Sejam bem-vindos ao site independente em homenagem a Lavras do Sul, a eterna "Terra do Ouro"! Visite nosso Município em qualquer época do ano. ///// Lavras do Sul é um município brasileiro localizado no Rio Grande do Sul e pertencente à mesorregião do Sudoeste Rio-grandense e à microrregião da Campanha Meridional. Conta com as águas da Bacia do Rio Camaquã e do Rio Santa Maria. Faz divisa territorial com os municípios de Caçapava do Sul (L, NE), Bagé (SE), Dom Pedrito (O, S, SO), São Gabriel (N, NO) e Vila Nova do Sul, Santa Margarida do Sul e São Sepé (N). Localiza-se no Escudo Sul-Rio-grandense, apresentando um solo rochoso, de origem pré-cambriana, e rochas sedimentares. Apresenta terras que alcançam os 450 metros acima do nível do oceano. Apresenta vegetação variada ao longo de seu território, desde campos mistos com arbustos, até campos limpos e planícies onde se praticam a cultura do arroz, já na porção oeste do município, na divisa com Dom Pedrito. Lavras do Sul possui 7.679 habitantes, segundo estimativas do IBGE, em 2010 e está distante 320 km da Capital gaúcha, Porto Alegre. As principais atividades econômicas do município são a mineração (que está praticamente desativada, embora hajam jazidas de calcário e fosfato em pesquisa), a agropecuárjavascript:void(0)ia, a agroindústria, o artesanato, o comércio e o turismo. Possui um dos mais tradicionais carnavais do interior gaúcho, além de realizar diversos eventos o ano todo.

Apoiador

Lavras do Sul, Rio Grande do Sul, Brasil
   00:00:00 blogpanoramalavrense@gmail.com
Perfil no Facebook

sábado, 15 de outubro de 2016

O MUNICÍPIO: Meios de Comunicação de Lavras do Sul





A televisão, juntamente com o rádio e, mais recentemente, a internet, são os meios de comunicação mais utilizados pelos lavrenses nos dias de hoje.

Jornais

Ao longo do século XX, Lavras já teve diversos jornais em circulação, como O Garimpeiro, O Batovi, a Thesoura, O Lavrense, O Colibri, Quero-Quero, Tribuna do Povo, City Bar, Diário de Lavras e Ronda Lavrense. Por motivos de mudança de residência do autor, Rene Figueiredo, o City Bar deixou de ser produzido em 2015. Em 2016, não há jornais impressos produzidos em Lavras do Sul, apenas online, como o Panorama Lavrense e o informativo em forma de fan page do Facebook da Prefeitura de Lavras do Sul. A jornalista Maria Julia Medeiros manteve o jornal Ronda Lavrense entre os anos de 2009 e 2010, e permitia assinaturas de lavrenses residentes fora do Município. O Diário de Lavras, de João Valério Lucas, foi o único jornal a ser produzido e impresso todos os dias na cidade, tendo quase 1.000 edições ininterruptas entre 2005 e 2008.

Rádio

A cidade possui seis rádios FM. A de maior audiência é a Pepita FM (89.7 MHz), que desde o dia 12 de junho de 2012 transmite ao vivo pela Internet. Fundada em 29 de agosto de 1987, é considerado o principal meio de comunicação genuinamente lavrense, transmitindo música e informação para a comunidade.

Outras rádios também foram implantadas na cidade, como por exemplo: a Lavras FM (97.5 MHz), especializada em músicas dos anos 80 e 90 e pop/rock; a Cidade FM (98.3 MHz), especializada em música popular (e que lançou seu site antes da Pepita, no início de 2012, porém, atualmente encontra-se desativado); a Local FM (101,7 MHz), que tem parceria com uma rede de rádios sediada em Brasília e também se especializou em música popular; a Conquista FM (104,1 MHz), de música popular e que foi a segunda rádio a ser fundada no Município, no final dos anos 1990; e a Rádio Sintonia Gospel (107,5 MHz), que entrou no ar em setembro de 2015 e é especializada em músicas religiosas e gospel.

Os serviços de alto-falantes foram as primeiras manifestações de rádio no Município, entre as décadas de 1940 e 1970. Radioamadores, sobretudo nas comunidades do interior, eram bastante utilizados, servindo de canais de comunicação entre as fazendas e os diferentes pontos do território lavrense. Desde o início dos anos 1980, os lavrenses lutavam para conquistar uma concessão de rádio FM. No dia 29 de agosto de 1987, foi fundada a primeira rádio FM comercial do Município: a Pepita FM, em atividade até os dias de hoje.

Televisão
As emissoras aberta sintonizadas em Lavras são: RBS TV Santa Maria e Record (via satélite); a TV por assinatura também se faz presente, através da SKY,Claro TV e Oi TV. Lavras passou a contar com sinais de televisão em meados dos anos 1970.

Telefonia fixa

A empresa que provém, com exclusividade, serviços de telefonia fixa em Lavras do Sul é a Brasil Telecom. O código de área de Lavras é 55; Em 2006, estavam cadastrados 1 117 terminais telefônicos. A telefonia fixa existe na cidade desde os anos 1970. Com o grande avanço das telecomunicações ocorrido nas últimas décadas e a expansão do setor, hoje é possível fazer uma ligação telefônica de Lavras para qualquer lugar do mundo.

Telefonia celular

O telefone celular é outro elemento muito popular e fundamental na cidade: até mesmo pessoas de baixa renda possuem pelo menos um celular habilitado, ainda que seja pré-pago. As operadoras de telefonia móvel em atividade no Município são a Vivo, Claro e TIM.

Internet
A internet, em Lavras, pode ser acessada através de linha discada e banda larga, pelo provedor Farrapo, de Caçapava do Sul, ou pela Oi. No Ibaré, a Internet é provida pela New Life, de São Gabriel. Desde 2012, o 3G da Vivo é outra alternativa de acesso à rede. Um dos maiores fenômenos da comunicação lavrense nos últimos anos, sem dúvida, foi a popularização da internet.

Correios

Há uma agência dos Correios na rua Dr. João Bulcão, fazendo com que a cidade conte com serviço postal interligado com o Brasil e o Mundo. O distrito do Ibaré também conta com uma agência.
Os Códigos de Endereçamento Postal (CEPs) do Município são: Lavras do Sul (sede municipal): 97.390-000; e Ibaré: 97.395-970.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mapa (Google Maps)