Links informativos

//// Visitar Lavras do Sul é se surpreender com um jeito peculiar e simples de levar a vida. Muitas vezes se diz que Lavras do Sul é uma grande família, por conta de sua hospitalidade entre os habitantes e para com os visitantes. Mesmo com seu tamanho de pequeno porte, possui atrações e eventos que atraem pessoas de diversos lugares e de todos os estilos, em todas as épocas do ano. Conhecendo Lavras do Sul, tu irás te surpreender. ///// Localizado na mesorregião do Sudoeste Rio-grandense e na microrregião da Campanha Meridional, a 320 quilômetros via rodoviária da Capital do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, o município de Lavras do Sul foi fundado em 9 de maio de 1882, emancipando-se de Caçapava do Sul. É o único município gaúcho com origem na mineração e na extração do ouro, mineral outrora abundante na região. Segundo dados do Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010, a população era de 7.679 habitantes. Seu território se estende por 2.600 km² e, as Coordenadas Geográficas da zona urbana são 30° 48' 41” S, 53° 54' 02” O. Divide-se em dois distritos: Sede (a leste) e Ibaré (a oeste).

Páginas

A imagem do dia (20/06/19)

A imagem do dia (20/06/19)
Igreja Matriz de Santo Antônio - 2018 (CRÉDITO: Murilo de Carvalho Góes)

segunda-feira, 29 de junho de 2015

TRADICIONALISMO: Venda de galeto do PTG Coração de Potro







O PTG Coração de Potro estará vendendo galeto no próximo domingo, 05/07, no valor de R$ 10,00 (incluindo coxa, sobrecoxa, salada e arroz). Reservas pelo Facebook dos integrantes do PTG ou pelo telefone (55) 3282 1408.

TRADICIONALISMO: Venda de galeto do PTG Coração de Potro




O PTG Coração de Potro estará vendendo galeto no próximo domingo, 05/07, no valor de R$ 10,00 (incluindo coxa, sobrecoxa, salada e arroz). Reservas pelo Facebook dos integrantes do PTG ou pelo telefone (55) 3282 1408.

domingo, 28 de junho de 2015

PAMPA GAÚCHO: Operação Fronteira Integrada (25/06)










Ações ocorreram em 30 municípios das regiões Sul, Campanha, Fronteira Oeste, Missões e Noroeste (Foto: Divulgação/SSP)

A Secretaria da Segurança Pública (SSP), em parceria com órgãos federais e municipais, realizou a segunda edição da Operação Fronteira Integrada. Os trabalhos, alinhados com a Estratégia Nacional de Segurança Pública nas Fronteiras (Enafron), ocorreram em 30 municípios das regiões Sul, Campanha, Fronteira Oeste, Missões e Noroeste, durante 24 horas, desde essa quinta-feira (25).

A ação teve como finalidade o combate ao tráfico de drogas, porte ilegal de armas, uso de munições e explosivos, contrabando e abigeato. Foi a primeira edição com a participação das Forças Armadas. A parceria com o Exército Brasileiro foi firmada em reunião entre o secretário Wantuir Jacini e o general José Carlos Cardoso, comandante da 3ª Divisão do Exército, em Santa Maria, ocorrida no último dia 19.

Foram realizadas 5.378 abordagens (3.342 pessoas e 2.036 veículos).  Cerca de 200 quilos de carne irregular foram retirados de circulação e sete animais vivos, recuperados. Os policiais e agentes envolvidos efetuaram 12 prisões, sendo 10 em flagrante, e cumpriram cinco mandados de busca e apreensão. A operação registrou ainda o recolhimento de 695 maços de cigarros, 30 armas de fogo com munição e cinco veículos.

O esforço envolveu 1.098 pessoas. Participaram profissionais dos órgãos vinculados à SSP (Brigada Militar, Polícia Civil, IGP e Susepe), da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, das Forças Armadas, da Receita Federal, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), de secretarias e guardas municipais.

Os municípios abrangidos foram Aceguá, Bagé, Barra do Quaraí, Dom Pedrito, Garruchos, Itaqui, Quaraí, Santana do Livramento, São Borja, Uruguaiana, Chuí, Herval, Jaguarão, Pedras Altas, Santa Vitória do Palmar, Alecrim, Crissiumal, Derrubadas, Dr. Maurício Cardoso, Esperança do Sul, Novo Machado, Pirapó, Porto Lucena, Porto Mauá, Porto Vera Cruz, Porto Xavier, Roque Gonzales, Tiradentes do Sul, Três Passos e São Nicolau.

FONTE:  Claiton Silva/Ascom-SSP / via Farrapo




PAMPA GAÚCHO: Operação Fronteira Integrada (25/06)






Ações ocorreram em 30 municípios das regiões Sul, Campanha, Fronteira Oeste, Missões e Noroeste (Foto: Divulgação/SSP)

A Secretaria da Segurança Pública (SSP), em parceria com órgãos federais e municipais, realizou a segunda edição da Operação Fronteira Integrada. Os trabalhos, alinhados com a Estratégia Nacional de Segurança Pública nas Fronteiras (Enafron), ocorreram em 30 municípios das regiões Sul, Campanha, Fronteira Oeste, Missões e Noroeste, durante 24 horas, desde essa quinta-feira (25).

A ação teve como finalidade o combate ao tráfico de drogas, porte ilegal de armas, uso de munições e explosivos, contrabando e abigeato. Foi a primeira edição com a participação das Forças Armadas. A parceria com o Exército Brasileiro foi firmada em reunião entre o secretário Wantuir Jacini e o general José Carlos Cardoso, comandante da 3ª Divisão do Exército, em Santa Maria, ocorrida no último dia 19.

Foram realizadas 5.378 abordagens (3.342 pessoas e 2.036 veículos).  Cerca de 200 quilos de carne irregular foram retirados de circulação e sete animais vivos, recuperados. Os policiais e agentes envolvidos efetuaram 12 prisões, sendo 10 em flagrante, e cumpriram cinco mandados de busca e apreensão. A operação registrou ainda o recolhimento de 695 maços de cigarros, 30 armas de fogo com munição e cinco veículos.

O esforço envolveu 1.098 pessoas. Participaram profissionais dos órgãos vinculados à SSP (Brigada Militar, Polícia Civil, IGP e Susepe), da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, das Forças Armadas, da Receita Federal, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), de secretarias e guardas municipais.

Os municípios abrangidos foram Aceguá, Bagé, Barra do Quaraí, Dom Pedrito, Garruchos, Itaqui, Quaraí, Santana do Livramento, São Borja, Uruguaiana, Chuí, Herval, Jaguarão, Pedras Altas, Santa Vitória do Palmar, Alecrim, Crissiumal, Derrubadas, Dr. Maurício Cardoso, Esperança do Sul, Novo Machado, Pirapó, Porto Lucena, Porto Mauá, Porto Vera Cruz, Porto Xavier, Roque Gonzales, Tiradentes do Sul, Três Passos e São Nicolau.

FONTE:  Claiton Silva/Ascom-SSP / via Farrapo

EDUCAÇÃO: Alunos do Curso Técnico em Contabilidade do I.E.E. Dr. Bulcão preparam-se para Formatura


Alunos formandos do Curso Técnico em Contabilidade do I.E.E. Dr. Bulcão realizaram sessão de fotos na tarde de hoje (28/06), na Praia do Paredão. A formatura do curso está marcada para o dia 22 de agosto.

FOTOS: Ani Beatriz Ferreira Carvalho (Facebook)










EDUCAÇÃO: Alunos do Curso Técnico em Contabilidade do I.E.E. Dr. Bulcão preparam-se para Formatura

Alunos formandos do Curso Técnico em Contabilidade do I.E.E. Dr. Bulcão realizaram sessão de fotos na tarde de hoje (28/06), na Praia do Paredão. A formatura do curso está marcada para o dia 22 de agosto.

FOTOS: Ani Beatriz Ferreira Carvalho (Facebook)




MEMÓRIA: Imagem antiga do Clube Comercial


Clube Comercial, construção de 1910. Arquivo pessoal do Sr. Rui Afonso Teixeira. Atenção para a porta principal na lateral do prédio. Que "fofa" que era a Praça Licínio Cardoso com aqueles banquinhos e vasos!

FONTE DAS INFORMAÇÕES: Rota do Ouro (Facebook)




MEMÓRIA: Imagem antiga do Clube Comercial

Clube Comercial, construção de 1910. Arquivo pessoal do Sr. Rui Afonso Teixeira. Atenção para a porta principal na lateral do prédio. Que "fofa" que era a Praça Licínio Cardoso com aqueles banquinhos e vasos!

FONTE DAS INFORMAÇÕES: Rota do Ouro (Facebook)


PAMPA GAÚCHO: Chegada do público para o Clássico Ba-Gua 419






FOTO: Eduardo Paganella (Twitter)

A partida foi vencida pelo Grêmio Esportivo Bagé por 2 a 1 e foi realizada na tarde de hoje (28/06), no Pedra Moura.

PAMPA GAÚCHO: Chegada do público para o Clássico Ba-Gua 419



FOTO: Eduardo Paganella (Twitter)

A partida foi vencida pelo Grêmio Esportivo Bagé por 2 a 1 e foi realizada na tarde de hoje (28/06), no Pedra Moura.

sábado, 27 de junho de 2015

RURAL: Cabanha Catallana, de Lavras do Sul, conquista o primeiro lugarem exposição morfológica de Chapecó/SC


A égua Canela da Catallana, da Cabanha Catallana, localizada no interior de Lavras do Sul, foi escolhida como o melhor exemplar e grande campeã da raça Crioula em exposição morfológica na cidade catarinense de Chapecó. Ao todo, a exposição teve a participação de 82 animais.

O trabalho em conjunto dos profissionais Felipe Silveira e Humberto Machado, assessores do criatório, foi um importante fator para esta conquista. Aos cuidados do Centro de Treinamento Xamã, em Bagé, desde os quatro meses, a égua é a primeira geração da cobertura que deu origem à mesma., sendo filha de RZ Sanguinário da Carapuça e de Campana Triguera e pertencendo ao criador e expositor Antônio de Moraes Valls.

Com a conquista no evento de Chapecó, o animal já conquistou o passaporte para a final de Morfologia, na Expointer 2015, em Esteio.

FONTE: Folha do Sul Gaúcho (com adaptações)
FOTO: Fagner Almeida




RURAL: Cabanha Catallana, de Lavras do Sul, conquista o primeiro lugarem exposição morfológica de Chapecó/SC

A égua Canela da Catallana, da Cabanha Catallana, localizada no interior de Lavras do Sul, foi escolhida como o melhor exemplar e grande campeã da raça Crioula em exposição morfológica na cidade catarinense de Chapecó. Ao todo, a exposição teve a participação de 82 animais.

O trabalho em conjunto dos profissionais Felipe Silveira e Humberto Machado, assessores do criatório, foi um importante fator para esta conquista. Aos cuidados do Centro de Treinamento Xamã, em Bagé, desde os quatro meses, a égua é a primeira geração da cobertura que deu origem à mesma., sendo filha de RZ Sanguinário da Carapuça e de Campana Triguera e pertencendo ao criador e expositor Antônio de Moraes Valls.

Com a conquista no evento de Chapecó, o animal já conquistou o passaporte para a final de Morfologia, na Expointer 2015, em Esteio.

FONTE: Folha do Sul Gaúcho (com adaptações)
FOTO: Fagner Almeida


Lavras do Sul, localizado no Pampa Gaúcho, a 170 km de Santa Maria, a 81 km de Bagé e a 320 km de Porto Alegre (Capital do Rio Grande do Sul), é um município com uma área de 2.600 km². Tem na pecuária e nos serviços as suas principais atividades econômicas. Teve origem na mineração (é o único município gaúcho surgido a partir da extração do ouro, mineral outrora abundante na região).O potencial para o turismo e o agronegócio em Lavras do Sul é crescente e vasto. Por ser um município de 133 anos de história e ter projeção em diversas áreas da sociedade, é conhecido por boa parte dos gaúchos.
Lavras do Sul é a terra de nomes de projeção internacional como o matemático Licínio Cardoso, o ator e diretor Paulo José, o político Glênio Peres e o jurista José Néri da Silveira.

A cultura gaúcha influencia nos hábitos, costumes e no sotaque dos habitantes locais. O Torneio Interblocos, o CarnaLavras, a ExpoLavras, o Ourodança, a Semana Farroupilha, o Aniversário do Município e a Ovinofest são alguns dos principais eventos realizados na cidade ao longo do ano.
Foi emancipado em 9 de maio de 1882 e elevado à categoria de cidade em 1938.
Encontra-se na região da Serra do Sudeste, no chamado Escudo Sul-Rio-Grandense.
A altitude da sede é de 277m, mas alguns pontos do Município chegam a mais de 400m. Na porção oeste do município, o chamado “Fundo”, há a paisagem característica da Campanha Gaúcha, com relevo mais plano, ondulado e com pouca vegetação. Na porção leste, o relevo é um pouco mais elevado.
O principal rio é o arroio Camaquã das Lavras, que banha a sede municipal e abriga a principal atração turística e de lazer da cidade, o Balneário do Paredão, que tem uma estrutura para abrigar turistas da região e é bastante movimentado nos meses de verão.
O clima é subtropical, com verões e invernos bastante rigorosos (pode chegar a 40º C no verão e 0º C, facilmente, no inverno, com várias geadas). O município tem área de cerca de 2 600 km². A população, segundo o IBGE, com dados de 2013, é de 7.862 habitantes.
A cidade originou-se de forma linear. A partir da década de 1960, houve uma expansão urbana da cidade, formando até mesmo alguns bairros afastados do centro. A topografia não é uniforme, com inúmeras partes elevadas, depressões e pequenos vales. O centro é separado do bairro do Balneário do Paredão por um declive mais acentuado do que o do lado deste, através do arroio Camaquã. A densidade demográfica é de 3,1 hab./km².
Os principais grupos étnicos formadores são os portugueses, espanhóis, belgas, italianos, alemães, negros e pardos.
A população lavrense é composta de 51% de mulheres e 49% de homens. Com relação à situação de domicílio, 62% dos habitantes vivem na zona urbana e 38% na zona Rural.
O predomínio religioso de Lavras é o Catolicismo, mas há também significativas comunidades evangélicas e espíritas. O padroeiro da cidade é Santo Antônio (13 de junho, feriado municipal). A Igreja Matriz de Santo Antônio é a mais importante e também cartão postal da cidade, localizado no centro.
O asfaltamento a Lavras via Caçapava só chegou em 1990. Para Bagé, não há ainda estrada asfaltada, sendo o asfaltamento desta bastante reivindicado pela sociedade lavrense e da região. Há uma linha férrea no distrito do Ibaré, no interior do município. O transporte por automóveis é o mais utilizado. Não há trânsito intenso, nem congestionamentos, apenas um certo movimento na ruas centrais João Bulcão e Pires Porto.
O ponto mais central da cidade é a Praça Licínio Cardoso, onde estão concentrados a Igreja e o tradicional Clube Comercial. É o ponto de encontro dos lavrenses, sobretudo dos jovens, nos finais de semana e no verão. A Praça das Bandeiras é outro importante local para eventos e ponto de encontro.
As principais atividades econômicas são: pecuária (ovinos e bovinos), comércio, serviços, turismo, produtos artesanais e mineração.
O Carnaval é o principal evento da cidade. Turistas de várias regiões do RS participam da folia, que dura cinco dias e seis noites. Mesmo sendo uma cidade pequena, Lavras conta com mais de 30 blocos carnavalescos.Há mais de 100 eventos na cidade durante o verão alusivos ao evento.
Lavras tem cinco rádios FM’s. A mais ouvida é a Pepita FM. A Internet se desenvolveu rapidamente nos últimos anos, via discada ou via rádio e, mais recentemente, via celular e 3G.
Aproximadamente 88% da população é alfabetizada. O lavrense se caracteriza por possuir um sotaque que o diferencia da maioria do RS: o “e” carregado. Exemplo: Eu sou “dê” Lavras”. É um povo hospitaleiro, pacífico.
Lavras têm um hospital, com estrutura básica. Não há grandes epidemias nem doenças que afetam a vida da população, a não ser em pequenos casos, com picadas de animais peçonhentos ou pequenos acidentes. A expectativa de vida é de 70,68 anos. A mortalidade infantil é de 10,87/mil nascidos vivos.
Lavras do Sul se localiza no extremo sul do Brasil, a cerca de 150 km da fronteira com o Uruguai. Faz divisa com sete municípios: Bagé (sudeste e sul), Dom Pedrito (sul, sudoeste e Oeste), São Gabriel (noroeste), Santa Margarida do Sul (norte), Vila Nova do Sul (norte), São Sepé (norte) e Caçapava do Sul (nordeste e leste). Situa-se em linha reta 1.780 km da Capital do país, Brasília, e 270 km em linha reta, da Capital Gaúcha (via rodoviária, são 320 km).
A sede municipal está localizada pelas coordenadas geográficas 30° 48' 57" Sul, 53° 53' 35" Oeste. A altitude média é de 300 metros, com cotas variando entre 260 e 390 metros; na zona rural, as altitudes variam entre 98 e 460 metros.

É o 22º maior município em área do Rio Grande do Sul, com extensão superior a de centros urbanos de grande porte, como São Paulo e Porto Alegre. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatítica aponta 2.600,61 km². A distância aproximada entre os pontos leste e oeste do Município é de 112 km.

O relevo é típico do Pampa Gaúcho, com coxilhas, campos e capões de mata espalhados por todo o território. Além da vegetação típica do Bioma Pampa, algumas áreas lavrenses apresentam exemplares de flora típico de biomas como Cerrado, Caatinga e Mata dos Pinhais.

Mais de 80% do território de campos nativos é preservado em Lavras do Sul, sendo nele aplicado a pecuária sustentável. O solo pedregoso do interior do Município dificulta a agricultura em grande escala, porém facilita a criação de gado, sobretudo ovino e bovino.

O clima de Lavras do Sul é subtropical úmido (segundo a classificação climática de Köppen-Geiger: Cfa). A temperatura média anual é de 18°C, com verões quentes e invernos rigorosos (ocorrência média de 15 geadas anuais, entre maio e setembro). As médias de chuva anuais estão entre 1.600 e 1.800 mm, não sendo descartados períodos esporádicos de estiagem. O fenônemo da cerração (neblina) é muito comum em Lavras do Sul, ocorrendo através da condensação do ar quente com o chão gelado das ruas.
Mais de 600 espécies de animais são encontradas no Município. Os principais exemplares silvestres da fauna são o zorriho, a ema (localmente chamada de avestruz), o tatu-mulita e o maçanico do banhado. Há um grande potencial de observação de pássaros nas fazendas lavrenses.
O principal curso d'água de Lavras do Sul é o Arroio Camaquã das Lavras, que percorre a Sede Municipal, e tem cerca de 40 km de extensão. Os Arroios do Jacques e Hilário, o próprio Camaquã das Lavras e o Camaquã-Chico dão origem ao Rio Camaquã, que desemboca na Laguna dos Patos.

Segundo o último censo do IBGE, realizado em 2010, Lavras do Sul possui 7.679 habitantes, sendo o 191º município gaúcho mais populoso de um total de 497.

Cerca de 63% da população lavrense vive na zona urbana. Na zona rural (que, segundo o IBGE, com dados de 2010, tinha 2.921 habitantes), a vila do Ibaré é o núcleo de maior população, com cerca de 800 habitantes. Outras comunidades estão espalhadas pelo território lavrense, como Passo dos Carros, João Câncio, Três Vendas, Quatro Estradas, Meia-Lua, Rincão dos Saraivas, Nazária, Mantiqueira, Cardosa, Rincão dos Jacques, Lagoão, São Domingos, Rincão dos Mota, Linhares, Saibro, Três Estradas, Taboleiro, Quilombola Corredor dos Munhós, Pontas do Salso e Jaguari.

Os bairros da Zona Urbana de Lavras do Sul são: Centro, Samuel Souza, Cerrito, Madezati (ou Bairro do Paredão), Dr. Bulcão, Olaria, Cohab, Promorar e Poty Medeiros.

Segundo a Fundação de Economia e Estatística do RS, a densidade demográfica de Lavras do Sul em 2013 é de 2,9 hab/km². Com dados de 2010, da mesma fonte, a taxa de analfabetismo de pessoas com 15 anos ou mais era de 9,18% e a expectativa de vida ao nascer era de 77,05 anos.

 


Exibir mapa ampliado

Imagem de Satélite de Lavras do Sul (Fonte: Google Maps)


Exibir mapa ampliado

Imagem de Satélite do Ibaré (Fonte: Google Maps)

 

Lavras do Sul, localizado no Pampa Gaúcho, a 170 km de Santa Maria, a 81 km de Bagé e a 320 km de Porto Alegre (Capital do Rio Grande do Sul), é um município com uma área de 2.600 km². Tem na pecuária e nos serviços as suas principais atividades econômicas. Teve origem na mineração (é o único município gaúcho surgido a partir da extração do ouro, mineral outrora abundante na região).O potencial para o turismo e o agronegócio em Lavras do Sul é crescente e vasto. Por ser um município de 133 anos de história e ter projeção em diversas áreas da sociedade, é conhecido por boa parte dos gaúchos.


Lavras do Sul é a terra de nomes de projeção internacional como o matemático Licínio Cardoso, o ator e diretor Paulo José, o político Glênio Peres e o jurista José Néri da Silveira.

A cultura gaúcha influencia nos hábitos, costumes e no sotaque dos habitantes locais. O Torneio Interblocos, o CarnaLavras, a ExpoLavras, o Ourodança, a Semana Farroupilha, o Aniversário do Município e a Ovinofest são alguns dos principais eventos realizados na cidade ao longo do ano.

Foi emancipado em 9 de maio de 1882 e elevado à categoria de cidade em 1938.


Encontra-se na região da Serra do Sudeste, no chamado Escudo Sul-Rio-Grandense.


A altitude da sede é de 277m, mas alguns pontos do Município chegam a mais de 400m. Na porção oeste do município, o chamado “Fundo”, há a paisagem característica da Campanha Gaúcha, com relevo mais plano, ondulado e com pouca vegetação. Na porção leste, o relevo é um pouco mais elevado.


O principal rio é o arroio Camaquã das Lavras, que banha a sede municipal e abriga a principal atração turística e de lazer da cidade, o Balneário do Paredão, que tem uma estrutura para abrigar turistas da região e é bastante movimentado nos meses de verão.


O clima é subtropical, com verões e invernos bastante rigorosos (pode chegar a 40º C no verão e 0º C, facilmente, no inverno, com várias geadas). O município tem área de cerca de 2 600 km². A população, segundo o IBGE, com dados de 2013, é de 7.862 habitantes.


A cidade originou-se de forma linear. A partir da década de 1960, houve uma expansão urbana da cidade, formando até mesmo alguns bairros afastados do centro. A topografia não é uniforme, com inúmeras partes elevadas, depressões e pequenos vales. O centro é separado do bairro do Balneário do Paredão por um declive mais acentuado do que o do lado deste, através do arroio Camaquã. A densidade demográfica é de 3,1 hab./km².


Os principais grupos étnicos formadores são os portugueses, espanhóis, belgas, italianos, alemães, negros e pardos.


A população lavrense é composta de 51% de mulheres e 49% de homens. Com relação à situação de domicílio, 62% dos habitantes vivem na zona urbana e 38% na zona Rural.


O predomínio religioso de Lavras é o Catolicismo, mas há também significativas comunidades evangélicas e espíritas. O padroeiro da cidade é Santo Antônio (13 de junho, feriado municipal). A Igreja Matriz de Santo Antônio é a mais importante e também cartão postal da cidade, localizado no centro.


O asfaltamento a Lavras via Caçapava só chegou em 1990. Para Bagé, não há ainda estrada asfaltada, sendo o asfaltamento desta bastante reivindicado pela sociedade lavrense e da região. Há uma linha férrea no distrito do Ibaré, no interior do município. O transporte por automóveis é o mais utilizado. Não há trânsito intenso, nem congestionamentos, apenas um certo movimento na ruas centrais João Bulcão e Pires Porto.


O ponto mais central da cidade é a Praça Licínio Cardoso, onde estão concentrados a Igreja e o tradicional Clube Comercial. É o ponto de encontro dos lavrenses, sobretudo dos jovens, nos finais de semana e no verão. A Praça das Bandeiras é outro importante local para eventos e ponto de encontro.


As principais atividades econômicas são: pecuária (ovinos e bovinos), comércio, serviços, turismo, produtos artesanais e mineração.


O Carnaval é o principal evento da cidade. Turistas de várias regiões do RS participam da folia, que dura cinco dias e seis noites. Mesmo sendo uma cidade pequena, Lavras conta com mais de 30 blocos carnavalescos.Há mais de 100 eventos na cidade durante o verão alusivos ao evento.


Lavras tem cinco rádios FM’s. A mais ouvida é a Pepita FM. A Internet se desenvolveu rapidamente nos últimos anos, via discada ou via rádio e, mais recentemente, via celular e 3G.


Aproximadamente 88% da população é alfabetizada. O lavrense se caracteriza por possuir um sotaque que o diferencia da maioria do RS: o “e” carregado. Exemplo: Eu sou “dê” Lavras”. É um povo hospitaleiro, pacífico.


Lavras têm um hospital, com estrutura básica. Não há grandes epidemias nem doenças que afetam a vida da população, a não ser em pequenos casos, com picadas de animais peçonhentos ou pequenos acidentes. A expectativa de vida é de 70,68 anos. A mortalidade infantil é de 10,87/mil nascidos vivos.


Lavras do Sul se localiza no extremo sul do Brasil, a cerca de 150 km da fronteira com o Uruguai. Faz divisa com sete municípios: Bagé (sudeste e sul), Dom Pedrito (sul, sudoeste e Oeste), São Gabriel (noroeste), Santa Margarida do Sul (norte), Vila Nova do Sul (norte), São Sepé (norte) e Caçapava do Sul (nordeste e leste). Situa-se em linha reta 1.780 km da Capital do país, Brasília, e 270 km em linha reta, da Capital Gaúcha (via rodoviária, são 320 km).


A sede municipal está localizada pelas coordenadas geográficas 30° 48' 57" Sul, 53° 53' 35" Oeste. A altitude média é de 300 metros, com cotas variando entre 260 e 390 metros; na zona rural, as altitudes variam entre 98 e 460 metros.

É o 22º maior município em área do Rio Grande do Sul, com extensão superior a de centros urbanos de grande porte, como São Paulo e Porto Alegre. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatítica aponta 2.600,61 km². A distância aproximada entre os pontos leste e oeste do Município é de 112 km.

O relevo é típico do Pampa Gaúcho, com coxilhas, campos e capões de mata espalhados por todo o território. Além da vegetação típica do Bioma Pampa, algumas áreas lavrenses apresentam exemplares de flora típico de biomas como Cerrado, Caatinga e Mata dos Pinhais.

Mais de 80% do território de campos nativos é preservado em Lavras do Sul, sendo nele aplicado a pecuária sustentável. O solo pedregoso do interior do Município dificulta a agricultura em grande escala, porém facilita a criação de gado, sobretudo ovino e bovino.

O clima de Lavras do Sul é subtropical úmido (segundo a classificação climática de Köppen-Geiger: Cfa). A temperatura média anual é de 18°C, com verões quentes e invernos rigorosos (ocorrência média de 15 geadas anuais, entre maio e setembro). As médias de chuva anuais estão entre 1.600 e 1.800 mm, não sendo descartados períodos esporádicos de estiagem. O fenônemo da cerração (neblina) é muito comum em Lavras do Sul, ocorrendo através da condensação do ar quente com o chão gelado das ruas.

Mais de 600 espécies de animais são encontradas no Município. Os principais exemplares silvestres da fauna são o zorriho, a ema (localmente chamada de avestruz), o tatu-mulita e o maçanico do banhado. Há um grande potencial de observação de pássaros nas fazendas lavrenses.


O principal curso d'água de Lavras do Sul é o Arroio Camaquã das Lavras, que percorre a Sede Municipal, e tem cerca de 40 km de extensão. Os Arroios do Jacques e Hilário, o próprio Camaquã das Lavras e o Camaquã-Chico dão origem ao Rio Camaquã, que desemboca na Laguna dos Patos.

Segundo o último censo do IBGE, realizado em 2010, Lavras do Sul possui 7.679 habitantes, sendo o 191º município gaúcho mais populoso de um total de 497.

Cerca de 63% da população lavrense vive na zona urbana. Na zona rural (que, segundo o IBGE, com dados de 2010, tinha 2.921 habitantes), a vila do Ibaré é o núcleo de maior população, com cerca de 800 habitantes. Outras comunidades estão espalhadas pelo território lavrense, como Passo dos Carros, João Câncio, Três Vendas, Quatro Estradas, Meia-Lua, Rincão dos Saraivas, Nazária, Mantiqueira, Cardosa, Rincão dos Jacques, Lagoão, São Domingos, Rincão dos Mota, Linhares, Saibro, Três Estradas, Taboleiro, Quilombola Corredor dos Munhós, Pontas do Salso e Jaguari.

Os bairros da Zona Urbana de Lavras do Sul são: Centro, Samuel Souza, Cerrito, Madezati (ou Bairro do Paredão), Dr. Bulcão, Olaria, Cohab, Promorar e Poty Medeiros.

Segundo a Fundação de Economia e Estatística do RS, a densidade demográfica de Lavras do Sul em 2013 é de 2,9 hab/km². Com dados de 2010, da mesma fonte, a taxa de analfabetismo de pessoas com 15 anos ou mais era de 9,18% e a expectativa de vida ao nascer era de 77,05 anos.

 


Exibir mapa ampliado

Imagem de Satélite de Lavras do Sul (Fonte: Google Maps)


Exibir mapa ampliado

Imagem de Satélite do Ibaré (Fonte: Google Maps)

 

EDUCAÇÃO: Festa Junina na Escola Licínio Cardoso (27/06)














FOTOS: Denise Delabary (Facebook)

EDUCAÇÃO: Festa Junina na Escola Licínio Cardoso (27/06)




FOTOS: Denise Delabary (Facebook)

RURAL: Informações expressas da pecuária em Lavras do Sul (Junho 2015)


* Primeira etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa teve 97% do rebanho (218.041 bovinos e bubalinos) vacinados em Lavras do Sul, segundo informações da Procergs e veiculadas pelo jornal Folha do Sul Gaúcho.

* A Associação dos Núcleos de Produtores de Terneiros de Corte - Sul (ANPTC) divulgou nesta semana as datas das feiras de primavera de terneiros, terneiras e vaquilhonas na região da Campanha. Em Lavras do Sul, as duas etapas da tradicional Feira de Terneiros ocorrerão em 3 de outubro e 3 de novembro.






RURAL: Informações expressas da pecuária em Lavras do Sul (Junho 2015)

* Primeira etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa teve 97% do rebanho (218.041 bovinos e bubalinos) vacinados em Lavras do Sul, segundo informações da Procergs e veiculadas pelo jornal Folha do Sul Gaúcho.

* A Associação dos Núcleos de Produtores de Terneiros de Corte - Sul (ANPTC) divulgou nesta semana as datas das feiras de primavera de terneiros, terneiras e vaquilhonas na região da Campanha. Em Lavras do Sul, as duas etapas da tradicional Feira de Terneiros ocorrerão em 3 de outubro e 3 de novembro.


ESPORTE E LAZER: Equipes lavrenses obtém bons resultados no futsal regional

O Independente de Lavras do Sul vem fazendo um significativo papel na Copa ABF adultos, que está sendo realizada todas as terça-feiras, desde o dia 16 deste mês, no Ginásio Militão, em Bagé. A equipe lavrense venceu os dois primeiros jogos (5 a 4 sobre o Celeste/York e 4 a 1 sobre o Sattel). As informações são da coluna Resumo Esportivo, de José Higino Gonçalves, para o jornal Folha do Sul Gaúcho.

Já a equipe da Game House conseguiu um importante empate em 3 a 3 em jogo amistoso contra o Chelsea Futebol Club, de São Sepé, na noite de ontem. O time sepeense é considerado um dos mais fortes da região, mas a equipe lavrense vem em constante crescimento.

foto1

sexta-feira, 26 de junho de 2015

LUGARES: Valorize e descubra as belezas do Ibaré

#IbaréBaitaTerra

FOTOS: Bruno Silveira (Facebook)

67

EDUCAÇÃO: Feira de Ciências na Escola Dr. Cláudio (26/06)



A prefeita em exercício, Fátima da Rosa Moreira e a secretária de turismo, Daniele Moreira, participaram acompanhando o secretário de educação, Leandro Lopes, na tarde desta sexta-feira (26), da Feira de Ciências da Escola Dr. Cláudio Teixeira Bulcão.



As crianças, muito bem instruídas por seus professores, fizeram as mais diversas experiências como transformar em cola um pedaço de isopor ou demonstrar o DNA com balas de goma.



FONTE DAS INFORMAÇÕES E DAS IMAGENS: Prefeitura de Lavras do Sul (Facebook)





EDUCAÇÃO: Feira de Ciências na Escola Dr. Cláudio (26/06)

A prefeita em exercício, Fátima da Rosa Moreira e a secretária de turismo, Daniele Moreira, participaram acompanhando o secretário de educação, Leandro Lopes, na tarde desta sexta-feira (26), da Feira de Ciências da Escola Dr. Cláudio Teixeira Bulcão.

As crianças, muito bem instruídas por seus professores, fizeram as mais diversas experiências como transformar em cola um pedaço de isopor ou demonstrar o DNA com balas de goma.

FONTE DAS INFORMAÇÕES E DAS IMAGENS: Prefeitura de Lavras do Sul (Facebook)


EDUCAÇÃO: Festa Junina na Escola Professora Helena Ferreira, na tarde de hoje (26/06)

[caption id="attachment_779" align="alignnone" width="646"]FOTO: Caroline Machado FOTO: Caroline Machado[/caption]

[caption id="attachment_780" align="alignnone" width="640"]FOTO: Marcia Machado FOTO: Marcia Machado[/caption]

EM TEMPO REAL: Palestra com a Deputada Estadual Miriam Marroni em Lavras do Sul (26/06)

Está sendo realizada nesta noite, no auditório do Instituto de Educação Dr. Bulcão, palestra com a Deputada Estadual Miriam Marroni (PT) sobre a redução da Maioridade Penal.

[caption id="attachment_775" align="aligncenter" width="640"]asasas FOTO: Ana Munhós[/caption]

 

[caption id="attachment_782" align="aligncenter" width="960"]FOTO: Denise Delabary FOTO: Denise Delabary[/caption]

SAÚDE: Contratação emergencial para a Fundação Médico Hospitalar Dr. Honor Teixeira da Costa

A prefeita em exercício, Fátima da Rosa Moreira, aprovou e sancionou a Lei Municipal nº 3.387/2015 que autoriza a contratação em caráter emergencial de 03 médicos plantonistas para a Fundação Médico Hospitalar Dr. Honor Teixeira da Costa. A fundação fica autorizada a contratar, pelo prazo de um ano, podendo ser renovado por mais um, em razão de excepcional interesse público, os médicos que atenderão uma demanda importante em nosso município. Os pagamentos serão feitos conforme os plantões realizados durante a semana, finais de semana e feriados de acordo com escala pré-estabelecida. As despesas correrão por conta da Fundação Médico Hospitalar Dr. Honor Teixeira da Costa e da Prefeitura de Lavras do Sul.

FONTE: Prefeitura de Lavras do Sul (Facebook)

i11

EM TEMPO REAL: Audiência Pública do Comitê do Plano de Bacia do RioSanta Maria


Neste momento, segundo a fan page da Câmara de Vereadores de Lavras do SUL no Facebook, ocorre no Plenário da Câmara Municipal de Vereadores, a Audiência Pública do Comitê do Plano de Bacia do Rio Santa Maria. Participam do evento os Vereadores: Milto Ferreira Vieira (PDT), Guto Bittencourt (PP), Eduardo Luongo (PSB) e Ari Schmitt (PMDB).










EM TEMPO REAL: Audiência Pública do Comitê do Plano de Bacia do RioSanta Maria

Neste momento, segundo a fan page da Câmara de Vereadores de Lavras do SUL no Facebook, ocorre no Plenário da Câmara Municipal de Vereadores, a Audiência Pública do Comitê do Plano de Bacia do Rio Santa Maria. Participam do evento os Vereadores: Milto Ferreira Vieira (PDT), Guto Bittencourt (PP), Eduardo Luongo (PSB) e Ari Schmitt (PMDB).




EVENTOS: Baile do NCCCLS (dia 25/07)






FONTE: Patrícia Camargo (Facebook)

EVENTOS: Baile do NCCCLS (dia 25/07)



FONTE: Patrícia Camargo (Facebook)

SEGURANÇA: Principais Ocorrências e atendimentos da Brigada Militar durante o período de 16 a 22/06/15

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL
SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA
BRIGADA MILITAR-CRPO-FO
6º R P MON-3º ESQUADRÃO
3º PELOTÃO LAVRAS DO SUL
Lavras do Sul, 24 de junho de 2015.
Principais Ocorrências e atendimentos da Brigada Militar durante o período de 16 a 22/06/15
-Na terça-feira (16/06), das 6 às 16h foi realizado Policiamento no Ibaré e Patrulhamento rural nas seguintes localidades: Quatro Estradas, Tabuleiro, Três Estradas. Os policiais militares atenderam vítima de abigeato, onde foram abatidos seis animais bovinos, sendo confeccionada comunicação de ocorrência policial.
-Na terça-feira (16/06), às 11h45, uma guarnição do 3º Pelotão abordou uma motocicleta preta, Honda CG 125 Fan, o condutor foi autuado por não possuir Carteira Nacional de Habilitação, a motocicleta recolhida ao depósito do Detran, sendo confeccionada comunicação de ocorrência policial ao proprietário do veículo.
-Na quinta-feira (18/06), às 12h10, uma guarnição do 3º Pelotão atendeu acidente de trânsito com danos materiais, envolvendo um veículo Fiat Palio e VW Saveiro.
-Na sexta-feira (19/06), às 18h45, uma guarnição do 3º Pelotão atendeu vítima de Descuido de animal, sendo confeccionada comunicação de ocorrência policial.
-No sábado (20/06), às 6h, foi solicitada a Brigada Militar, via fone 190, para comparecer próximo da praia do Paredão onde estava acontecendo um incêndio, chegando ao local a guarnição verificou que um veículo VW/Brasilia estava praticamente toda queimada, sendo localizado o proprietário, constatado então o  furto do veículo. A polícia civil compareceu para fazer levantamento fotográfico do local.
-Foram realizadas sete operações Abigeato, sendo realizado Patrulhamento Rural no 1º e 2º Distrito com barreira policial sendo fiscalizados quatro caminhões, dezesseis veículos, identificadas quarenta pessoas  e visitada dezessete propriedades rurais.
- Foram confeccionados onze Autos de Infração de Trânsito.
Roseli Graf Vieira – 1º Sgt QPM-1
Responsável Comunicação Social do 3º Pelotão da Brigada Militar

SEGURANÇA: Principais Ocorrências e atendimentos da Brigada Militar durante o período de 16 a 22/06/15

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL


SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA


BRIGADA MILITAR-CRPO-FO


6º R P MON-3º ESQUADRÃO


3º PELOTÃO LAVRAS DO SUL


Lavras do Sul, 24 de junho de 2015.


Principais Ocorrências e atendimentos da Brigada Militar durante o período de 16 a 22/06/15


-Na terça-feira (16/06), das 6 às 16h foi realizado Policiamento no Ibaré e Patrulhamento rural nas seguintes localidades: Quatro Estradas, Tabuleiro, Três Estradas. Os policiais militares atenderam vítima de abigeato, onde foram abatidos seis animais bovinos, sendo confeccionada comunicação de ocorrência policial.


-Na terça-feira (16/06), às 11h45, uma guarnição do 3º Pelotão abordou uma motocicleta preta, Honda CG 125 Fan, o condutor foi autuado por não possuir Carteira Nacional de Habilitação, a motocicleta recolhida ao depósito do Detran, sendo confeccionada comunicação de ocorrência policial ao proprietário do veículo.


-Na quinta-feira (18/06), às 12h10, uma guarnição do 3º Pelotão atendeu acidente de trânsito com danos materiais, envolvendo um veículo Fiat Palio e VW Saveiro.


-Na sexta-feira (19/06), às 18h45, uma guarnição do 3º Pelotão atendeu vítima de Descuido de animal, sendo confeccionada comunicação de ocorrência policial.


-No sábado (20/06), às 6h, foi solicitada a Brigada Militar, via fone 190, para comparecer próximo da praia do Paredão onde estava acontecendo um incêndio, chegando ao local a guarnição verificou que um veículo VW/Brasilia estava praticamente toda queimada, sendo localizado o proprietário, constatado então o  furto do veículo. A polícia civil compareceu para fazer levantamento fotográfico do local.


-Foram realizadas sete operações Abigeato, sendo realizado Patrulhamento Rural no 1º e 2º Distrito com barreira policial sendo fiscalizados quatro caminhões, dezesseis veículos, identificadas quarenta pessoas  e visitada dezessete propriedades rurais.


- Foram confeccionados onze Autos de Infração de Trânsito.


Roseli Graf Vieira – 1º Sgt QPM-1


Responsável Comunicação Social do 3º Pelotão da Brigada Militar

quinta-feira, 25 de junho de 2015

BIOMA PAMPA: Lançado em Porto Alegre o livro "Os Campos do Sul"

Importante obra sobre o Bioma Pampa e os campos sulinos foi lançada na tarde desta quinta-feira (25/06), no Museu da UFRGS em Porto Alegre. Coordenado pelo Professor Valério Pillar e pela bióloga Omara Lange, o livro "Os Campos do Sul" mostra, em linguagem acessível, diversas características dos campos do Sul do Brasil. O livro é gratuito e tem duas versões: impressa, que pode ser adquirida na universidade; e digital, que será disponibilizada em breve pela Internet.
Na página 126, por exemplo, o livro mostra uma foto de Lavras do Sul, de crédito do professor Valério Pillar.
IMG_20150625_205802

[gallery ids="748,753,752,751,750,749"]

FOTOS: Murilo Góes

AddToAny

Conheça Lavras do Sul!

O município gaúcho de Lavras do Sul está localizado a 324 km a sudoeste de Porto Alegre, entre Caçapava do Sul e Bagé, através de acessos pelas rodovias BR-290, BR-392 e ERS-357. Possui 7 679 habitantes, distribuídos em uma área de 2 600 km² (IBGE, 2010). Emancipado de Caçapava em 9 de maio de 1882, foi o único município gaúcho com origem na mineração do ouro. Possui as denominações carinhosas de "Pepita do Rio Grande" e "Terra do Ouro". Na atualidade, a economia se baseia na pecuária (principalmente bovinos e ovinos), comércio, fruticultura, lãs, indústrias artesanais e turismo. Tem como atrações turísticas principais a Igreja Matriz de Santo Antônio, a Praça Licinio Cardoso e o Camping Municipal (ou Praia do Paredão). O Carnaval lavrense é um dos maiores do Rio Grande do Sul e do Interior Brasileiro. Além do Carnaval, são realizadas as mais diversas festas e eventos ao longo do ano. Tudo consequência da alegria, da tranquilidade, da hospitalidade e da receptividade do povo lavrense.
A Sede está situada na latitude de 30°48’41”S e longitude 53°54’02” O. São dois os Distritos: o primeiro, Sede, com 1.240 km² aproximadamente; e o segundo, o Ibaré, com 1.360 km² aproximadamente.
A altitude média é de 300 metros acima do nível do mar (oficialmente ela está em 277 metros), mas em vários pontos, chega a 400, 450 metros. Nas regiões do extremo oeste do município, alcança apenas 98 m nas curvas do Rio Santa Maria.
Faz divisa com sete municípios: Vila Nova do Sul e Santa Margarida do Sul (norte), São Gabriel (norte e noroeste), Dom Pedrito (oeste, sul e sudoeste), Bagé (sudeste), Caçapava do Sul (leste e nordeste) e São Sepé (nordeste e norte). Até os anos 1980, havia uma pequena divisa com Rosário do Sul, que foi extinta devido a anexações aos municípios de Dom Pedrito e São Gabriel. O perímetro aproximado de divisas de Lavras do Sul é de 380 km. A distância entre os extremos leste-oeste é de cerca de 120 km.
Lavras do Sul está situada a 2.431 km de Brasília, Capital do Brasil, e a 641 km de Montevidéu, Capital do Uruguai. Localiza-se na faixa de fronteira.

SEJAM BEM-VINDOS(AS) AO BLOG INDEPENDENTE DE LAVRAS DO SUL/RS E REGIÃO. VISITEM NOSSA CIDADE E O PAMPA GAÚCHO EM QUALQUER ÉPOCA DO ANO. TRABALHAMOS DESDE 2007 E LEVAMOS QUALIDADE E CARINHO A ESTA TERRA PELAS ONDAS DA INTERNET. FIQUEM À VONTADE E SIGAM CONOSCO!

No Facebook

Postagens mais visitadas