Pesquisar este blog

Telefones úteis

VISITE LAVRAS DO SUL EM QUALQUER ÉPOCA DO ANO ///// Localizado na mesorregião do Sudoeste Rio-grandense e na microrregião da Campanha Meridional, a 320 quilômetros via rodoviária da Capital do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, o município de Lavras do Sul foi fundado em 9 de maio de 1882, emancipando-se de Caçapava do Sul. É o único município gaúcho com origem na mineração e na extração do ouro, mineral outrora abundante na região. Segundo dados do Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010, a população era de 7.679 habitantes. Seu território se estende por 2.600 km² e, as Coordenadas Geográficas da zona urbana são 30° 48' 41” S, 53° 54' 02” O. Divide-se em dois distritos: Sede (a leste) e Ibaré (a oeste).
Confira site especial com conteúdos adicionais
sobre Lavras do Sul

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

CAMINHOS DO PAMPA: Condições de rodovias de acesso a Lavras do Sul



Condições do trajeto via rodoviária entre Porto Alegre / Lavras do Sul

Quem vai da Região Metropolitana de Porto Alegre até Lavras do Sul deve usar a Ponte Móvel do Guaíba, a BR-290, a BR-392 e a ERS-357. No km 334 da BR-290, há um entroncamento, mas não há indicação de placa para Lavras do Sul; assim, se deve dobrar na última saída à direita, após o viaduto, entrando na BR-392. Em Caçapava do Sul, seguindo as placas de sinalização, se chega à ERS-357, com mais 61 quilômetros até chegar em Lavras do Sul.

Quanto às condições do asfalto, boa parte do trajeto está irregular, sendo recomendado viajar com calma, sem pressa. Em dezembro de 2018, a av. Lima e Silva, em Caçapava do Sul, ponto de passagem entre os dois municípios, recebeu melhorias e recapeamento.


Condições do trajeto via rodoviária entre Lavras do Sul / Bagé  (ou Bagé / Lavras do Sul / São Gabriel)

Problema histórico e que dura há várias décadas, a tão reivindicada pavimentação da RSC-473 é um dos maiores problemas de infraestrutura da Região da Campanha. 

Não pretendemos interferir na decisão de nenhum motorista, mas recomendamos evitar utilizar rodovia em dias de chuva, por conta das condições precárias e da formação de lama e barro no seu trajeto. Nos dias de sol, até é possível andar pelo trajeto, porém deve ser ter muita calma ao trafegar. Em último caso, fazer a volta em Caçapava do Sul e ir pela BR-153 é mais cansativo, mas mais seguro.

No entanto, torcemos para que haja uma posição e mobilização dos governantes para que esta obra seja concluída. Em 2012, os trabalhos foram iniciados porém interrompidos.

Para São Gabriel, também se considera o dito acima, com trechos de difícil acesso e trafegabilidade.

Dados de 31 de janeiro de 2019. Havendo alterações ou incorreções, comunique o editor deste blog.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny