Visitar Lavras do Sul é se surpreender com um jeito peculiar e simples de levar a vida. Muitas vezes se diz que Lavras do Sul é uma grande família, por conta de sua hospitalidade entre os habitantes e para com os visitantes. Mesmo com seu tamanho de pequeno porte, possui atrações e eventos que atraem pessoas de diversos lugares e de todos os estilos, em todas as épocas do ano. Conhecendo Lavras do Sul, tu irás te surpreender. ///// Localizado na mesorregião do Sudoeste Rio-grandense e na microrregião da Campanha Meridional, a 320 quilômetros via rodoviária da Capital do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, o município de Lavras do Sul foi fundado em 9 de maio de 1882, emancipando-se de Caçapava do Sul. É o único município gaúcho com origem na mineração e na extração do ouro, mineral outrora abundante na região. Segundo dados do Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010, a população era de 7.679 habitantes. Seu território se estende por 2.600 km² e, as Coordenadas Geográficas da zona urbana são 30° 48' 41” S, 53° 54' 02” O. Divide-se em dois distritos: Sede (a leste) e Ibaré (a oeste).

Previna-se contra o Coronavírus

Previna-se contra o Coronavírus
Fique em casa e saia apenas em casos de extrema necessidade, usando a máscara

domingo, 19 de abril de 2020

TURISMO: Atrações turísticas de Lavras do Sul

Lavras do Sul gera surpresas em quem percorre suas ruas, ladeiras (conhecidas localmente como lombas) e pontos, com uma grande preservação de sua história e suas peculiaridades. Mesmo que apresente alguns sobressaltos e dificuldades, ainda sim não perde as características de uma cidade do Interior do Rio Grande do Sul e do Brasil.

Vamos conferir algumas das atrações de Lavras do Sul:



Igreja Matriz de Santo Antônio: o principal templo religioso da cidade é a igreja Matriz de Santo Antônio, que foi erguida em um importante ponto antigo de mineração do ouro. Foi construída em estilo gótico no final do século XVIII e passou por sua última reforma em 2012. Atualmente, apresenta tons em azul e amarelo. Localiza-se junto à Praça Licínio Cardoso, na esquina das ruas Santo Antônio e Pires Porto.

Gruta Nossa Senhora de Lourdes: Procurada por religiosos, proporciona uma bela vista panorâmica, por estar situada num dos pontos mais altos da cidade.

Casa de Cultura José Néri da Silveira: A Casa de Cultura José Néri da Silveira teve sua inauguração em 14/09/1991. Localiza-se na Adão Teixeira da Silveira, 400, Centro, e sua construção é de 1910. Já foi sede da Prefeitura Municipal entre os anos 1960 e 1980 e abriga a Biblioteca Municipal Professora Anita Medeiros. Um grande acervo histórico do Município, com objetos e fotografias, é encontrado no local.

Praça Dona Hermínia (“Santo Antônio”): O padroeiro de Lavras do Sul, Santo Antônio, é homenageado nesta praça com um monumento, Localiza-se a duas quadras da entrada do Camping Municipal e apresenta uma escadaria, revitalizada em 2013. É o ponto de chegada da Procissão anual do dia 13 de Junho.

Praça Licínio Cardoso: Ponto de encontro do povo lavrense, sobretudo nas noites de verão, finais de semana e feriados, onde pessoas de todas as idades se reúnem; Abriga, em seu entorno, o Clube Comercial, o Telúrica Bar e a Igreja Matriz de Santo Antônio, além de um relógio digital do Sicredi, junto à mesma, instalado em 2013.

Praça das Bandeiras (“Praça de Baixo”): Apresenta um chafariz e um espaço (Rui Elem Teixeira), voltado para eventos e com quadra de futebol e playground. É outro tradicional ponto de encontro do povo lavrense.

Clube Comercial: Inaugurado em março de 1910, é o mais tradicional clube da cidade. Foi restaurado e voltou a funcionar em 2016.

Parque de Exposições Olavo de Almeida Macedo: Batizado em homenagem a um dos primeiros presidentes do Sindicato Rural de Lavras do Sul, é um grande complexo, composto por Pista de Remates, pista de rodeios, restaurante, pavilhões e outras estruturas. Sua Pista de Remates é considerada uma das melhores do Estado para a realização de remates e leilões e possui ambiente climatizado.

Praia do Paredão: As águas dividem, por cerca de 100 metros, a faixa de areia de um cerro de média elevação, que forma uma espécie de parede, daí o nome do balneário. Símbolo natural da cidade, atrai muitos turistas de diversas regiões do Rio Grande do Sul e do Brasil, especialmente nos meses de verão. Possui muito verde, areia grossa e fofa, uma ilha de areia e um camping municipal com infraestrutura para o lazer.

 

Vila do Ibaré: Localizada a 47 km de distância do centro de Lavras do Sul, através de estrada municipal de chão, o Segundo Distrito - ou Vila do Ibaré - é uma simpática localidade do interior lavrense. Na região, há a concentração de diversas fazendas, grande quantidade de gado bovino ovino e cavalos, diversos açudes e capões de mato e o relevo característico da região, com diversas rochas, morros arredondados, tabuleiros e planaltos um pouco elevados, mas com uma bela vista panorâmica. Um trecho de ferrovia corta a localidade, que dispõe de locais como uma indústria de minerais, escola e centro comunitário.

Arquitetura: Com estilo português e barroco, os prédios de Lavras do Sul nos fazem ter um belo passeio histórico.

Informações turísticas: Rua Dr. Pires Porto, 365, centro, telefone (55) 3282 1239, das 8h às 14h, de segunda a sexta-feira. Sigam a Secretaria Municipal de Turismo, Indústria e Comércio, Cultura e Esporte (Secticce) no Facebook e também no Instagram (@turismolavrasdosul).

 

AddToAny