Pesquisar este blog

Telefones úteis

VISITE LAVRAS DO SUL EM QUALQUER ÉPOCA DO ANO ///// Localizado na mesorregião do Sudoeste Rio-grandense e na microrregião da Campanha Meridional, a 320 quilômetros via rodoviária da Capital do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, o município de Lavras do Sul foi fundado em 9 de maio de 1882, emancipando-se de Caçapava do Sul. É o único município gaúcho com origem na mineração e na extração do ouro, mineral outrora abundante na região. Segundo dados do Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010, a população era de 7.679 habitantes. Seu território se estende por 2.600 km² e, as Coordenadas Geográficas da zona urbana são 30° 48' 41” S, 53° 54' 02” O. Divide-se em dois distritos: Sede (a leste) e Ibaré (a oeste).
Confira site especial com conteúdos adicionais
sobre Lavras do Sul

sexta-feira, 25 de outubro de 2019

CAMINHOS DO PAMPA: Condições de trafegabilidade da RSC-473 são precárias e rodovia segue sem previsão de asfaltamento


Reportagem veiculada no bloco estadual do Jornal do Almoço no dia 24/10/2019 mostra a situação precária da rodovia RSC-473, que liga Bagé a Lavras do Sul e Bagé a São Gabriel. A obra de asfaltamento, que já foi interrompida diversas vezes, mas não está contemplada no atual plano de reformas de rodovias do Governo Estadual, é um sonho antigo da comunidade da Região da Campanha, que já dura mais de três décadas.

A estrada encontra-se em péssimas condições de trafegabilidade e dificulta a vida de motoristas de carro e ônibus. Nos dias de chuva, a situação fica ainda pior, e com isso muitas vezes os motoristas acabam tendo que ir de Bagé a Lavras do Sul através da BR-153, via Caçapava do Sul, o que aumenta a viagem em cerca de 200 quilômetros.

O asfaltamento da estrada representaria a melhoria do escoamento da produção da região e melhores condições de transporte para estudantes, pessoas que dependem de tratamentos de saúde e transporte de mercadorias, entre outros serviços.

FONTE DA IMAGEM: RBS TV / Reprodução (Reportagem do Jornal do Almoço).

Um comentário:

  1. Não sei oque causa mais revolta e desconforto si e enfrentar este problema diariamente ou e ouvir promessas e mentiras de 4 em 4 anos

    ResponderExcluir

AddToAny