Links informativos

Visitar Lavras do Sul é se surpreender com um jeito peculiar e simples de levar a vida. Muitas vezes se diz que Lavras do Sul é uma grande família, por conta de sua hospitalidade entre os habitantes e para com os visitantes. Mesmo com seu tamanho de pequeno porte, possui atrações e eventos que atraem pessoas de diversos lugares e de todos os estilos, em todas as épocas do ano. Conhecendo Lavras do Sul, tu irás te surpreender. ///// Localizado na mesorregião do Sudoeste Rio-grandense e na microrregião da Campanha Meridional, a 320 quilômetros via rodoviária da Capital do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, o município de Lavras do Sul foi fundado em 9 de maio de 1882, emancipando-se de Caçapava do Sul. É o único município gaúcho com origem na mineração e na extração do ouro, mineral outrora abundante na região. Segundo dados do Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010, a população era de 7.679 habitantes. Seu território se estende por 2.600 km² e, as Coordenadas Geográficas da zona urbana são 30° 48' 41” S, 53° 54' 02” O. Divide-se em dois distritos: Sede (a leste) e Ibaré (a oeste).

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

LITERATURA: Lavrense participa de produção de livro 100% acessível na Unipampa, em Bagé

Um dos primeiros livros 100% acessível do Brasil começa a ser distribuído gratuitamente. Um dos escritores que ajudaram no processo de montagem da obra é o lavrense Yuri Mastroiano. A publicação foi produzida dentro do curso de Letras da Unipampa e narra o processo de cirurgia da personagem. A publicação infantil traz fontes ampliadas e contraste para alunos com baixa visão, audiolivro e audiodescrição das imagens e ilustrações para cegos, tradução da história em libras, para surdos, e texto em escrita simbolar, para alunos com déficit intelectual. A obra foi escrita pela professora da Universidade Federal do Pampa (Unipampa), Amélia Bastos, e produzida durante o componente curricular de Educação Inclusiva do curso de Letras do Campus Bagé e narra a história da menina Lelê que tem que passar por um procedimento cirúrgico para a retirada das amígdalas. O nome do livro é Lelê de Boca Aberta


Instituições e escolas interessadas em receber o material, devem entrar em contato através do e-mail: ameliabastos@unipampa.edu.br.

FONTE: Unipampa



[caption id="attachment_22630" align="alignnone" width="526"] FOTO: Unipampa[/caption]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny

No Facebook

Postagens mais visitadas