Links informativos

Visitar Lavras do Sul é se surpreender com um jeito peculiar e simples de levar a vida. Muitas vezes se diz que Lavras do Sul é uma grande família, por conta de sua hospitalidade entre os habitantes e para com os visitantes. Mesmo com seu tamanho de pequeno porte, possui atrações e eventos que atraem pessoas de diversos lugares e de todos os estilos, em todas as épocas do ano. Conhecendo Lavras do Sul, tu irás te surpreender. ///// Localizado na mesorregião do Sudoeste Rio-grandense e na microrregião da Campanha Meridional, a 320 quilômetros via rodoviária da Capital do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, o município de Lavras do Sul foi fundado em 9 de maio de 1882, emancipando-se de Caçapava do Sul. É o único município gaúcho com origem na mineração e na extração do ouro, mineral outrora abundante na região. Segundo dados do Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010, a população era de 7.679 habitantes. Seu território se estende por 2.600 km² e, as Coordenadas Geográficas da zona urbana são 30° 48' 41” S, 53° 54' 02” O. Divide-se em dois distritos: Sede (a leste) e Ibaré (a oeste).

A imagem do dia (18/07/19)

A imagem do dia (18/07/19)
Centro de Lavras do Sul (2017) - CRÉDITO: Charles Lopes (Lavras do Céu / Reprodução / Youtube)

segunda-feira, 6 de agosto de 2018

PAMPA GAÚCHO: Bagé, Alegrete e Lavras do Sul concluem primeira etapa presencial do curso de formação de professores e gestores escolares



Os próximos municípios do cronograma serão São Gabriel, Itacurubi, Hulha Negra e Candiota

O sábado foi intenso e voltado à educação em três municípios da fronteira oeste e campanha do Rio Grande do Sul. Em Bagé, Alegrete e Lavras do Sul, aconteceu o primeiro encontro presencial do curso de Formação de Professores e Gestores Escolares, que está sendo realizado pela Urcamp. Neste final de semana, mais de 450 professores da rede pública municipal e estadual puderam trocar experiências e vivenciar a aprendizagem com aulas dinâmicas. Em Bagé, a abertura oficial foi realizada pela reitora da Instituição de Ensino Comunitária, que também é presidente do Corede Campanha, professora Lia Maria Herzer Quintana, e em Alegrete, foi representada por sua vice-reitora, professora Núbia Juliani.



A educação precisa ser pensada como prioridade. Ela é a base, em qualquer instância. E esse tem sido o papel fundamental da Urcamp, que desde o dia 31 de julho iniciou a primeira etapa das aulas presenciais do curso de formação de professores e gestores escolares. Nubia Juliani, pedagoga e vice-reitora da Urcamp, é uma apaixonada declarada pela educação e pelas escolas. Sempre que fala em suas estagiárias da Pedagogia, e das visitas que realiza, comenta do ambiente e da importância de fomentar esse espaço. Em sua fala, na abertura oficial em Alegrete, no Campus da Urcamp, Nubia agradeceu a Coordenadora de Municipal de Educação, Marcia Iara da Costa Dornelles, e justificou a ausência da reitora da Urcamp e presidente do Corede Campanha, professora Lia Maria Herzer Quintana que, naquele momento, realizava o mesmo ato em Bagé. “Quero destacar, também,  a importância da formação e dos votos na Consulta Popular – o que possibilitou a realização deste curso. Essa é a política das boas relações. É preciso refletir esse momento de mudanças, pois somos partícipes dela, e ela nos dá a oportunidade de, juntos, pensarmos a educação. Nós, enquanto Universidade; enquanto Urcamp, frisamos a importância das comunitárias, pois, foi, através delas, que a realização está sendo possível. Ser comunitária, é ser comunidade”, reflete a vice-reitora que, no ato de abertura, esteve acompanhada do pró-reitor do campus, professor Júlio Otaran.

E nesse processo, quem está encantando com o curso são os professores, que agora vivem a experiência como alunos. Para Sidinéia Costa do Nascimento, que dá aulas para o ensino fundamental de português, ensino religioso e espanhol, tudo agora é sentimento de expectativa. “A ideia é que o curso venha a agregar à experiência docente, para que possamos desenvolver um trabalho melhor em sala de aula, pois, desde esse primeiro encontro nós já estamos tendo troca de conhecimentos”, relata a professora.

Dando sequência à importância do curso, a Coordenadora da 10ª CRE, Sara Elizeth Duzac Cardoso, também passou pela cidade de Alegrete, visitando as três salas de aula e frisando a importância do município de Itaqui e de sua Secretaria de Educação. Através de sua Secretária Solange Carvalho Carniel e sua Coordenadora Pedagógica Gisele Dias Marques, a Secretaria foi incansável no trabalho junto aos seus professores, conquistando o primeiro lugar no ranking de inscritos dentre as nove cidades que a Urcamp está realizando o curso. Itaqui, entre professores e gestores da rede pública municipal e estadual, tem, hoje, 450 pessoas imersas na formação, sendo que o segundo lugar é São Gabriel, com 293.

Ao mesmo tempo, o curso acontecia em Lavras do Sul, na Escola Municipal Dr. Cláudio Teixeira Bulcão. Por lá, formaram uma turma de professores e outra de gestores escolares, com 50 inscritos da rede pública municipal e estadual. A Secretária Municipal de Educação, Elenara Biaggi Machado, além de marcar presença para dar as boas vindas à Urcamp e aos alunos, também está participando do curso.

