo). Além disso, passa por obras da cobertura de sua quadra de esporte e dispõe de um Centro Comunitário.

Atualmente desativada, sua estação, que originou a vila, era ponto de parada de trens de passageiros da antiga linha Cacequi-Pelotas, desativada nos anos 1990. Em dias e horários pré-determinados, trens de carga cruzam o Ibaré.

Seu povo é bastante hospitaleiro: quando percebem a presença de automóveis de visitantes, logo acenam com as mãos, de forma amistosa e receptiva, uma das grandes características de Lavras. Popularmente, e de forma folclórica, se diz que Ibaré é a "Capital de Lavras", por sua fama e representatividade no município.

O Ibaré possui uma igreja, que consta como data de sua construção o dia 13 de junho de 1968, construída a base de fundos angariados com os moradores locais. Tem estilo modernista com detalhes neogóticos; apresenta um arco ogival em sua fachada, além de um sino e uma cruz. Recebeu o reforço, em 2011, de granitos da Ibaré Mineral, que fornece material para grande parte do RS e para vários países.

Outro ponto muito interessante do Ibaré é a casa construída por Lulu Teixeira, no ano de 1909, que foi uma antiga charqueada nos anos 1930 e atualmente é o escritório da Ibaré Mineral, indústria de pisos de mármore e granito. Essa casa tem estilo eclético e referências arquitetônicas marcantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny

No Facebook

Postagens mais visitadas