Links informativos

//// Visitar Lavras do Sul é se surpreender com um jeito peculiar e simples de levar a vida. Muitas vezes se diz que Lavras do Sul é uma grande família, por conta de sua hospitalidade entre os habitantes e para com os visitantes. Mesmo com seu tamanho de pequeno porte, possui atrações e eventos que atraem pessoas de diversos lugares e de todos os estilos, em todas as épocas do ano. Conhecendo Lavras do Sul, tu irás te surpreender. ///// Localizado na mesorregião do Sudoeste Rio-grandense e na microrregião da Campanha Meridional, a 320 quilômetros via rodoviária da Capital do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, o município de Lavras do Sul foi fundado em 9 de maio de 1882, emancipando-se de Caçapava do Sul. É o único município gaúcho com origem na mineração e na extração do ouro, mineral outrora abundante na região. Segundo dados do Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010, a população era de 7.679 habitantes. Seu território se estende por 2.600 km² e, as Coordenadas Geográficas da zona urbana são 30° 48' 41” S, 53° 54' 02” O. Divide-se em dois distritos: Sede (a leste) e Ibaré (a oeste).

Páginas

A imagem do dia (20/06/19)

A imagem do dia (20/06/19)
Igreja Matriz de Santo Antônio - 2018 (CRÉDITO: Murilo de Carvalho Góes)

segunda-feira, 31 de março de 2014

RELIGIÃO: Palestra na Sociedade de Estudos Espíritas Adolfo Bezerra de Meneses

Sociedade de Estudos Espíritas Adolfo Bezerra de Meneses convida:
Palestra Pública:
Tema:Suicidio , Solução Enganosa
Palestrante: Ana Ursula Abascal
Hora:20h
Dia:1 de abril 2014

FONTE: Ana Ursula Abascal (Facebook)




PAMPA GAÚCHO: Ouça a NovaFM Bagé pela Internet

CALENDÁRIO: Datas comemorativas do mês de abril


1 ter Dia da Mentira
02 qua Dia do Propagandista
02 qua Dia Mundial da Conscientização do Autismo
02 qua Dia Internacional do Livro Infantil
04 sex Dia Nacional do Parkinsoniano
07 seg Dia do Corretor
07 seg Dia do Jornalista
07 seg Dia Mundial da Saúde
07 seg Dia do Médico Legista
08 ter Dia da Natação
08 ter Dia Mundial do Combate ao Câncer
08 ter Dia Mundial da Astronomia
08 ter Dia Nacional do Sistema Braille
09 qua Dia Nacional do Aço
10 qui Dia da Engenharia
11 sex Dia do Infectologista
11 sex Dia da Escola de Samba
12 sáb Dia do Obstetra
13 dom Dia do Office-Boy
13 dom Dia Internacional do Beijo
13 dom Dia do Hino Nacional Brasileiro
13 dom Dia do Jovem
13 dom Dia da Carta Régia
13 dom Domingo de Ramos
14 seg Dia Mundial do Café
15 ter Dia Mundial do Desenhista
15 ter Dia Nacional da Conservação do Solo
15 ter Dia do Desarmamento Infantil
16 qua Dia Mundial da Voz
17 qui Dia do Lojista de CD
17 qui Dia Internacional de Luta dos Trabalhadores do Campo
17 qui Dia Mundial do Hemofílico
18 sex Dia de Monteiro Lobato
18 sex Dia Nacional do Livro Infantil
18 sex Sexta-Feira Santa
19 sáb Dia do Índio
19 sáb Dia do Exército Brasileiro
20 dom Dia do Diplomata
20 dom Dia do Disco
20 dom Domingo de Páscoa
21 seg Tiradentes
21 seg Dia do Metalúrgico
21 seg Dia da Latinidade
21 seg Dia da Polícia Civil
21 seg Dia da Polícia Militar
21 seg Dia do Têxtil
22 ter Descobrimento do Brasil
22 ter Dia da Terra
22 ter Dia da Força Aérea Brasileira
22 ter Dia da Comunidade Luso-Brasileira
23 qua Dia de São Jorge
23 qua Dia Mundial do Escoteiro
23 qua Dia do Serralheiro
23 qua Dia Mundial do Livro
24 qui Dia do Penitenciário
24 qui Dia do Agente de Viagem
24 qui Dia do Samurai
24 qui Dia do Boi
24 qui Dia do Chimarrão
24 qui Dia Internacional do Jovem Trabalhador
24 qui Dia Internacional do Milho
25 sex Dia da Contabilidade
26 sáb Dia do Goleiro
26 sáb Dia de Prevenção e Combate à Hipertensão
27 dom Dia da Empregada Doméstica
27 dom Dia Mundial do Design Gráfico
27 dom Dia do Sacerdote
28 seg Dia da Educação
28 seg Dia da Sogra
29 ter Dia Internacional da Dança
30 qua Dia do Ferroviário

FONTES: http://www.calendarr.com/brasil/calendario-abril-2014/ e http://www.datascomemorativas.me/2014/4, acessados em 31/03/2014

PAMPA GAÚCHO: São Gabriel vence o Bagé pela Terceirona Gaúcha

Em um jogo que começou equilibrado mas depois um lado só imperou na partida, o São Gabriel enfrentou o Bagé e aplicou uma goleada histórica, no primeiro jogo entre as equipes e valendo pela Terceirona do Gauchão. Com propriedade, o time treinado por Carlos Moraes administrou, não deu espaço e goleou o jalde-negro da Rainha da Fronteira por 5 a 0, na noite deste domingo (30), no Estádio Sílvio de Faria Corrêa.

FONTE DAS INFORMAÇÕES E DA IMAGEM: Marcelo Ribeiro (Blog Caderno 7).


domingo, 30 de março de 2014

SOCIEDADE: Atendimento do Cartório Eleitoral em Lavras do Sul

ATENÇÃO: Dia 02 de abril, quarta-feira, a partir das 9h, o Cartório Eleitoral estará prestando atendimento em Lavras, na Câmara de Vereadores. Portanto, a quem estava esperando por esta oportunidade para providenciar seu título eleitoral e segunda via, fica a sugestão.

ESPORTE E LAZER: Gre-Nal 400

Realizado na tarde de hoje, na Arena, em Porto Alegre, o primeiro jogo da decisão do Gauchão 2014 teve o placar final de 2 a 1 para o Internacional sobre o Grêmio. Gols de Barcos (Gre) e Rafael Moura (Int - 2 vezes).

MEMÓRIA: Lavras do Sul em 2006













MEMÓRIA: Lavras do Sul em 1982, ano de seu Centenário







FOTOS: Livro do Centenário de Lavras do Sul, 1982

sábado, 29 de março de 2014

MAPAS: Lavras do Sul em diferentes escalas regionais (IBGE, 2009)






ECONOMIA: Introdução à Economia do Município de Lavras do Sul (texto de 2009)

As principais atividades econômicas de Lavras do Sul são a pecuária (ovinos e bovinos, para extração de couro e abate), comércio e serviços (mais de 200 estabelecimentos comerciais) e o turismo, praticado em pequena escala. A agricultura possui considerável importância, principalmente no que diz respeito ao plantio de soja e arroz. Existem, ainda, focos de fruticultura, em sua maioria em pequena escala.

Há décadas a mineração deixou de ser explorada, muito embora existam pesquisas indicando grandes jazidas de minério, como calcário e talco, localizadas no interior do município.

No que diz respeito à produção industrial, Lavras do Sul sofre com as dificuldades inerentes à metade sul do estado do Rio Grande do Sul. Há escassez de recursos enviados pelos governos federal e estadual, o que dificulta qualquer empreendimento na região. Atualmente, não há nenhuma indústria de grande porte em atividade no município. Entretanto, microempresas como a Tecelagem Lavrense (especializada na produção de peças de vestuário a base de lã de ovelha) e a Sabor da Terra (que produz doces, salgados artesanais e o Café Campeiro, em eventos especiais).


Número de empresas (FEE-RS/IBGE, 2004)

• Unidades locais de agricultura, pecuária, silvicultura e exportação: 5 (pessoas ocupadas: 21)
• Indústrias de transformação: 8 (pessoas ocupadas: 9)
• Unidades de produção e distribuição de eletricidade, gás e água (pessoas ocupadas: 12)
• Unidades de construção: 3 (pessoas ocupadas: 3)
• Estabelecimentos comerciais: 187 (pessoas ocupadas: 286) 
• Estabelecimentos de alojamento e alimentação: 20 (pessoas ocupadas: 28)
• Estabelecimentos de transporte, armazenagem e comunicações: 5 (pessoas ocupadas: 12)
• Estabelecimentos de intermediação financeira: 2 
• Estabelecimentos de atividades imobiliárias, aluguéis e serviços às empresas: 19 (pessoas ocupadas: 42) 
• Serviços de administração pública, defesa e seguridade social: 7 (pessoas ocupadas: 345)
• Serviços de Educação: 3 
• Serviços de Saúde: 9
• Outros serviços: 35 (pessoas ocupadas: 40)


Arrecadação de tributos (1998)

• Federais = R$ 397.963,00
• Estaduais = R$ 285.862,38
• Municipais = R$ 202.942,78


Arrecadação de impostos em 2009 (de 1°/01 a 1°/06)
• R$ 7.815.000,00 (número aproximado).
  Produto Interno Bruto (em U$$)
• 1982: 14.872.026,00
• 1990: 21.139.399,00
• 1995: 33.056.421,00

 Produto Interno Bruto (em R$)
• 1996: 43.076.750,00
• 1997: 44.955.688,00
• 1998: 44.664.876,00
• 2001: 54.778.000,00
• 2003: 64.650.000,00
• 2004: 78.025.000,00
• 2005: 82.309.000,00O Produto Interno Bruto de Lavras do Sul em 2006 está calculado, segundo a FEE-RS, em R$ 87.434.000,00

Valor Adicionado
• Valor adicionado na agropecuária (2004): R$ 76.321.000,00
• Valor adicionado na indústria (2002): R$ 88.777,00
• Valor adicionado nos serviços (2002): R$ 30.654.911,00



Valor Adicionado (IBGE e FEE/RS, 2006)


PIB per capita (em R$)
• 1996: 5.616,00
• 1997: 5.717,00
• 1998: 6.248,00
• 2001: 6.932,00
• 2003: 8.267,00
• 2004: 10.082,00

• 2005: 10.749,00
Em 2006, o PIB per capita de Lavras do Sul estava estimado em U$$ 3.809,80, aproximadamente R$ 11.541,00.


GLOSSÁRIO

Impostos / Tributos. Quantias em dinheiro, pagas obrigatoriamente por pessoas, empresas ou organizações a um governo (Federal, Estadual ou Prefeitura), a partir da ocorrência de um fato que gere um determinado valor (em forma proporcional), a chamada alíquota. Em teoria, os recursos arrecadados pelos governos são revertidos para o bem comum, para investimentos (tais como infraestrutura: estradas, portos, aeroportos, etc.) e custeio de bens e serviços públicos, como saúde, segurança e educação. Embora a lei obrigue os governos a destinarem parcelas mínimas da arrecadação a certos seviços públicos - em especial de educação e saúde -, o pagamento de impostos não confere ao contribuinte qualquer garantia de retorno. 

 Intermediação financeira. Captação de recursos junto à unidades de economia com maior reserva e lucro (superavitárias) com o objetivo de repassá-las a unidades de economia deficitárias (ou seja, com dificuldades de lucro e financeiras).

 Produto Interno Bruto (PIB). Representa a soma (em valores monetários) de todos os bens e serviços finais produzidos numa determinada região (quer seja, países, estados, cidades), durante um período determinado (mês, trimestre, ano, etc). O PIB é um dos indicadores mais utilizados na macroeconomia com o objetivo de mensurar a atividade econômica de uma região. Na contagem do PIB, considera-se apenas bens e serviços finais, excluindo da conta todos os bens de consumo de intermediário (insumos). Isso é feito com o intuito de evitar o problema da dupla contagem, quando valores gerados na cadeia de produção aparecem contados duas vezes na soma do PIB.

PIB per capita. Índice econômico baseado no valor total de bens e serviços produzidos por uma determinada região em um determinado ano (neste exemplo, estamos utilizando o valor em reais), dividido pelo número absoluto (total) de habitantes. Na nossa demonstração, concluimos que é o valor total de bens e serviços produzido pelo Município em 2007 (U$$ 30.916.492,15), dividido pelo número total de habitantes (8 115).


Silvicultura. É a ciência dedicada ao estudo dos métodos naturais e artificiais de regeneração e aproveitamento das florestas, com o propósito de atender às necessidades do mercado e, ao mesmo tempo, é aplicação desse estudo para a manutenção, o aproveitamento e o uso racional das florestas. Também está relacionada à cultura madeireira, além de auxiliar na recuperação das florestas através do plantio de espécies nativas, preferencialmente regionais, de forma a ampliar as possibilidades de manutenção dos biomas locais visando a recuperação de recursos hídricos e manutenção de biodiversidade, de forma a aumentar a eficiência do processo.



