Pular para o conteúdo

CONSULTA POPULAR: Corede Campanha registra votação expressiva

Compartilhe

Presidente do Conselho diz que trabalho conjunto gerou resultado exitoso

Durante três dias, o Conselho de Desenvolvimento Regional (Corede Campanha) e os Conselhos Municipais de Desenvolvimento (Comudes) estiveram mobilizados para mais um processo da Consulta Popular 2017/2018. A votação aconteceu online, via SMS e, também, offiline, através de tablets e celulares.

O resultado final da votação foi divulgado nesta segunda-feira, 7. O Corede registrou uma votação expressiva, quando conseguiu classificar todos os municípios no processo, pois era necessário atingir um percentual mínimo de votos para que a cidade recebesse os recursos.

Para a presidente do Conselho e reitora da Universidade da Região da Campanha (Urcamp), professora Lia Maria Herzer Quintana, o resultado do processo se deve a um trabalho de união. “Com a força conjunta dos presidentes dos comudes e a população tivemos um resultado exitoso”, avalia.

A cédula de votação contou com sete programas, sendo que os três mais votados foram saúde: qualificação e financiamento de centros de especialidades ou hospitais; segurança pública: patrulha e monitoramento do abigeato e desenvolvimento rural: apoio à cadeia produtiva do leite e da pecuária de corte, ovinocultura e agroindústrias. Entretanto, segundo o Corede Campanha, nem todos os municípios conseguiram alcançar o percentual mínimo de votos para eleger o programa.

Conforme o resultado da Consulta Popular, os municípios de Bagé, Dom Pedrito e Caçapava do Sul, com maior número de eleitores, conseguiu se classificar nos três programas eleitos. Já a cidade de Aceguá classificou somente a saúde e Hulha Negra o desenvolvimento rural. O município de Lavras do Sul conseguiu classificação na segurança pública e, também, no desenvolvimento rural.

O governo do Estado destinou R$ 60 milhões do orçamento, sendo estipulado para o Corede Campanha o valor de R$ 2.554,285.71. Em assembleia geral realizada no mês de julho com os Comudes ficou decidido que o recurso para os programas seria divido em 35% para o mais eleito, 35% para o segundo e 30% para o terceiro.

O próximo passo é discutir como o recurso será aplicado nos programas. Esse debate ocorrerá em uma assembleia, no dia 19 de setembro, com representantes das áreas da saúde, rural e segurança.

O Corede Campanha representa os interesses regionais de Aceguá, Bagé, Caçapava do Sul, Candiota, Dom Pedrito, Hulha Negra e Lavras do Sul.

FONTE: Claudenir Munhoz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *