Links informativos

//// Visitar Lavras do Sul é se surpreender com um jeito peculiar e simples de levar a vida. Muitas vezes se diz que Lavras do Sul é uma grande família, por conta de sua hospitalidade entre os habitantes e para com os visitantes. Mesmo com seu tamanho de pequeno porte, possui atrações e eventos que atraem pessoas de diversos lugares e de todos os estilos, em todas as épocas do ano. Conhecendo Lavras do Sul, tu irás te surpreender. ///// Localizado na mesorregião do Sudoeste Rio-grandense e na microrregião da Campanha Meridional, a 320 quilômetros via rodoviária da Capital do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, o município de Lavras do Sul foi fundado em 9 de maio de 1882, emancipando-se de Caçapava do Sul. É o único município gaúcho com origem na mineração e na extração do ouro, mineral outrora abundante na região. Segundo dados do Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010, a população era de 7.679 habitantes. Seu território se estende por 2.600 km² e, as Coordenadas Geográficas da zona urbana são 30° 48' 41” S, 53° 54' 02” O. Divide-se em dois distritos: Sede (a leste) e Ibaré (a oeste).

sábado, 17 de novembro de 2012

ENCICLOPÉDIA: Os 100 principais livros da literatura brasileira

Machado de Assis

Confira, a seguir, uma lista de 100 obras indispensáveis da literatura Brasileira.
  • Adélia Prado: Bagagem 
  • Aluísio Azevedo: O Cortiço 
  • Álvares de Azevedo: Lira dos Vinte Anos; Noite na Taverna 
  • Antonio Callado: Quarup 
  • Antônio de Alcântara Machado: Brás, Bexiga e Barra Funda 
  • Ariano Suassuna: Romance d'A Pedra do Reino 
  • Augusto de Campos: Viva Vaia 
  • Augusto dos Anjos: Eu 
  • Autran Dourado: Ópera dos Mortos 
  • Basílio da Gama: O Uraguai 
  • Bernardo Élis: O Tronco 
  • Bernardo Guimarães: A Escrava Isaura 
  • Caio Fernando Abreu: Morangos Mofados 
  • Carlos Drummond de Andrade: A Rosa do Povo; Claro Enigma 
  • Castro Alves: Os Escravos; Espumas Flutuantes 
  • Cecília Meireles: Romanceiro da Inconfidência; Mar Absoluto 
  • Clarice Lispector: A Paixão Segundo G.H.; Laços de Família 
  • Cruz e Souza: Broquéis 
  • Dalton Trevisan: O Vampiro de Curitiba 
  • Dias Gomes: O Pagador de Promessas 
  • Dyonélio Machado: Os Ratos 
  • Erico Verissimo: O Tempo e o Vento 
  • Euclides da Cunha: Os Sertões 
  • Fernando Gabeira: O que é Isso, Companheiro? 
  • Fernando Sabino: O Encontro Marcado 
  • Ferreira Gullar: Poema Sujo 
  • Gonçalves Dias: I-Juca Pirama 
  • Graça Aranha: Canaã 
  • Graciliano Ramos: Vidas Secas; São Bernardo 
  • Gregório de Matos: Obra Poética
  • Guimarães Rosa: O Grande Sertão: Veredas; Sagarana 
  • Haroldo de Campos: Galáxias 
  • Hilda Hilst: A Obscena Senhora D 
  • Ignágio de Loyola Brandão: Zero 
  • João Antônio: Malagueta, Perus e Bacanaço 
  • João Cabral de Melo Neto: Morte e Vida Severina 
  • João do Rio: A Alma Encantadora das Ruas 
  • João Gilberto Noll: Harmada 
  • João Simões Lopes Neto: Contos Gauchescos 
  • João Ubaldo Ribeiro: Viva o Povo Brasileiro 
  • Joaquim Manuel de Macedo: A Moreninha 
  • Jorge Amado: Gabriela, Cravo e Canela; Terras do Sem Fim 
  • Jorge de Lima: Invenção de Orfeu 
  • José Cândido de Carvalho: O Coronel e o Lobisomen 
  • José de Alencar: O Guarani; Lucíola 
  • José J. Veiga: Os Cavalinhos de Platiplanto 
  • José Lins do Rego: Fogo Morto 
  • Lima Barreto: Triste Fim de Policarpo Quaresma 
  • Lúcio Cardoso: Crônica da Casa Assassinada 
  • Luis Fernando Verissimo: O Analista de Bagé 
  • Luiz Vilela: Tremor de Terra 
  • Lygia Fagundes Telles: As Meninas; Seminário dos Ratos 
  • Machado de Assis: Memórias Póstumas de Brás Cubas; Dom Casmurro 
  • Manuel Antônio de Almeida: Memórias de um Sargento de Milícias
  • Manuel Bandeira: Libertinagem; Estrela da Manhã 
  • Márcio Souza: Galvez, Imperador do Acre 
  • Mário de Andrade: Macunaíma; Paulicéia Desvairada 
  • Mário Faustino: o Homem e Sua Hora 
  • Mário Quintana: Nova Antologia Poética 
  • Marques Rebelo: A Estrela Sobe 
  • Menotti Del Picchia: Juca Mulato 
  • Monteiro Lobato: O Sítio do Pica-pau Amarelo 
  • Murilo Mendes: As Metamorfoses 
  • Murilo Rubião: O Ex-Mágico 
  • Nelson Rodrigues: Vestido de Noiva; A Vida Como Ela É 
  • Olavo Bilac: Poesias 
  • Osman Lins: Avalovara 
  • Oswald de Andrade: Serafim Ponte Grande; Memórias Sentimentais de João Miramar 
  • Otto Lara Resende: O Braço Direito 
  • Padre Antônio Vieira: Sermões 
  • Paulo Leminski: Catatau 
  • Pedro Nava: Baú de Ossos 
  • Plínio Marcos: Navalha de Carne 
  • Rachel de Queiroz: O Quinze 
  • Raduan Nassar: Lavoura Arcaica; Um Copo de Cólera 
  • Raul Pompéia: O Ateneu 
  • Rubem Braga: 200 Crônicas Escolhidas 
  • Rubem Fonseca: A Coleira do Cão 
  • Sérgio Sant'Anna: A Senhorita Simpson 
  • Stanislaw Ponte Preta: Febeapá 
  • Tomás Antônio Gonzaga: Marília de Dirceu; Cartas Chilenas 
  • Vinícius de Moraes: Nova Antologia Poética 
  • Visconde de Taunay: Inocência
FONTE: Educar para crescer, acessado em 17/11/2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny

Conheça Lavras do Sul!

O município gaúcho de Lavras do Sul está localizado a 324 km a sudoeste de Porto Alegre, entre Caçapava do Sul e Bagé, através de acessos pelas rodovias BR-290, BR-392 e ERS-357. Possui 7 679 habitantes, distribuídos em uma área de 2 600 km² (IBGE, 2010). Emancipado de Caçapava em 9 de maio de 1882, foi o único município gaúcho com origem na mineração do ouro. Possui as denominações carinhosas de "Pepita do Rio Grande" e "Terra do Ouro". Na atualidade, a economia se baseia na pecuária (principalmente bovinos e ovinos), comércio, fruticultura, lãs, indústrias artesanais e turismo. Tem como atrações turísticas principais a Igreja Matriz de Santo Antônio, a Praça Licinio Cardoso e o Camping Municipal (ou Praia do Paredão). O Carnaval lavrense é um dos maiores do Rio Grande do Sul e do Interior Brasileiro. Além do Carnaval, são realizadas as mais diversas festas e eventos ao longo do ano. Tudo consequência da alegria, da tranquilidade, da hospitalidade e da receptividade do povo lavrense.
A Sede está situada na latitude de 30°48’41”S e longitude 53°54’02” O. São dois os Distritos: o primeiro, Sede, com 1.240 km² aproximadamente; e o segundo, o Ibaré, com 1.360 km² aproximadamente.
A altitude média é de 300 metros acima do nível do mar (oficialmente ela está em 277 metros), mas em vários pontos, chega a 400, 450 metros. Nas regiões do extremo oeste do município, alcança apenas 98 m nas curvas do Rio Santa Maria.
Faz divisa com sete municípios: Vila Nova do Sul e Santa Margarida do Sul (norte), São Gabriel (norte e noroeste), Dom Pedrito (oeste, sul e sudoeste), Bagé (sudeste), Caçapava do Sul (leste e nordeste) e São Sepé (nordeste e norte). Até os anos 1980, havia uma pequena divisa com Rosário do Sul, que foi extinta devido a anexações aos municípios de Dom Pedrito e São Gabriel. O perímetro aproximado de divisas de Lavras do Sul é de 380 km. A distância entre os extremos leste-oeste é de cerca de 120 km.
Lavras do Sul está situada a 2.431 km de Brasília, Capital do Brasil, e a 641 km de Montevidéu, Capital do Uruguai. Localiza-se na faixa de fronteira.

SEJAM BEM-VINDOS(AS) AO BLOG INDEPENDENTE DE LAVRAS DO SUL/RS E REGIÃO. VISITEM NOSSA CIDADE E O PAMPA GAÚCHO EM QUALQUER ÉPOCA DO ANO. TRABALHAMOS DESDE 2007 E LEVAMOS QUALIDADE E CARINHO A ESTA TERRA PELAS ONDAS DA INTERNET. FIQUEM À VONTADE E SIGAM CONOSCO!

No Facebook

Postagens mais visitadas

Contagens Regressivas