Sejam bem-vindos ao site independente em homenagem a Lavras do Sul, a eterna "Terra do Ouro"! Visite nosso Município em qualquer época do ano. ///// Lavras do Sul é um município brasileiro localizado no Rio Grande do Sul e pertencente à mesorregião do Sudoeste Rio-grandense e à microrregião da Campanha Meridional. Conta com as águas da Bacia do Rio Camaquã e do Rio Santa Maria. Faz divisa territorial com os municípios de Caçapava do Sul (L, NE), Bagé (SE), Dom Pedrito (O, S, SO), São Gabriel (N, NO) e Vila Nova do Sul, Santa Margarida do Sul e São Sepé (N). Localiza-se no Escudo Sul-Rio-grandense, apresentando um solo rochoso, de origem pré-cambriana, e rochas sedimentares. Apresenta terras que alcançam os 450 metros acima do nível do oceano. Apresenta vegetação variada ao longo de seu território, desde campos mistos com arbustos, até campos limpos e planícies onde se praticam a cultura do arroz, já na porção oeste do município, na divisa com Dom Pedrito. Lavras do Sul possui 7.679 habitantes, segundo estimativas do IBGE, em 2010 e está distante 320 km da Capital gaúcha, Porto Alegre. As principais atividades econômicas do município são a mineração (que está praticamente desativada, embora hajam jazidas de calcário e fosfato em pesquisa), a agropecuária, a agroindústria, o artesanato, o comércio e o turismo. Possui um dos mais tradicionais carnavais do interior gaúcho, além de realizar diversos eventos o ano todo.

Apoiador


Lavras do Sul, Rio Grande do Sul, Brasil
   00:00:00
blogpanoramalavrense@gmail.com
Perfil no Facebook
LIVRO DIGITAL DO PANORAMA LAVRENSE
COM OS ASPECTOS DO MUNICÍPIO

LIVRO DIGITAL SOBRE O COREDE CAMPANHA

A Imagem do Dia (18/07/17)

A Imagem do Dia (18/07/17)
Termômetro do centro de Lavras do Sul marca -3°C por volta das 6h de hoje (18/07) - Foto: Fernando Kluwe

quinta-feira, 22 de junho de 2017

PERSONALIDADES: Francisco Pereira de Macedo, barão e visconde do Cerro Formoso

Francisco Pereira de Macedo, barão e visconde do Cerro Formoso, (Rio Pardo, 2 de março de 1806 — Porto Alegre, 11 de janeiro de 1888) foi um nobre brasileiro.

Filho de Manuel de Macedo Brum da Silveira e de Ana Maria da Assunção, casou-se com Francisca Joaquina de Sampaio filha de Francisco José de Sampaio e Ursula Maria das Dores.

Hospedou D. Pedro II e sua comitiva, em Lavras do Sul, no caminho de Uruguaiana, no início da Guerra do Paraguai. Na ocasião o imperador foi recebido por uma banda composta por 60 escravos, tocando o Hino Nacional, além disso Francisco Pereira Macedo alforriou 50 escravos para que fizessem parte do exército, além de quatro de seus filhos terem se engajado às tropas, tendo também fornecido grande quantidade de cavalos.

Amante da música contratou Tomás do Patrocínio, irmão de José do Patrocínio, para instruir seus músicos escravos. Em 1884 alforriou todos seus escravos, se antecipando à Lei Áurea o que influenciou os fazendeiros da região a fazerem o mesmo.

Descendência: 1- Capitão Manoel de Macedo Neto 2- Antonio Leal de Macedo 3- Major Francisco pedro de Macedo Filho 4- Major José Pereira de Macedo 5- Ursula de Macedo 6- Amália de macedo 7- Ana assunção de Macedo

Agraciado barão, em 6 de novembro de 1872 e visconde em 19 de dezembro de 1885.

FONTE: Wikipédia.

FOTO: Arquivo / Panorama Lavrense

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mapa (Google Maps)