Links informativos

Visitar Lavras do Sul é se surpreender com um jeito peculiar e simples de levar a vida. Muitas vezes se diz que Lavras do Sul é uma grande família, por conta de sua hospitalidade entre os habitantes e para com os visitantes. Mesmo com seu tamanho de pequeno porte, possui atrações e eventos que atraem pessoas de diversos lugares e de todos os estilos, em todas as épocas do ano. Conhecendo Lavras do Sul, tu irás te surpreender. ///// Localizado na mesorregião do Sudoeste Rio-grandense e na microrregião da Campanha Meridional, a 320 quilômetros via rodoviária da Capital do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, o município de Lavras do Sul foi fundado em 9 de maio de 1882, emancipando-se de Caçapava do Sul. É o único município gaúcho com origem na mineração e na extração do ouro, mineral outrora abundante na região. Segundo dados do Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010, a população era de 7.679 habitantes. Seu território se estende por 2.600 km² e, as Coordenadas Geográficas da zona urbana são 30° 48' 41” S, 53° 54' 02” O. Divide-se em dois distritos: Sede (a leste) e Ibaré (a oeste).

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

MEIO AMBIENTE: Curicaca, ave que se incorpora à Fauna lavrense

Quem são as novas moradoras de Lavras do Sul?

A Curicaca (Theristicus caudatus) vem perdendo seu habitat natural devido à expansão da soja, logo, a diminuição do Campo Nativo, na região dos Campos de Cima da Serra e Aparados da Serra. Ali, os bandos de carucacas, como também são conhecidos, dormem nos grandes pinheiros junto às casas das fazendas. São carinhosamente referidos pelos moradores como uma ave amiga e parceira. Pela manhã, acordam chamando a família para o início do dia enquanto vão saindo para o campo em busca de alimento. Costumam comer insetos, ratos, aranhas, sapos e até cobras, motivo do reconhecimento de sua utilidade aos pecuaristas. Essas aves não transmitem doenças. Na região, existe uma lenda de que elas são responsáveis por trazerem sorte e prosperidade! Ao pôr-do-sol, o bando retorna grasnando e sobrevoa em círculos até encontrar o melhor galho para passar a noite. É hora de encerrar a jornada de trabalho e preparar o chimarrão do descanso.

Esse sentimento de carinho, de acolhimento na comunidade, de construção de parceria e amizade demonstra a grande utilidade desse novo habitante em nosso município. Ficam aqui os nossos votos que a população acolha e reconheça a importância da curicaca!

FONTE DAS INFORMAÇÕES E DA IMAGEM: Secretaria de Meio Ambiente de Lavras do Sul (Facebook)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny

No Facebook

Postagens mais visitadas