Pesquisar este blog

Telefones úteis

VISITE LAVRAS DO SUL EM QUALQUER ÉPOCA DO ANO ///// Localizado na mesorregião do Sudoeste Rio-grandense e na microrregião da Campanha Meridional, a 320 quilômetros via rodoviária da Capital do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, o município de Lavras do Sul foi fundado em 9 de maio de 1882, emancipando-se de Caçapava do Sul. É o único município gaúcho com origem na mineração e na extração do ouro, mineral outrora abundante na região. Segundo dados do Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010, a população era de 7.679 habitantes. Seu território se estende por 2.600 km² e, as Coordenadas Geográficas da zona urbana são 30° 48' 41” S, 53° 54' 02” O. Divide-se em dois distritos: Sede (a leste) e Ibaré (a oeste).
Confira site especial com conteúdos adicionais
sobre Lavras do Sul

sexta-feira, 21 de junho de 2019

RSC-473: Deputado sugere Audiência Pública sobre a situação da rodovia e de outros trechos da Metade Sul Gaúcha

O deputado estadual Fábio Branco (MDB) vai sugerir para a Assembleia Legislativa que realize uma Audiência Pública para tratar da situação das rodovias que dão acesso às regiões gaúchas do Sul, Costa Doce e Campanha. O requerimento foi protocolado junto à Comissão de Assuntos Municipais, na quarta-feira, e deve passar por apreciação dos deputados pertencentes ao colegiado na próxima semana. Está incluída na lista de trechos mencionados a RSC-473 (que faz a ligação de Bagé e Lavras do Sul e Bagé e São Gabriel). 

O deputado Fábio Branco solicita que os representantes do Governo do Estado apreciem as obras das regiões, bem como custos, montantes para a conclusão e prazos para a finalização. Por conta disso, o Governo do Estado pretende convidar as associações de municípios destas regiões, além das prefeituras e Câmaras de Vereadores. Após aprovada a realização da Audiência, será solicitada a cedência da Câmara de Vereadores de Pelotas para a realização da audiência pública, que visa planejar a melhoria das rodovias da Metade Sul e o desenvolvimento da região.

Importantes obras de rodovias da Metade Sul, como a ERS-734, em Rio Grande, a RSC-473, e os acessos de asfalto para Amaral Ferrador, Cerrito, Pedras Altas e Pedro Osório não foram contempladas pelos investimentos do Governo do Estado nos últimos anos.

FONTE: Jornal Minuano (com adaptações).



Um comentário:

  1. Que Deus ouça e ajude que sabe não tá morto quem peleia dizia um lagarto no meio de doze cachorros kkk

    ResponderExcluir

AddToAny