Pesquisar este blog

Telefones úteis

VISITE LAVRAS DO SUL EM QUALQUER ÉPOCA DO ANO ///// Localizado na mesorregião do Sudoeste Rio-grandense e na microrregião da Campanha Meridional, a 320 quilômetros via rodoviária da Capital do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, o município de Lavras do Sul foi fundado em 9 de maio de 1882, emancipando-se de Caçapava do Sul. É o único município gaúcho com origem na mineração e na extração do ouro, mineral outrora abundante na região. Segundo dados do Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010, a população era de 7.679 habitantes. Seu território se estende por 2.600 km² e, as Coordenadas Geográficas da zona urbana são 30° 48' 41” S, 53° 54' 02” O. Divide-se em dois distritos: Sede (a leste) e Ibaré (a oeste).
Confira site especial com conteúdos adicionais
sobre Lavras do Sul

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Em retorno ao Mineirão, Cruzeiro empata por 1 x 1 com a Caldense no Campeonato Mineiro

Cruzeiro-Caldense-Juliana-Flister-LANCEPress_LANIMA20150208_0181_51Pela segunda rodada do Campeonato Mineiro, o Cruzeiro recebeu a Caldense, mas não conseguiu sair de campo com a vitória. A Raposa demorou todo o primeiro tempo para acordar na partida e abrir o marcador com Willian, mas levou o empate pouco tempo depois, com Luiz Eduardo, em gol que deu números finais à partida.

Como já era esperado, a Raposa tomou as rédeas do jogo desde o início. O domínio, no entanto, não foi traduzido em boas jogadas. A equipe celeste encontrou bastante dificuldade para fazer a transição da defesa para o ataque, além de esbarrar na boa marcação da Veterana. No ataque, Judivan, Marquinhos e Willian se movimentavam com frequência, mas a troca de passes não acontecia.

Embora a velocidade seja um ponto forte dos três homens do meio-campo ofensivo, ainda faltava um "10" para criar as jogadas do Cruzeiro. O time mostrou lentidão com a bola nos pés, enquanto a Caldense surpreendia com sua organização e descidas pela lateral. Embora não tenham conseguido encaixar um contra-ataque para abrir o placar, os visitantes tiveram duas boas chances em cobranças de falta na entrada da área, mas desperdiçaram ambas.

No primeiro minuto do segundo tempo, o jogo deu sinais que teria um cenário diferente. Willian tabelou com Damião, invadiu a área e abriu o placar. Pouco tempo mais tarde, Luiz Eduardo contou com o vacilo de Léo dentro da área para empatar o jogo.

Com as entradas de Joel e Riascos, a partida ganhou em emoção e intensidade, mas o placar permaneceu inalterado. Para a insatisfação do torcedor em seu reencontro com o Mineirão, o Cruzeiro deixou o estádio com o placar de 1 a 1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny