Links informativos

//// Visitar Lavras do Sul é se surpreender com um jeito peculiar e simples de levar a vida. Muitas vezes se diz que Lavras do Sul é uma grande família, por conta de sua hospitalidade entre os habitantes e para com os visitantes. Mesmo com seu tamanho de pequeno porte, possui atrações e eventos que atraem pessoas de diversos lugares e de todos os estilos, em todas as épocas do ano. Conhecendo Lavras do Sul, tu irás te surpreender. ///// Localizado na mesorregião do Sudoeste Rio-grandense e na microrregião da Campanha Meridional, a 320 quilômetros via rodoviária da Capital do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, o município de Lavras do Sul foi fundado em 9 de maio de 1882, emancipando-se de Caçapava do Sul. É o único município gaúcho com origem na mineração e na extração do ouro, mineral outrora abundante na região. Segundo dados do Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010, a população era de 7.679 habitantes. Seu território se estende por 2.600 km² e, as Coordenadas Geográficas da zona urbana são 30° 48' 41” S, 53° 54' 02” O. Divide-se em dois distritos: Sede (a leste) e Ibaré (a oeste).

quarta-feira, 7 de maio de 2014

PAMPA GAÚCHO: 24ª Feira do Livro de Caçapava do Sul

A programação da 24ª edição da Feira do Livro de Caçapava do Sul está definida. O evento, que tem como patrona a escritora e presidente da Casa do Poeta, Felícia Teresinha Soares Lopes, inicia na sexta-feira, no dia 16 de maio e vai até 25, no Salão Paroquial.

A abertura da Feira é às 19 horas, com o toque de sineta pelos xerifes Denise Gervásio Burin e Luiz Hugo Burin. O Coral Municipal Caçapavano cantará os hinos e após, o grupo de percussão Ala Show, coordenados por Gilson Perdomo, homenageará a memória do professor Alexandre Severo. A cerimônia de transmissão do cargo de patrono de airton Ortiz para Felícia Lopes, está prevista para às 19h45min. Ainda, na programação, o Instituto Estadual do Livro (IEL) receberá uma homenagem.

O sábado, dia 17, será dedicado a patrona. Neste dia, o Grupo de Música Folclórica Italiana e Gaúcha Dal Sogno ala Realtá e o coral SEST/SENAT, de Pelotas, farão uma apresentação. Nesta noite, a feira terá a presença da escritora Vera RheingantzAbuchaim. 

Já o domingo, dia 18, a escritora Elma Sant’Ana será a homenageada. Será um dia para falar sobre a tradição e o folclore gaúcho. Na tarde haverá apresentações da invernada do CTG Família Nativista, do grupo de danças afro-brasileiras Clara Nunes. Às 19h20min, está prevista a apresentação do documentário da TV Ovo e do Ponto de Cultura “A Semi-lua e a Estrela” e após, palestra com Elma Sant’Ana, sobre a vida e a obra da heroína Anita Garibaldi e o lançamento do livro “Volta ao mundo em 500 poemas – 40 anos de estrada”, do editor e poeta Rossyr Berny.

Na segunda-feira, dia 19, pela manhã, acontece a oficina “Medicina e fé no universo feminino: parteiras e benzedeiras”, com Elma Sant’Ana, no IEE Dinarte Ribeiro. À tarde, a partir das 14 horas, terá a Hora do Conto, com a professora Lucilene Porto e à noite, homenagem ao escritor Élvio Vargas.

O dia 20, será dedicado à Contação de Histórias. Neste dia acontece a segunda parte da oficina e palestra com Élvio Vargas, no Salão Paroquial. À noite, a escritora Gládis Pedersen será saudada e falará sobre “A Linguagem Simbólica da Literatura e a Construção da Identidade Moral na Criança e no Jovem”. Logo após, é a vez do escritor Walmor Santos, que fará uma palestra abordando o tema “É preciso sonhar para ser feliz”.

Na quarta-feira, o escritor ministra oficina no IEE Dinarte Ribeiro. Durante o dia 21, os escritores Walmor Santos e Gládis Pedersen terão atividades na Feira do Livro. À noite, a psicóloga e escritora, Adriana Rocco falará sobre “Desenvolvimento Psicológico Infantil – a arte de criar futuros”.

O dia 22 será dedicado ao conto. Neste dia o projeto Baú da Leitura estará na feira. O baú proporciona a troca de livros, entrega um título e leva outro para casa. Às 17 horas, será realizado um culto ecumênico no Salão Paroquial, às 19 hs, sessão solene na Câmara de Vereadores e às 20 hs apresentação do Coral Municipal Infanto Juvenil. Nesta noite, a homenageada será a escritora Jane Tutikian.

A sexta-feira, será para a crônica. O escritor Rafael Guimaraens realiza oficina. Ele e a escritora Jane Tutikian terão diversas atividades neste dia. À noite, o escritor falará sobre “A importância da leitura no desenvolvimento da imaginação”.

O sábado, dia 24 será dedicado aos escritores caçapavanos e convidados: Binoca Walmarath, Carlos Leão, Ercília Garcia Luiz, Gujo Teixeira, Ivan Pessoa, Luiz Hugo Burin, Maria Barbiero Venite, Tatiane Tavares Leão e Taugo Costa. De tarde, está programado diversas apresentações artísticas e às 18hs apresentação da Banda Municipal Dr. Cyro Carlos de Melo, em frente ao Salão Paroquial. À noite, a comunidade cultural caçapavana presta homenagem à Sociedade dos Amigos de Caçapava do Sul (SACS).

No dia 25, último dia de feira, acontece o almoço “Homens na Cozinha”, promovido pelo Lions Clube. A partir das 16 horas apresentações artísticas, às 19hs momento musical com Enio Dias e Pedro Porto. À noite, o economista Darcy Francisco Carvalho dos Santos será homenageado. Após, apresentação do sarau poético, organizado pela Casa do Poeta, Ponto de Cultura, Secultur, Unipampa e Cine Clube Vagalume, em homenagem a Lupicínio Rodrigues. O fechamento dos estantes e encerramento da feira, está previsto para as 22 horas.

FONTE: Gazeta de Caçapava / via Farrapo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny

Conheça Lavras do Sul!

O município gaúcho de Lavras do Sul está localizado a 324 km a sudoeste de Porto Alegre, entre Caçapava do Sul e Bagé, através de acessos pelas rodovias BR-290, BR-392 e ERS-357. Possui 7 679 habitantes, distribuídos em uma área de 2 600 km² (IBGE, 2010). Emancipado de Caçapava em 9 de maio de 1882, foi o único município gaúcho com origem na mineração do ouro. Possui as denominações carinhosas de "Pepita do Rio Grande" e "Terra do Ouro". Na atualidade, a economia se baseia na pecuária (principalmente bovinos e ovinos), comércio, fruticultura, lãs, indústrias artesanais e turismo. Tem como atrações turísticas principais a Igreja Matriz de Santo Antônio, a Praça Licinio Cardoso e o Camping Municipal (ou Praia do Paredão). O Carnaval lavrense é um dos maiores do Rio Grande do Sul e do Interior Brasileiro. Além do Carnaval, são realizadas as mais diversas festas e eventos ao longo do ano. Tudo consequência da alegria, da tranquilidade, da hospitalidade e da receptividade do povo lavrense.
A Sede está situada na latitude de 30°48’41”S e longitude 53°54’02” O. São dois os Distritos: o primeiro, Sede, com 1.240 km² aproximadamente; e o segundo, o Ibaré, com 1.360 km² aproximadamente.
A altitude média é de 300 metros acima do nível do mar (oficialmente ela está em 277 metros), mas em vários pontos, chega a 400, 450 metros. Nas regiões do extremo oeste do município, alcança apenas 98 m nas curvas do Rio Santa Maria.
Faz divisa com sete municípios: Vila Nova do Sul e Santa Margarida do Sul (norte), São Gabriel (norte e noroeste), Dom Pedrito (oeste, sul e sudoeste), Bagé (sudeste), Caçapava do Sul (leste e nordeste) e São Sepé (nordeste e norte). Até os anos 1980, havia uma pequena divisa com Rosário do Sul, que foi extinta devido a anexações aos municípios de Dom Pedrito e São Gabriel. O perímetro aproximado de divisas de Lavras do Sul é de 380 km. A distância entre os extremos leste-oeste é de cerca de 120 km.
Lavras do Sul está situada a 2.431 km de Brasília, Capital do Brasil, e a 641 km de Montevidéu, Capital do Uruguai. Localiza-se na faixa de fronteira.

SEJAM BEM-VINDOS(AS) AO BLOG INDEPENDENTE DE LAVRAS DO SUL/RS E REGIÃO. VISITEM NOSSA CIDADE E O PAMPA GAÚCHO EM QUALQUER ÉPOCA DO ANO. TRABALHAMOS DESDE 2007 E LEVAMOS QUALIDADE E CARINHO A ESTA TERRA PELAS ONDAS DA INTERNET. FIQUEM À VONTADE E SIGAM CONOSCO!

No Facebook

Postagens mais visitadas