Valor adicionado. Noção que permite medir o valor criado por um agente econômico. É o valor adicional que adquirem os bens e serviços ao serem transformados durante o processo de produção. Num patamar mais amplo, é o valor dos bens produzidos por uma economia, descontados os custos dos insumos (elementos como matérias-primas, serviços intermediários etc.) uilizados na produção econômica de um determinado lugar.








CULTURA: Regionalismos de Lavras do Sul

Diferentemente das gírias (que são efêmeras e pertencentes a uma dada época), os regionalismos são expressões locais que acabam enraizadas na linguagem cotidiana da população de um determinado lugar.
O lavrense utiliza diversas expressões oriundas do castelhano ou são adaptações e transformações de palavras de outros regionalismos, como Borracho (bêbado); pelego (couro de ovelha), bolita (bola de gude), pila (dinheiro), mandioca (em Porto Alegre, aipim), terneiro, bezerro (filhotes de gado), atracar (ir com muita vontade), e outras. É óbvio, também, que existem diversas gírias, entendidas apenas pelos nativos (o livro Lavras do Sul, na Bateia do Tempo, de Edilberto Teixeira, apresenta mais de 150, de diferentes épocas da história do município). Entretanto, pode-se estimar que o "dialeto lavrense" poder ter mais de 2 500 expressões. 

Alguns exemplos de regionalismos e expressões locais bastante utilizados pela população lavrense, acompanhados de observações

  • ATRACAR - Ir com muita vontade, com exagero: Filho, não te atraca nesse negócio!
  • BAITA - grande, enorme, de grande dimensão, de grande tamanho: Mas que baita chuva passou hoje de madrugada.
  • BEM DE BEM - Tudo ótimo, tudo tranquilo, tudo bem: Eu estou bem de bem, e tu?
  • BORRACHO - Bêbado, sob o efeito de álcool: Passou borracho a noite inteira.
  • CÁ DE LAVRAS - Típico de Lavras de Sul, dos lados do território de Lavras do Sul, pertencente a Lavras do Sul, que é de Lavras do Sul, aqui em Lavras do Sul: Cá de Lavras, se sente a paz e tranquilidade da Fronteira. A expressão é utilizada por diversos tradicionailistas locais, como o jovem Murilo Teixeira.
  • DAS LAVRA - Que é de Lavras do Sul, relativo a Lavras do Sul: Eu sou das Lavras com muito orgulho. Pode ser escrito ou falado tanto "das lavra" quanto "das lavras".
  • DE CAPA - Belo, bonito, formoso, muito bem elaborado: Esta carne de ovelha está de capa!
  • DOM PEDRITO - Setor ampliado do salão do Clube Comercial nos Anos 1980.
  • FOGO - Bebedeira, porre: Que fogo tomou aquele homem, meu Deus do céu!
  • GUABIROBA - Bebedeira, porre: Todo mundo estava naquela festa numa baita guabiroba a noite inteira.
  • LAVRINHA - Apelido carinhoso a Lavras do Sul.
  • LOCO - Esta expressão apresenta-se de forma figurativa, quer dizer "rapaz", "cara", "meu": E aí, loco? Foste lá no Clube, ontem?.
  • MANDIOCA - Aipim, macaxeira
  • MARA - Expressão muito utilizada pelas garotas adolescentes da cidade para dizer que está tudo ótimo: A festa de hoje à noite vai ser mara!. O termo foi consolidado a partir de uma frase bastante usada (bordão) no seriado Toma Lá Da Cá, da Rede Globo.
  • MATE - Chimarrão: Tchê, me dá um mate?
  • PILA - Dinheiro: A janta na Telurica custou vinte pilas. É falado, geralmente, no singular ("vinte pila")
  • QUINQUINCUERA DE LATINCUERA - Antiga saudação noturna de serenatas (cantorias à noite) do Bloco Vai de Qualquer Geito (VG).
  • TERRINHA - Apelido carinhoso a Lavras do Sul
  • TITITI - Tipo de sanduíche com catchup, muito apreciado e que só existe no Telurica Bar, no centro da cidade.
  • VEM TE METÊ - Expressão que quer dizer algo como "atreva-se", "arrisque-se" ou então "aproveite"


sexta-feira, 28 de março de 2014

SERVIÇO: Temperus Bar passa a se chamar Mano Lanches



FOTOS: Carlos Eduardo Morocini (Facebook)

DADOS: Pirâmide etária de Lavras do Sul (IBGE, 2010)


PAMPA GAÚCHO: Dados Básicos dos principais municípios da Região

Aceguá
Área: 1.502,17 km²
População (2009): 4.347 hab
Densidade Demográfica: 2,7 hab/km²
Altitude: 266 m
Distância a Porto Alegre: 440 km
PIB: R$ 76.502.000,00
Expectativa de vida: sem dados
Taxa de mortalidade infantil: sem dados
Taxa de analfabetismo: sem dados
Aceguá faz divisa com o Uruguai, e está distante a meio caminho entre Bagé e a cidade uruguaia de Melo.

Bagé
Área: 4.095,5 km²
População (2008): 114.408 hab
Densidade Demográfica: 27,9 hab/km²
Altitude: 212 m
Distância a Porto Alegre: 374 km
PIB: R$ 1.024.464.000,00
Expectativa de vida: 70,68 anos
Taxa de mortalidade infantil: 17,74 por mil nascidos vivos
Taxa de analfabetismo: 7,74%
É um importante centro comercial da região, além de ser grande produtor de gado, carne e arroz.

Caçapava do Sul
Área: 3.047,120 km²
População (2008): 33.060 hab
Densidade Demográfica: 10,9 hab/km²
Altitude: 440 m
Distância a Porto Alegre: 260 km
PIB: R$ 331.973.000,00
Expectativa de vida: 70,72 anos
Taxa de mortalidade infantil: 12,72 por mil nascidos vivos
Taxa de analfabetismo: 12,12%
Segunda Capital Farroupilha; possui grandes reservas minerais e de calcário; possui agropecuária desenvolvida e belas formações rochosas, como as Guaritas e a Pedra do Segredo. As Minas do Camaquã, vila que surgiu graças à mineração do cobre, é outra atração turística do município.

Cacequi
Área: 2.370 km²
População (2008): 13.878 hab
Densidade Demográfica: 5,9 hab/km²
Altitude: 103 m
Distância a Porto Alegre: 407 km
PIB: R$ 143.660.000,00
Expectativa de vida: 68,62 anos
Taxa de mortalidade infantil: 17,14 por mil nascidos vivos
Taxa de analfabetismo: 11,00%
Possui um aeroporto e uma grande ponte férrea. É conhecida como a Terra da Melancia

Cachoeira do Sul
Área: 3.735,167 km²
População (2008): 86 214 hab
Densidade Demográfica: 23,1 hab/km²
Altitude: 26 m
Distância a Porto Alegre: 196 km
PIB: R$ 690.396.000,00
Expectativa de vida: 70,95 anos
Taxa de mortalidade infantil: 22,18 por mil nascidos vivos
Taxa de analfabetismo: 10,26%
Destaca-se pela produção de arroz e por ser um centro arquitetônico e universitário.

Candiota
Área: 933,8 km²
População (2008): 8 209 hab
Densidade Demográfica: 8,9 hab/km²
Altitude: 220 m
Distância a Porto Alegre: 420 km
PIB: R$ 230.416.000,00
Expectativa de vida: 75,20 anos
Taxa de mortalidade infantil: 54,05 por mil nascidos vivos
Taxa de analfabetismo: 7,66 %
Possui a Termelétrica Presidente Médici, uma das maiores do Brasil, além de grandes reservas de carvão.

Dom Pedrito
Área: 5.192,1 km²
População (2008): 38.906 hab
Densidade Demográfica: 7,5 hab/km²
Altitude: 141 m
Distância a Porto Alegre: 441 km
PIB: R$ 465.711.000,00
Expectativa de vida: 70,68 anos
Taxa de mortalidade infantil: 11,21 por mil nascidos vivos
Taxa de analfabetismo: 8,75%
Destaca-se pela agropecuária. Possui pastagens e paisagem planas.

Hulha Negra
Área: 822,9 km²
População (2008): 6.087 hab
Densidade Demográfica: 7,4 hab/km²
Altitude: 196 m
Distância a Porto Alegre: 374 km
PIB: R$ 67.729.000,00
Expectativa de vida: 70,68 anos
Taxa de mortalidade infantil: sem dados
Taxa de analfabetismo: 12,30%
Possui forte pecuária e reservas de carvão.

Lavras do Sul
Área: 2.599,8 km²
População (2009): 8.399 hab
Densidade Demográfica: 3,2 hab/km²
Altitude: 277 m
Distância a Porto Alegre: 320 km
PIB: R$ 114.692.000,00
Expectativa de vida: 70,68 anos
Taxa de mortalidade infantil: 10,31 por mil nascidos vivos
Taxa de analfabetismo: 12,16%
Município que surgiu através da mineração do ouro (o único no Estado). Tem atrações turísticas baseadas no turismo rural e de eventos locais, como o Carnaval. A pecuária é a mais importante atividade econômica, juntamente com a agroindústria.

Pinheiro Machado
Área: 2.227,9 km²
População (2009): 13.094 hab
Densidade Demográfica: 5,9 hab/km²
Altitude: 436 m
Distância a Porto Alegre: 370 km
PIB: R$ 124.532.000,00
Expectativa de vida: 68,03 anos
Taxa de mortalidade infantil: 18,52 por mil nascidos vivos
Taxa de analfabetismo: 13,80%
Possui pequenas serras e caracteriza-se pela agropecuária.

Rosário do Sul
Área: 4.369,7 km²
População (2008): 41.071 hab
Densidade Demográfica: 9,4 hab/km²
Altitude: 132 m
Distância a Porto Alegre: 390 km
PIB: R$ 365.735.000,00
Expectativa de vida: 70,49 anos
Taxa de mortalidade infantil: 25,54 por mil nascidos vivos
Taxa de analfabetismo: 9,93%
No município, localiza-se o Balneário de Areias Brancas, às margens do Rio Santa Maria. Tem forte vocação pecuária.

Santa Margarida do Sul
Área: 956,148 km²
População (2009): 2.235 hab
Densidade Demográfica: 2,4 hab/km²
Altitude: sem dados
Distância a Porto Alegre: 309 km
PIB: R$ 56.550.000,00
Expectativa de vida: sem dados
Taxa de mortalidade infantil: 33,33 por mil nascidos vivos
Taxa de analfabetismo: sem dados
Município criado em 1996, localiza-se numa região de pequenas serras.

Santana do Livramento
Área: 6.950,4 km²
População (2008): 85 152 hab
Densidade Demográfica: 12,3 hab/km²
Altitude: 208 m
Distância a Porto Alegre: 498 km
PIB: R$ 782.185.000,00
Expectativa de vida: 72,17 anos
Taxa de mortalidade infantil: 12,93 por mil nascidos vivos
Taxa de analfabetismo: 5,99%
Forma a Fronteira da Paz com a cidade uruguaia de Rivera, da qual se separa apenas por uma rua. Destaque para a produção de vinhos e pecuária. Possui o Cerro Palomas, morro testemunho com mais 300 metros de altitude.

São Gabriel
Área: 5.019,6 km²
População (2008): 58.783 hab
Densidade Demográfica: 11,7 hab/km²
Altitude: 114 m
Distância a Porto Alegre: 320 km
PIB: R$ 611.607.000,00
Expectativa de vida: 72,17 anos
Taxa de mortalidade infantil: 13,04 por mil nascidos vivos
Taxa de analfabetismo: 11,45%
Conhecida como a Terra dos Marechais, tem forte pecuária.

São Sepé
Área: 2.188,8 km²
População (2008): 24.194 hab
Densidade Demográfica: 11,1 hab/km²
Altitude: 85 m
Distância a Porto Alegre: 270 km
PIB: R$ 270.700.000,00
Expectativa de vida: 71,53 anos
Taxa de mortalidade infantil: 14,44 por mil nascidos vivos
Taxa de analfabetismo: 10,12 %
Localiza-se na chamada Depressão Central, possuindo paisagens planas em boa parte de seu território.

Vila Nova do Sul
Área: 523,935 km²
População (2009): 4.401 hab
Densidade Demográfica: 8,7 hab/km²
Altitude: 267 m
Distância a Porto Alegre: 280 km
PIB: R$
Expectativa de vida: 68,62 anos
Taxa de mortalidade infantil: sem dados
Taxa de analfabetismo: 13,51%
Situa-se em um pequeno planalto. É um município agropecuário, às margens da BR-290.

Entrada de Bagé
Pedra do Segredo - Caçapava do Sul

Vila Nova do Sul



SOCIEDADE: Conheça a comunidade Quilombola Corredor dos Munhós, no interior de Lavras do Sul

A COMUNIDADE QUILOMBOLA DE LAVRAS DO SUL

Comunidade quilombola é um vilarejo formado por descendentes de escravos. A Constituição Federal de 1988 garante aos quilombolas direito de propriedade sobre as terras que ocupam.

