Pesquisar este blog

Telefones úteis

VISITE LAVRAS DO SUL EM QUALQUER ÉPOCA DO ANO ///// Localizado na mesorregião do Sudoeste Rio-grandense e na microrregião da Campanha Meridional, a 320 quilômetros via rodoviária da Capital do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, o município de Lavras do Sul foi fundado em 9 de maio de 1882, emancipando-se de Caçapava do Sul. É o único município gaúcho com origem na mineração e na extração do ouro, mineral outrora abundante na região. Segundo dados do Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010, a população era de 7.679 habitantes. Seu território se estende por 2.600 km² e, as Coordenadas Geográficas da zona urbana são 30° 48' 41” S, 53° 54' 02” O. Divide-se em dois distritos: Sede (a leste) e Ibaré (a oeste).
Confira site especial com conteúdos adicionais
sobre Lavras do Sul

terça-feira, 3 de junho de 2014

PAMPA GAÚCHO: Curso relacionado à Pecuária em Bagé

Com o objetivo de promover a troca de experiências entre técnicos e produtores que participam do Projeto RS Biodiversidade, a Embrapa Pecuária Sul sediará o curso “Manejo sustentável na pecuária de corte”, entre os dias 4 e 6 de junho.

A capacitação é uma promoção da Emater, Embrapa Pecuária Sul, Programa de Agricultura de Base Ecológica, da Secretaria do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR) e Projeto RS Biodiversidade.

A abertura acontece nesta quarta-feira (04) e deve reunir cerca de 50 pessoas, entre técnicos, produtores e acadêmicos dos municípios de Alegrete, Barra do Quaraí, Caçapava do Sul, Lavras do Sul, Quaraí, Rosário do Sul, Santana do Livramento, São Borja e Uruguaiana. Os participantes do curso receberão certificado com carga horária de 24h.

No primeiro dia (04), os pesquisadores da Embrapa Pecuária Sul, José Pedro Trindade e Leandro Volk, ministrarão a palestra sobre o manejo solo-planta-animal. O tema inclui uma atividade a campo. No final do dia haverá a apresentação dos trabalhos desenvolvidos nos municípios que integram o projeto RS Biodiversidade.

Na quinta-feira (05/06), a pesquisadora da Embrapa Pecuária Sul, Emanuelle Gaspar, palestrará sobre manejo sanitário em bovinocultura. Na sequência, será realizada uma visita ao laboratório de hemoparasitos. Outro assunto abordado durante o curso será “Raiva: noções básicas de propagação e formas de combate pelo Departamento de Defesa Agropecuária”, pelo médico veterinário, Claudio Alves Branco.

À tarde, o pesquisador da Embrapa Pecuária Sul, Alessandro Minho, falará sobre o controle de endoparasitos e a resistência parasitária, bem como sobre os desafios atuais. Os produtores e técnicos, na sequência, visitarão o laboratório de helmintologia e ectoparasitas. Na sequência, o zootecnista da Emater/RS-Ascar Fábio Eduardo Schlick apresentará noções básicas para ajuste da carga animal e manejo reprodutivo em bovinos de corte.

Na sexta-feira (06/06), o pesquisador da Embrapa Pecuária Sul, Vinícius Lampert, e o professor da Universidade Federal do Pampa (Unipampa), Cláudio Marques Ribeiro, abordarão o tema “Gestão Rural: noções básicas e estratégias de como começar”. Por fim, será realizada uma mesa redonda para discutir o controle do carrapato, da teoria à prática, coordenada pela pesquisadora da Embrapa Pecuária Sul, Claudia Cristina Gulias Gomes.

Conforme o assistente técnico regional em Sistemas de Produção Animal da Emater/RS-Ascar, Alexandre Primo Alves, o curso visa à padronização das atividades de manejo do campo, além de debater temas de interesse dos produtores, como a resistência de carrapatos e verminoses, que teve aumento considerável neste ano, devido às condições climáticas.

FONTE: Franceli Couto / Imprensa Emater/Bagé - Via Farrapo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny