O MUNICÍPIO: Dados demográficos, censitários e populacionais de Lavras do Sul/RS ao longo dos anos

O MUNICÍPIO: Dados demográficos, censitários e populacionais de Lavras do Sul/RS ao longo dos anos

Vamos, a seguir, conferir alguns dados censitários e populacionais do Município de Lavras do Sul, sua população ao longo da história e dados mais recentes. As fontes são o IBGE e a FEE/RS e o livro Lavras do Sul – na Bateia do Tempo, de Edilberto Teixeira. 

A primeira citação da região de Lavras do Sul ocorreu em 1824, como um dos principais povoados da Vila de Nossa Senhora da Conceição da Cachoeira. Na atualidade, Lavras do Sul é um centro local, com influência de Santa Maria, Caçapava do Sul e Bagé. 

As fases da formação administrativa da história de Lavras do Sul foram as seguintes: 

* 1829 = Capela

* 1834 = Povoado de Caçapava

* 1847 = Freguesia

* 1882 = Vila

* 1938 = Cidade

* 1944 = Denominação oficial Lavras do Sul via IBGE

A zona urbana da Sede Municipal tem, aproximadamente, 16 km². A área urbanizada do Ibaré tem cerca de 6 km². Em 1992, eram 914 km de ruas e vias municipais no Município. Atualmente, Lavras do Sul tem doze bairros na Sede e diversas localidades ao longo da zona rural. Sabendo que a colonização começou por volta de 1825 no Município, as contagens de população lavrense iniciaram por volta de 1840. Vamos a seguir à lista das principais informações ao longo da história do município, de acordo com os mais diversos órgãos de contagem da população e estatística, e a partir do livro de Edilberto Teixeira.

* 1840 = 50 eleitores de Lavras do Sul votaram para a Assembleia Constituinte do Estado. 

* 1846 = Era Quarto Distrito de Caçapava e tinha 2.705 habitantes, na época mais populosa do que São Sepé (963 hab.) e São Gabriel (2.077)

* 1847 = Freguesia – 2.689 hab. (1.386 homens e 1303 mulheres)

* 1858 = 2.804 habitantes (1.887 livres, 59 libertos e 858 escravos)

* 1872 = 483 casas e 3.997 hab.

* 1882 = Emancipação

* 1886 = 85 eleitores para a formação da Câmara Municipal; 1.887 brancos e 917 negros.

* 1890 = 6.960 habitantes (3.569 homens e 3.391 mulheres)

* 1900 = 7.640 habitantes (3.775 mulheres e 3.829 homens); densidade demográfica: 2,80 hab/km²

* 1911 = 6.866 habitantes (1.359 na zona urbana)

* 1914 = 1.500 habitantes na zona urbana

* 1918 = 8.077 habitantes (4.823 hab. no 1° Distrito e 3.254 no 2° Distrito)

* 1920 = 9.440 habitantes (2.000 na zona urbana e 7.400 na zona rural); 2.587 alfabetizados e 6.813 analfabetos.

* 1923 = 13.410 habitantes (3.150 na zona urbana e 10.260 na zona rural)

* 1938 = Cidade

* 1940 = 12.482 habitantes (1.184 homens e 1.323 mulheres na zona urbana; 279 homens e 322 mulheres na zona suburbana; e 4.731 homens e 4.643 mulheres na zona rural); 8.836 solteiros, 2.317 casados, 515 viúvos, 13 separados; 4.550 alfabetizados, 5.944 analfabetos; 206 com 70 anos ou mais; 30 profissionais liberais, 2.057 na agropecuária, 686 na indústria, 183 no comércio, 155 nos transportes e comunicação, 107 na administração pública, 25 na defesa nacional e segurança pública

* 1950 = 12.135 hab. (2.429 na zona urbana, 45 na zona suburbana e 9.252 na zona rural); 4.429 alfabetizados e 5.747 analfabetos

* 1952 = 12.740 hab. (zona rural com 9.880 hab.)

* 1953 = 13.200 hab. (zona urbana com 3.020 hab.)

* 1958 = 13.500 hab.

* 1962 = A área foi recalculada para 2.680 km², de acordo com o Instituto Gaúcho de Reforma Agrária. A densidade demográfica nesse ano era de 4,76 hab/km².

* 1970 = 11.494 hab (Censo IBGE)

* 1980 = A população lavrense já sofria uma grande queda no número de habitantes, através de fatores como o êxodo rural, a decadência da mineração e a oferta de empregos em outros centros. População nesse ano de 9.225 habitantes, com 4.283 eleitores / Censo IBGE

* 1991 = 8.819 hab (Expectativa de vida: 65,1 anos) / Censo IBGE

* 2000 = 8.109 habitantes (Expectativa de vida de 70,6 anos); 4.828 hab. na zona urbana e 3.281 na zona rural.

* 2001 = 8.144 hab. (Estimativa IBGE)

* 2004 = 8.088 hab. (Estimativa IBGE)

* 2005 = 8.073 hab. (Estimativa IBGE)

* 2009 = 7.926 hab. (Estimativa IBGE)

* 2010 = 7.679 habitantes (Expectativa de vida de 77,1 anos); 4.758 hab. na zona urbana e 2.921 na zona rural / Censo IBGE

* 2011 = 7.744 hab. (Estimativa IBGE)

* 2014 = 7.432 hab. (Estimativa IBGE)

A população residente em Lavras do Sul se divide em 50,84% de mulheres e 49,16% de homens. Na zona urbana vivem 61,96% (4.758 habitantes), e na zona rural, 38,04% (2.921 habitantes, número bastante reduzido em relação a 1991, onde residiam 4.018 habitantes na área rural). 

Em 2018, a densidade demográfica de Lavras do Sul, segundo o IBGE, é de 2,7 habitantes por quilômetro quadrado (hab/km²).

Quase 12% da população lavrense tem 65 anos ou mais; 22,33% tem menos de 15 anos e 65,97% tem entre 15 e 64 anos.

A esperança de vida ao nascer dos habitantes lavrenses é de 77,1 anos. A taxa de fecundidade média é, em 2010, de 2,1 filhos por mulher (em 1991, era de 2,9).

Os principais grupos étnicos formadores da população lavrense são: franceses, belgas, portugueses, ingleses, espanhóis, latino-americanos e negros.

A população de Lavras representa cerca de 0,08% da população total do Rio Grande do Sul. (PNUD, 2001).