As informações sobre a comunidade quilombola de Lavras do Sul são de autoria de Mariluce Chagas, Bacharel em Economia Doméstica e Educação Familiar, e Técnica de Bem Estar Social da EMATER/RS – Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural. As fotos foram apresentadas em um evento da Fundação Palmares. A edição da matéria é, naturalmente, by Pato Velho.

A Comunidade Corredor dos Munhós, de Lavras do Sul, localiza-se na região do Camaquã-Chico conhecida como Mantiqueira, em terras da antiga fazenda de Zeferino Munhóz de Camargo. A sua gênese baseia-se em informações do livro “Família Munhoz de Camargo – Raízes Pioneiras na Formação de São Paulo e do Rio Grande do Sul”, de Jandira Munhoz Schmidt, publicado pela Gráfica Evangraf, 1998. Jandira de Munhoz Schmidt, Doutora em História pela Universidade Católica do RS, registra que, em 1905, a escrava Francisca Munhós tornou-se herdeira dos campos da fazenda, junto com os netos de Zeferino.

O Corredor dos Munhós fica no primeiro distrito de Lavras, aproximadamente a uns 15 quilômetros da cidade. Para chegar até lá é preciso pegar a estrada para Bagé e entrar à esquerda no km 11, corredor da Mantiqueira. Após a ponte do arroio, passar a primeira fazenda à esquerda, entrar na porteira, também à esquerda, nos fundos da fazenda. Continuar pela estrada de campo, até encontrar dois passos (passo é o lugar no rio onde é possível atravessá-lo) e uma porteira; após a porteira, chega-se à comunidade. São sete ranchos cobertos com palha, cerca de 4 km campo adentro.

O nome da comunidade, Corredor dos Munhós, deriva de um costume da época da escravidão: os escravos eram chamados somente pelo nome e, na carta de alforria, recebiam o sobrenome dos seus donos, no caso Munhós. Em Lavras do Sul os escravos trabalhavam nas grandes fazendas de criação de gado da Região do Rio Camaquã-Chico, como, entre outras, a Fazenda São Jerônimo, a Cabanha Sant’Anna e a Cabanha Mantiqueira. Cabanha, para quem não é do Rio Grande do Sul, significa “estabelecimento pastoril destinado à criação e seleção de reprodutores de gado de raça”.

As casas da comunidade são feitas de pau-a-pique ou de torrão, cobertas com capim Santa Fé.
As casas mais modernas são revestidas com telhas de amianto. As terras, em sua maioria, não possuem registro em cartório.

O Programa Luz Para Todos foi o primeiro programa governamental a beneficiar a comunidade. Um técnico do Programa Quilombola do Luz Para Todos auxiliou a equipe da EMATER na tarefa de conscientização e organização da comunidade.

Os moradores têm gado de corte e de leite e plantam geralmente milho, feijão, batata-doce, abóbora, mogango, melão, melancia e mandioca. Praticam, ainda, atividades de apicultura, fruticultura e horticultura. 
Sua subsistência é assegurada pelo trabalho para terceiros, na condição de peão de estância, alambrador (o que faz a cerca de arame), cozinheira, faxineira. Os agricultores mantém residência fixa na comunidade.
Praticam atividades artesanais, como a feitura de rédeas, cabeçadas (peça de couro que serve para segurar o freio do animal na boca), pelegos, pilão e móveis, pelos homens. As mulheres fazem vestidos, palas, xergões (pelego feito com lã de ovelha) e casacos.

A roupa cotidiana, para os homens, é a roupa do gaúcho: bota, chapéu e bombacha.

As mulheres costumam usar saia e lenço na cabeça

A sua alimentação é rica em frutas e verduras e na culinária destacam-se: arroz de carreteiro, quibebe, pirão e angu. Os doces mais comuns são marmelada, figada e perada. Mas, também fazem geléias e compotas, mogango com leite e canjica de milho.

As manifestações culturais privilegiam a música gaúcha, fandangueira e nativista. Na comunidade existem tocadores de violão, gaita (acordeom) e pandeiro. Alguns escrevem versos, outros cantam e contam causos. Quanto à religião, a maioria são cristãos católicos e evangélicos, e alguns identificados com religiões de origem africana.

“Somos pessoas que têm como cartão de visita um sorriso no rosto. Temos afabilidade, educação, que nos é passada de geração em geração, respeito e opinião. Mas, [quando tentam nos ludibriar] não é um raro uma briga de facão e de relho”.

