Sejam bem-vindos ao site independente em homenagem a Lavras do Sul, a eterna "Terra do Ouro"! Visite nosso Município em qualquer época do ano. ///// Lavras do Sul é um município brasileiro localizado no Rio Grande do Sul e pertencente à mesorregião do Sudoeste Rio-grandense e à microrregião da Campanha Meridional. Conta com as águas da Bacia do Rio Camaquã e do Rio Santa Maria. Faz divisa territorial com os municípios de Caçapava do Sul (L, NE), Bagé (SE), Dom Pedrito (O, S, SO), São Gabriel (N, NO) e Vila Nova do Sul, Santa Margarida do Sul e São Sepé (N). Localiza-se no Escudo Sul-Rio-grandense, apresentando um solo rochoso, de origem pré-cambriana, e rochas sedimentares. Apresenta terras que alcançam os 450 metros acima do nível do oceano. Apresenta vegetação variada ao longo de seu território, desde campos mistos com arbustos, até campos limpos e planícies onde se praticam a cultura do arroz, já na porção oeste do município, na divisa com Dom Pedrito. Lavras do Sul possui 7.679 habitantes, segundo estimativas do IBGE, em 2010 e está distante 320 km da Capital gaúcha, Porto Alegre. As principais atividades econômicas do município são a mineração (que está praticamente desativada, embora hajam jazidas de calcário e fosfato em pesquisa), a agropecuárjavascript:void(0)ia, a agroindústria, o artesanato, o comércio e o turismo. Possui um dos mais tradicionais carnavais do interior gaúcho, além de realizar diversos eventos o ano todo.

Apoiador

Lavras do Sul, Rio Grande do Sul, Brasil
   00:00:00 blogpanoramalavrense@gmail.com
Perfil no Facebook

sábado, 15 de outubro de 2016

O MUNICÍPIO: O Ibaré (Segundo Distrito de Lavras do Sul)

Localizada a cerca de 50 quilômetros de distância do centro de Lavras, através de estrada municipal de chão, o Segundo Distrito - ou Vila do Ibaré - é uma simpática localidade do interior lavrense.

Durante o trajeto (em direção a São Gabriel, para depois dobrar duas vezes à direita), há a concentração de diversas fazendas, grande quantidade de gado bovino ovino e cavalos, diversos açudes e capões de mato e o relevo característico da região, com diversas rochas, morros arredondados, tabuleiros e planaltos pouco elevados, mas com uma bela vista panorâmica. A região do trajeto está localizada em um divisor natural de águas das bacias hidrográficas do Uruguai e do Camaquã (ou do Atlântico Sul, ou Sudeste).

O Ibaré apresenta, segundo o Censo 2010 do IBGE, uma população de 674 habitantes (364 homens e 310 mulheres). Dispõe de serviços como escola, agência dos Correios, mercearia, borracharia, praça e playground, além de abastecimento de água, serviços de telefonia e energia elétrica. Apresenta, ainda, um edifício inacabado, para armazenamento de grãos (o chamado silo).

Atualmente desativada, sua estação, que originou a vila, era ponto de parada de trens de passageiros da antiga linha Cacequi-Pelotas, desativada nos anos 1990. Em dias e horários pré-determinados, trens de carga cruzam o Ibaré.

Seu povo é bastante hospitaleiro: quando percebem a presença de automóveis de visitantes, logo acenam com as mãos, de forma amistosa e receptiva, uma das grandes características de Lavras. Popularmente, e de forma folclórica, se diz que Ibaré é a "Capital de Lavras", por sua fama e representatividade no município.

Realiza todos os anos uma movimentada Semana Farroupilha, após os festejos da Sede Municipal, que cultiva a cultura gaúcha e movimenta a região.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mapa (Google Maps)