Em Bagé a abertura ficou por conta da reitora da Urcamp e presidente do Corede Campanha, professora Lia Maria Herzer Quintana, que destacou a importância do educador. “Em primeiro lugar eu gostaria de parabenizá-los por serem professores, por terem escolhido essa profissão, que é difícil, mas extremamente gratificante. O curso é um instrumento a mais na vida de vocês, porque acredito que esse seja também o nosso papel como parte do Comung que somos. Essa qualificação foi uma demanda da comunidade da nossa região, que entendeu, através da Consulta Popular de 2016/17, que deveríamos investir na formação continuada dos nossos professores”, explica.


Entenda o curso

O curso de formação de professores e gestores escolares é proveniente da votação da Consulta Popular 2016/2017, quando 63 municípios elegeram como prioridade a educação em suas cédulas. Graças ao resultado, foi firmado um convênio entre o Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Secretaria Estadual de Educação do Rio Grande do Sul (Seduc-RS), Conselhos Regionais de Desenvolvimentos (Coredes) e o Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas (Comung). Das 15 instituições que são parte do Comung, 11 estão responsáveis pela organização dos cursos de formação em todas as regiões do estado. A Urcamp assumiu as áreas de abrangência do Corede Campanha e Corede Fronteira Oeste, realizando a capacitação nos municípios de Itaqui, Uruguaiana, Alegrete, Bagé, Lavras do Sul, São Gabriel, Hulha Negra, Itacurubi e Candiota. O31 recurso destinado da Consulta Popular 2016/2017 é de  aproximadamente R$ 4 milhões de reais. O curso vai até 28 de setembro, com encontros presenciais (16h) e a distância (44h).

Cronograma do curso 

Nesta segunda-feira, o curso continua na cidade de São Gabriel e passa por mais três cidades, quando é concluído no sábado, em Candiota. Confira o cronograma:

06 de agosto, das 8h às 17h30min – São Gabriel
08 de agosto, das 8h às 17h30min – Hulha Negra
10 de agosto, das 8h às 17h30min – Itacurubi
11 de agosto, das 8h às 17h30min – Candiota

FONTE: Jéssica Pacheco / Assessora de Imprensa / Gabinete da Reitoria - Urcamp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny

Conheça Lavras do Sul!

O município gaúcho de Lavras do Sul está localizado a 324 km a sudoeste de Porto Alegre, entre Caçapava do Sul e Bagé, através de acessos pelas rodovias BR-290, BR-392 e ERS-357. Possui 7 679 habitantes, distribuídos em uma área de 2 600 km² (IBGE, 2010). Emancipado de Caçapava em 9 de maio de 1882, foi o único município gaúcho com origem na mineração do ouro. Possui as denominações carinhosas de "Pepita do Rio Grande" e "Terra do Ouro". Na atualidade, a economia se baseia na pecuária (principalmente bovinos e ovinos), comércio, fruticultura, lãs, indústrias artesanais e turismo. Tem como atrações turísticas principais a Igreja Matriz de Santo Antônio, a Praça Licinio Cardoso e o Camping Municipal (ou Praia do Paredão). O Carnaval lavrense é um dos maiores do Rio Grande do Sul e do Interior Brasileiro. Além do Carnaval, são realizadas as mais diversas festas e eventos ao longo do ano. Tudo consequência da alegria, da tranquilidade, da hospitalidade e da receptividade do povo lavrense.
A Sede está situada na latitude de 30°48’41”S e longitude 53°54’02” O. São dois os Distritos: o primeiro, Sede, com 1.240 km² aproximadamente; e o segundo, o Ibaré, com 1.360 km² aproximadamente.
A altitude média é de 300 metros acima do nível do mar (oficialmente ela está em 277 metros), mas em vários pontos, chega a 400, 450 metros. Nas regiões do extremo oeste do município, alcança apenas 98 m nas curvas do Rio Santa Maria.
Faz divisa com sete municípios: Vila Nova do Sul e Santa Margarida do Sul (norte), São Gabriel (norte e noroeste), Dom Pedrito (oeste, sul e sudoeste), Bagé (sudeste), Caçapava do Sul (leste e nordeste) e São Sepé (nordeste e norte). Até os anos 1980, havia uma pequena divisa com Rosário do Sul, que foi extinta devido a anexações aos municípios de Dom Pedrito e São Gabriel. O perímetro aproximado de divisas de Lavras do Sul é de 380 km. A distância entre os extremos leste-oeste é de cerca de 120 km.
Lavras do Sul está situada a 2.431 km de Brasília, Capital do Brasil, e a 641 km de Montevidéu, Capital do Uruguai. Localiza-se na faixa de fronteira.

SEJAM BEM-VINDOS(AS) AO BLOG INDEPENDENTE DE LAVRAS DO SUL/RS E REGIÃO. VISITEM NOSSA CIDADE E O PAMPA GAÚCHO EM QUALQUER ÉPOCA DO ANO. TRABALHAMOS DESDE 2007 E LEVAMOS QUALIDADE E CARINHO A ESTA TERRA PELAS ONDAS DA INTERNET. FIQUEM À VONTADE E SIGAM CONOSCO!

No Facebook

Postagens mais visitadas