Nada mais típico do Rio Grande do Sul.







FONTE DAS INFORMAÇÕES E DAS IMAGENS: Blog Pato Velho, maio de 2011

PERSONALIDADES: Homenagem ao "Tio Carlão", motorista de transporte escolar

Com grande emoção e muito carinho a Escola Municipal Professora Helena Ferreira prestou, na tarde desta sexta-feira, uma homenagem ao motorista do transporte escolar Carlos Maria Simões da Conceição. Conhecido por "tio Carlão" este profissional durante 18 anos trabalhou realizando o transporte de alunos da rede municipal, principalmente da Escola Professora Helena e agora, em razão da aposentadoria, afastou-se desta atividade. "Tio Carlão é exemplo de funcionário público e de profissional comprometido com a comunidade; verdadeiro modelo a ser seguido" definiu o Secretário de Educação Leandro Lopes ao agradecer em nome da Administração Municipal os bons serviços prestados pelo homenageado. O evento teve apresentações artísticas dos alunos, música, presentes, bolo e muita alegria. Ao final Tio Carlão, visivelmente emocionado agradeceu a todos e disse estar muito feliz com todo o carinho recebido.



FONTE DAS INFORMAÇÕES E DA IMAGEM: Smed Lavras do Sul (Facebook)

IMAGENS: Verão de 2011




















AddToAny

Conheça Lavras do Sul!

O município gaúcho de Lavras do Sul está localizado a 324 km a sudoeste de Porto Alegre, entre Caçapava do Sul e Bagé, através de acessos pelas rodovias BR-290, BR-392 e ERS-357. Possui 7 679 habitantes, distribuídos em uma área de 2 600 km² (IBGE, 2010). Emancipado de Caçapava em 9 de maio de 1882, foi o único município gaúcho com origem na mineração do ouro. Possui as denominações carinhosas de "Pepita do Rio Grande" e "Terra do Ouro". Na atualidade, a economia se baseia na pecuária (principalmente bovinos e ovinos), comércio, fruticultura, lãs, indústrias artesanais e turismo. Tem como atrações turísticas principais a Igreja Matriz de Santo Antônio, a Praça Licinio Cardoso e o Camping Municipal (ou Praia do Paredão). O Carnaval lavrense é um dos maiores do Rio Grande do Sul e do Interior Brasileiro. Além do Carnaval, são realizadas as mais diversas festas e eventos ao longo do ano. Tudo consequência da alegria, da tranquilidade, da hospitalidade e da receptividade do povo lavrense.
A Sede está situada na latitude de 30°48’41”S e longitude 53°54’02” O. São dois os Distritos: o primeiro, Sede, com 1.240 km² aproximadamente; e o segundo, o Ibaré, com 1.360 km² aproximadamente.
A altitude média é de 300 metros acima do nível do mar (oficialmente ela está em 277 metros), mas em vários pontos, chega a 400, 450 metros. Nas regiões do extremo oeste do município, alcança apenas 98 m nas curvas do Rio Santa Maria.
Faz divisa com sete municípios: Vila Nova do Sul e Santa Margarida do Sul (norte), São Gabriel (norte e noroeste), Dom Pedrito (oeste, sul e sudoeste), Bagé (sudeste), Caçapava do Sul (leste e nordeste) e São Sepé (nordeste e norte). Até os anos 1980, havia uma pequena divisa com Rosário do Sul, que foi extinta devido a anexações aos municípios de Dom Pedrito e São Gabriel. O perímetro aproximado de divisas de Lavras do Sul é de 380 km. A distância entre os extremos leste-oeste é de cerca de 120 km.
Lavras do Sul está situada a 2.431 km de Brasília, Capital do Brasil, e a 641 km de Montevidéu, Capital do Uruguai. Localiza-se na faixa de fronteira.

SEJAM BEM-VINDOS(AS) AO BLOG INDEPENDENTE DE LAVRAS DO SUL/RS E REGIÃO. VISITEM NOSSA CIDADE E O PAMPA GAÚCHO EM QUALQUER ÉPOCA DO ANO. TRABALHAMOS DESDE 2007 E LEVAMOS QUALIDADE E CARINHO A ESTA TERRA PELAS ONDAS DA INTERNET. FIQUEM À VONTADE E SIGAM CONOSCO!

No Facebook

Postagens mais visitadas