Links informativos

Visitar Lavras do Sul é se surpreender com um jeito peculiar e simples de levar a vida. Muitas vezes se diz que Lavras do Sul é uma grande família, por conta de sua hospitalidade entre os habitantes e para com os visitantes. Mesmo com seu tamanho de pequeno porte, possui atrações e eventos que atraem pessoas de diversos lugares e de todos os estilos, em todas as épocas do ano. Conhecendo Lavras do Sul, tu irás te surpreender. ///// Localizado na mesorregião do Sudoeste Rio-grandense e na microrregião da Campanha Meridional, a 320 quilômetros via rodoviária da Capital do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, o município de Lavras do Sul foi fundado em 9 de maio de 1882, emancipando-se de Caçapava do Sul. É o único município gaúcho com origem na mineração e na extração do ouro, mineral outrora abundante na região. Segundo dados do Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010, a população era de 7.679 habitantes. Seu território se estende por 2.600 km² e, as Coordenadas Geográficas da zona urbana são 30° 48' 41” S, 53° 54' 02” O. Divide-se em dois distritos: Sede (a leste) e Ibaré (a oeste).

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

COMUNICADO: Nota Oficial do Prefeito Municipal, Alfredo Borges

NOTA OFICIAL DO PREFEITO MUNICIPAL DE LAVRAS DO SUL ACERCA DO ASSALTO OCORRIDO NO ÚLTIMO DIA 25 NA CIDADE:

COMUNIDADE LAVRENSE,

Na última sexta-feira passamos por grandes dificuldades com o triste episódio do assalto à agência local do Banco do Brasil. Mesmo não estando em Lavras naquele dia, acompanhei o ocorrido através de informações telefônicas e pela mídia. Este fato, atípico, que envolveu a comunidade, chocou a todos nós.

Estamos sensíveis com o ocorrido e solidários com todos àqueles que se envolveram diretamente, principalmente com as vítimas, que ficaram de reféns por um longo período, as quais, felizmente, nada de grave fisicamente sofreram. Sei que vocês que participaram diretamente do episódio, funcionários e clientes, estão emocionalmente abalados, não esquecerão este dia.

Recorro, neste momento, ao bom senso da população, no sentido de não estimularem mais este triste fato, para que parem com publicações de fotos, vídeos e comentários na internet, pois esses gestos não nos levam a nada, o que foi feito, já foi, não cabe a nós revivermos, diuturnamente, o ocorrido e tão pouco fazermos julgamentos precipitados e irresponsáveis.

Felizmente nenhum lavrense foi morto, mas precisamos lembrar que os que morreram têm pais, mães, filhos, sobrinhos, amigos, enfim, pessoas que sofrem com a perda, que para nós, eram apenas marginais... Deus deu ao episódio um fim, merecido ou não, devemos aceitá-lo.

Não precisamos, a cada amanhecer, recordar o 25 de outubro de 2013 e sim, tocarmos nossas vidas para frente, pensarmos em um presente e futuro melhores para todos nós. Deixemos para trás o que aconteceu, já é passado, mas precisamos respeitar cada ser humano que sobreviveu ao incidente.
Finalizando, rogo às pessoas que participam das redes sociais para que não alimentem o ódio, a vingança, com certas publicações, visto que são públicas e nem sempre o que agrada uns agrada a outros. Junto-me àqueles que anseiam uma vida nova, um futuro melhor para nós e nosso povo, pedindo que pensem antes das postagens e reflitam se essas são construtivas.

Alfredo Borges-Prefeito de Lavras do Sul

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny

No Facebook

Postagens mais visitadas