Links informativos

//// Visitar Lavras do Sul é se surpreender com um jeito peculiar e simples de levar a vida. Muitas vezes se diz que Lavras do Sul é uma grande família, por conta de sua hospitalidade entre os habitantes e para com os visitantes. Mesmo com seu tamanho de pequeno porte, possui atrações e eventos que atraem pessoas de diversos lugares e de todos os estilos, em todas as épocas do ano. Conhecendo Lavras do Sul, tu irás te surpreender. ///// Localizado na mesorregião do Sudoeste Rio-grandense e na microrregião da Campanha Meridional, a 320 quilômetros via rodoviária da Capital do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, o município de Lavras do Sul foi fundado em 9 de maio de 1882, emancipando-se de Caçapava do Sul. É o único município gaúcho com origem na mineração e na extração do ouro, mineral outrora abundante na região. Segundo dados do Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010, a população era de 7.679 habitantes. Seu território se estende por 2.600 km² e, as Coordenadas Geográficas da zona urbana são 30° 48' 41” S, 53° 54' 02” O. Divide-se em dois distritos: Sede (a leste) e Ibaré (a oeste).

PROGRAMAÇÃO DA SEMANA FARROUPILHA DE 2019

PROGRAMAÇÃO DA SEMANA FARROUPILHA DE 2019
Clica na imagem e confere!

segunda-feira, 25 de abril de 2016

TURISMO: Principais atrações turísticas de Lavras do Sul



A seguir, uma relação das principais atrações turísticas lavrenses:





* Igreja Matriz de Santo Antônio: O principal templo religioso da cidade é a Igreja Matriz de Santo Antônio, que foi erguida em um importante ponto antigo de mineração do ouro. Foi inaugurada em 1917, em estilo gótico, e passou por sua última reforma em 2012. Atualmente, apresenta tons em azul e amarelo. Localiza-se junto à Praça Licínio Cardoso, na esquina das ruas Santo Antônio e Pires Porto. É o cartão-postal de Lavras do Sul e visto dos mais diversos pontos da cidade.









* Gruta Nossa Senhora de Lourdes: procurada por religiosos, proporciona uma bela vista panorâmica, por estar situada num dos pontos mais altos da cidade; em 2015, a imagem foi recolocada após restauração promovida pela Casa de Cultura José Néri da Silveira.

* Prédios Históricos: Dentre os principais prédios que compõe o patrimônio arquitetônico de Lavras do Sul, está o prédio do Centro de Alfabetização Professora Helena Ferreira, construído em 1913 e considerado um dos mais ricos e preservados do Município, sendo localizado na Rua Dr. Pires Porto. Outros prédios de riqueza histórica podem ser observados pelas ruas da cidade. Há também construções de valor histórico no Ibaré.

* Ruínas do Engenho Belga: Localizadas nas terras particulares do Condomínio Chiappetta, a cerca de dez minutos do centro da cidade, as ruínas mostram antigos locais de mineração do ouro, que funcionavam há cerca de 100 anos. O local pode ser visitado mediante agendamento de visita com os proprietários.

* Casa de Cultura José Néri da Silveira: A Casa de Cultura José Néri da Silveira teve sua inauguração em 14/09/1992. Sua construção é de 1910. Já foi sede da Prefeitura Municipal entre os anos 1960 e 1980 e abriga a Biblioteca Municipal Professora Anita Medeiros. Um grande acervo histórico do Município, com objetos e fotografias, é encontrado no local (visite o blog da Casa de Cultura), com mais de mil fotografias de seu acervo. A Casa de Cultura José Néri da Silveira funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. Foi reaberta oficialmente, após restauração de seu prédio e acervo, no dia 7 de maio de 2014, e desenvolve diversas atividades culturais (oficinas, cursos, eventos, mostras de filmes, etc.). Em 2015, a coordenadora é Rosa Helena de Carvalho Teixeira. Localiza-se na Rua Adão Teixeira da Silveira, 400, esquina Cel. Meza.

* Praça Dona Hermínia Ferreira de Souza: O padroeiro de Lavras do Sul, Santo Antônio, é homenageado nesta praça com um monumento, Localiza-se a duas quadras da entrada do Camping Municipal e apresenta uma escadaria, revitalizada em 2014. É o ponto de chegada da Procissão anual do dia 13 de Junho.

* Praça Licínio Cardoso: ponto de encontro do povo lavrense, sobretudo nas noites de verão, finais de semana e feriados, onde pessoas de todas as idades se reúnem; Abriga, em seu entorno, o Clube Comercial, o Telúrica Bar e a Igreja Matriz de Santo Antônio, além de um relógio digital, junto à mesma, instalado em 2013.

* Clube Comercial: inaugurado em março de 1910, é o mais tradicional clube da cidade. Reabriu as portas em 2014, passou por nova reforma e foi reinagurado em 2016.

* Hotéis-fazenda e turismo rural: espalhados no interior do município, são ideais para os amantes do ecoturismo e do turismo rural. Os principais são a Estância São Miguel Arcanjo, a São Marcos Turismo Rural e a Fazenda Santo Antônio do Estreito.

* Parque de Exposições Olavo de Almeida Macedo (Sindicato Rural de Lavras do Sul): Batizado em homenagem a um dos primeiros presidentes do Sindicato Rural de Lavras do Sul, é um grande complexo, composto por Pista de Remates, pista de rodeios, restaurante, pavilhões e outras estruturas. Sua Pista de Remates é considerada uma das melhores do Estado para a realização de remates e leilões e possui ambiente climatizado.

* Carnaval: Entre as maiores festas do Interior Gaúcho e Brasileiro, está o Carnaval lavrense (ou CarnaLavras), com a participação de mais de três dezenas de blocos e eventos ao ar livre.

* Praia do Paredão: Uma das mais belas atrações do Município, o Balneário da Praia do Paredão (Camping Municipal Zeferino Teixeira) conta com uma estrutura básica para camping, dois bares, canchas de areia para esportes, estacionamento, banheiros, playground e palco para shows, entre outros serviços. As águas dividem, por cerca de 100 metros, a faixa de areia de um cerro de média elevação, que forma uma espécie de parede, daí o nome do balneário. Símbolo natural da cidade, atrai turistas de diversas regiões do Rio Grande do Sul e do Brasil, especialmente nos meses de verão. Possui muito verde, areia grossa e fofa, uma ilha de areia e muito contato com a natureza. Há também a taipa, junto à represa do balneário, conhecida localmente por sua profundidade. O Paredão constitui-se de uma barragem construída em função da Companhia Belga de Mineração, que montou uma usina de tratamento de minério, aproveitando a queda d’água para a força necessária à movimentação das máquinas, isto no início do século XX. A Praia do Paredão começou a ser aproveitada turisticamente em 1977, na gestão do então Prefeito Ítalo Bayard La-Rocca Teixeira. Localiza-se no Bairro Madezati, com acesso principal pelas ruas Cel. Meza, sentido centro-bairro, e Santo Antonio até a passarela e continuação pela Rua Glênio Peres até o portão principal.










* Chafariz da Praça das Bandeiras: Tradicional monumento localizado na Praça das Bandeiras, na decida da Rua Dr. Pires Porto em direção à Av. Cel. Galvão. Em algumas oportunidades, recebe iluminação especial, embelezando ainda mais a cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny

Conheça Lavras do Sul!

O município gaúcho de Lavras do Sul está localizado a 324 km a sudoeste de Porto Alegre, entre Caçapava do Sul e Bagé, através de acessos pelas rodovias BR-290, BR-392 e ERS-357. Possui 7 679 habitantes, distribuídos em uma área de 2 600 km² (IBGE, 2010). Emancipado de Caçapava em 9 de maio de 1882, foi o único município gaúcho com origem na mineração do ouro. Possui as denominações carinhosas de "Pepita do Rio Grande" e "Terra do Ouro". Na atualidade, a economia se baseia na pecuária (principalmente bovinos e ovinos), comércio, fruticultura, lãs, indústrias artesanais e turismo. Tem como atrações turísticas principais a Igreja Matriz de Santo Antônio, a Praça Licinio Cardoso e o Camping Municipal (ou Praia do Paredão). O Carnaval lavrense é um dos maiores do Rio Grande do Sul e do Interior Brasileiro. Além do Carnaval, são realizadas as mais diversas festas e eventos ao longo do ano. Tudo consequência da alegria, da tranquilidade, da hospitalidade e da receptividade do povo lavrense.
A Sede está situada na latitude de 30°48’41”S e longitude 53°54’02” O. São dois os Distritos: o primeiro, Sede, com 1.240 km² aproximadamente; e o segundo, o Ibaré, com 1.360 km² aproximadamente.
A altitude média é de 300 metros acima do nível do mar (oficialmente ela está em 277 metros), mas em vários pontos, chega a 400, 450 metros. Nas regiões do extremo oeste do município, alcança apenas 98 m nas curvas do Rio Santa Maria.
Faz divisa com sete municípios: Vila Nova do Sul e Santa Margarida do Sul (norte), São Gabriel (norte e noroeste), Dom Pedrito (oeste, sul e sudoeste), Bagé (sudeste), Caçapava do Sul (leste e nordeste) e São Sepé (nordeste e norte). Até os anos 1980, havia uma pequena divisa com Rosário do Sul, que foi extinta devido a anexações aos municípios de Dom Pedrito e São Gabriel. O perímetro aproximado de divisas de Lavras do Sul é de 380 km. A distância entre os extremos leste-oeste é de cerca de 120 km.
Lavras do Sul está situada a 2.431 km de Brasília, Capital do Brasil, e a 641 km de Montevidéu, Capital do Uruguai. Localiza-se na faixa de fronteira.

SEJAM BEM-VINDOS(AS) AO BLOG INDEPENDENTE DE LAVRAS DO SUL/RS E REGIÃO. VISITEM NOSSA CIDADE E O PAMPA GAÚCHO EM QUALQUER ÉPOCA DO ANO. TRABALHAMOS DESDE 2007 E LEVAMOS QUALIDADE E CARINHO A ESTA TERRA PELAS ONDAS DA INTERNET. FIQUEM À VONTADE E SIGAM CONOSCO!

No Facebook

Postagens mais visitadas